Aplicação norte-americana sobre fertilidade vende dados de clientes para empresas chinesas

A Premom, aplicação norte-americana que aconselha as utilizadoras sobre fertilidade e ovulação recorrendo à análise da informação sobre a sua saúde sexual, vendeu alguns desses dados pessoais a empresas chinesas.

Segundo um artigo do Extreme Tech, a aplicação, disponível para Android e no Google Play e que se apresenta como um método que ajuda as utilizadoras a “engravidar, de forma rápida e natural”, vendeu às referidas empresas dados sobre a localização, outras aplicações instaladas nos telemóveis e identificadores de dispositivo que podem ser usados ​​para rastrear os utilizadores em vários ‘websites’.

Esta descoberta foi feita pela International Digital Accountability Council (IDAC), uma organização independente sem fins lucrativos, que partilhou a conclusão o Washington Post. A Premom está sediada em Illinois, nos Estados Unidos (EUA), onde as normas sobre privacidade de dados são bastante rígidas. A empresa pode ter infringido a lei estadual ao coletar e vender os dados sem o consentimento dos clientes, avançou o Extreme Tech.

Mas esta não é a única empresa de aplicações para grávidas a vender informações. De acordo com o Consumer Reports, existem cinco aplicações de análise do período menstrual que partilham dados com anunciantes, incluindo a Ovia, que os fornece às seguradoras como parte de programas de bem-estar.

A Premom tinha três parceiros chineses: a Jiguang, a Umeng e a UMSNS. O acesso da Jigunag foi interrompido a 06 de agosto, após a IDAC entrar em contato com a empresa, enquanto a Umeng e a UMSNS tiveram acesso até 19 de junho. Suspeita-se que a Jiguang esteja a transmitir dados através de criptografia personalizada, semelhante ao que a aplicação TikTok fazia até novembro de 2019, quando o sistema foi descoberto.

O Extreme Tech indicou que, num período de recessão, as empresas compram esse tipo de dados para perceber quais das suas funcionárias podem estar a tentar engravidar, visto que é ilegal pedir-lhes que forneçam essa informação. Ter essa aplicação no telemóvel é sinal de que a utilizadora pensa em engravidar, sublinhou.

Como referiu o artigo, é público que as empresas compram, vendem e partilham dados de várias fontes. Uma vez vendidas, não é possível saber de que forma essas informações serão utilizadas ou tratadas pelas empresas que as compraram.

Ainda segundo a Consumer Reports, nenhuma das aplicações analisadas “atendeu às expectativas de privacidade”, com todas a vender os seus dados para terceiros.

Os dados de localização, concluiu o Extreme Tech, são cada vez mais utilizados. Os serviços secretos norte-americanos, por exemplo, coletam informações sobre os cidadãos, proibidas de obter sem um mandado. Departamentos de polícia de vários estados, por sua vez, trabalham em conjunto com empresas que desenvolvem leitores de matrículas, com o intuito de criar dispositivos para rastrear indivíduos com multas por pagar.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Certificados de vacinação emitidos por países terceiros reconhecidos para viagens aéreas

Os certificados de vacinação e de recuperação emitidos por países terceiros passam a ser reconhecidos para viagens aéreas, deixando de ser exigido teste negativo e quarentena quando esta seja aplicável em função da respetiva origem, …

Rui Costa, Benfica

Acções do Benfica com comissão milionária a Carlos Janela. Em AG muito quente, sócios gritaram, mas não puderam votar

A Assembleia-Geral (AG) Extraordinária do Benfica de sexta-feira à noite foi muito quente, com cânticos, protestos e pedidos de demissão dos sócios. Enquanto isso há novos dados sobre o negócio de venda das acções do …

"Não tem passado de figurante". Fenprof diz que sistema educativo bloqueava se dependesse do ministro

O secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), Mário Nogueira, considerou, esta sexta-feira, que sistema educativo em Portugal já tinha bloqueado se dependesse do trabalho do ministro da Educação e do Governo, realçando que o …

País "esqueceu-se de que existe engenharia". Especialistas criticam recomendação da DGS para ventilação nas escolas

Recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a ventilação nas escolas ficam aquém do que seria necessário, dizem especialistas. Tendo em conta que a covid-19 se transmite por aerossóis, é importante que exista uma boa ventilação …

O "ar salazarento" dos ministros na campanha do PS. Temido usou carro do Governo e pode ter cometido crime

A presença de ministros na campanha dos candidatos socialistas às autárquicas está a causar polémica, sobretudo no Porto, com Rui Moreira a criticar "o ar salazarento de chapelada" do PS. Marta Temido, ministra da Saúde, …

Ataques aéreos dos EUA mataram até 48 mil civis em 20 anos. Pentágono admite morte de civis em Cabul

Uma investigação independente concluiu que entre 22 mil e 48 mil civis morreram vítimas de ataques aéreos das forças dos EUA desde o 11 de Setembro. O Pentágono admitiu também que o ataque a um …

Fernando Pimenta é campeão do mundo em K1 1.000 (e aponta a "mais medalhas" do que os golos de Ronaldo)

O canoísta Fernando Pimenta sagrou-se campeão mundial de K1 1.000 metros, ao bater o húngaro Balint Kopasz na final, nos Mundiais de Copenhaga, aumentando para dois os pódios de Portugal na Dinamarca. Na pista quatro, Pimenta …

MNE garante que todos os afegãos que trabalharam com o Exército português foram retirados do país

O ministro dos Negócios Estrangeiros garantiu esta sexta-feira que o Governo apoiou a retirada de todos os afegãos que trabalharam com as forças portuguesas no Afeganistão, reconhecendo ser "provável" alguns não terem respondido aos contactos. "Nós …

"Não quero ser arrogante: o melhor médio da Premier League sou eu"

Yves Bissouma joga no Brighton e tem despertado o interesse de clubes ingleses de outro nível. Cresceu no Mali ao serviço do Majestic SC, passou pelo AS Real Bamako antes de rumar à Europa. Começou por …

Tratamento inovador para cancro pesa nos orçamentos do IPO de Porto e Lisboa

Os custos associados ao tratamento de cancros do sangue com células CAR-T estão a ser suportados apenas pelos hospitais autorizados a aplicá-la, no caso, os IPO do Porto e de Lisboa. De acordo com o Jornal …