Aos 101 anos, idosa judia revela que foi vizinha de Hitler

Uma mulher judia, de 101 anos, revelou que foi vizinha de Adolf Hitler e descreveu como foi viver no mesmo prédio que o líder nazi, em Munique, nos anos 30, antes de ter de fugir da Alemanha com a família.

Em entrevista ao jornal britânico The Daily Mail, Alice Frank Stock contou que, apesar de morar a poucas portas do líder nazi na Prinzregentplatz, raramente o via, geralmente quando entrava no prédio.

“Vivíamos numa casa – uma casa grande – e havia duas entradas. Uma era o nosso apartamento, o número 14 – a outra seria o número 13 ou 15. Era lá que Hitler morava”, disse. “Eu vi-o uma ou duas vezes a voltar para casa. O carro dele estacionava. Dois homens da SS saíam e ficavam de ambos os lados e ele corria para a casa, obviamente aterrorizado que alguém o tentasse matar”, lembrou. “Nunca falei com ele”.

Alice Frank Stock descreveu também que a cozinheira católica da sua família, a quem descreveu como “muito anti-Hitler”, disse, certa vez, que Hitler “deveria ser enforcado”, aterrorizando-a. “Vais levar-nos a todos para um campo de concentração”, advertiu Stock, na época.

Stock também se lembrava de ver um caixão a ser removido do prédio e pensar que pertencia à sobrinha de Hitler, Geli Raubal, que morava com ele e cometeu suicídio no seu apartamento.

“Ouvimos muitos rumores, da cozinheira e outros. Vimos um caixão a ser carregado na entrada”, disse. “Acho que uma sobrinha de Hitler morava lá e morreu. Havia especulações de como e quando morreu. Acho que é verdade que havia um caixão e que nelehavia uma mulher. Mas nunca houve confirmação e não podíamos falar abertamente“.

Em declarações ao jornal britânico Bristol Post, Stock descreveu o seu “apartamento adorável, com quatro ou cinco quartos, um grande salão e uma sala de jantar”. “O salão era muito grande e tínhamos dois pianos de cauda”, disse.

“Éramos judeus e, quando os nazis chegaram ao poder, pediram ao meu pai para se aposentar”, disse Stock, descrevendo como teve de ir para o Reino Unido aos 17 anos, porque, como judia, não podia frequentar a universidade na Alemanha.

“Os meus pais ficaram em Munique e eu consegui um emprego em Londres, mas a situação na Alemanha ficou muito pior. No dia seguinte à Noite dos Cristais [Kristallnacht], uma amiga dos meus pais telefonou-lhes a dizer que o marido tinha sido levado para um campo de concentração”, recordou.

Stock conseguiu obter uma licença para que os seus pais se juntarem a ela no Reino Unido, após vender um valioso violino para arrecadar as 1.000 libras necessárias, logo antes do início da guerra em 1939.

Questionada sobre o que diria a Hitler hoje, se pudesse falar com ele, ela respondeu que “não gostaria de falar com ele porque os meus sentimentos seriam muito fortes”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Que noticia tao estranha!? Uma senhora que foi vizinha de Hitler…e…??? Que factos relevantes tras para a historia?…nao compreendo certas noticias…

RESPONDER

Ações de Isabel dos Santos na Galp, NOS, Efacec e EuroBic escapam a ordem judicial

As ações de Isabel dos Santos em empresas como Galp, NOS, Efacec e EuroBic não estão abrangidas na ordem judicial relativa ao arresto das suas contas bancárias. O arresto das contas bancárias de Isabel dos Santos …

Covid-19. Presidente chinês diz que há “progresso visível”, mas número de mortos ultrapassa os 2.000

O Presidente da China defendeu esta quarta-feira que as medidas aplicadas pelas autoridades chinesas para travar a propagação do novo coronavírus, estão a alcançar um "progresso visível", num "momento crucial" da crise que paralisou o …

Tomás Correia foi pessoalmente ao Banco de Portugal buscar a nova condenação

Esta segunda-feira, Tomás Correia foi pessoalmente ao Banco de Portugal buscar a nova condenação de que foi alvo, por violação das regras de controlo e branqueamento de capitais. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Público, …

Alunos do ensino profissional vão poder entrar no ensino superior sem exames nacionais

Os estudantes que terminem um curso profissional ou artístico terão melhores condições de acesso ao ensino superior já no próximo ano. O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, anunciou esta quarta-feira que os …

Trump indulta ex-governador que tentou "vender" lugar de Obama no Senado

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, indultou na terça-feira o ex-governador de Illinois Rod Blagojevich, preso por corrupção após ser considerado culpado de tentar "vender" o lugar de Barack Obama no Senado, depois …

"Toca a reunir" no PS para aprovar eutanásia (e 6 médicos admitem que já a praticaram)

O PS está a mobilizar os seus deputados no sentido de garantir que, desta feita, a eutanásia passará no Parlamento. Tudo indica que venha a ser aprovada numa altura em que os médicos estão divididos …

CP está a escapar à multas por falhas nos serviços

A CP - Comboios de Portugal está a escapar às multas por falhas nos serviços, como atrasos e supressões de comboios, porque ainda não entrou em vigor o contrato de serviço público assinado com o …

Alegadas agressões a Taarabt valem processos a Marega e Pepe

A Comissão de Disciplina da FPF abriu processos disciplinares a Moussa Marega e Pepe devido a alegadas agressões sobre Taarabt, no jogo com o Benfica. Os jogadores do FC Porto Moussa Marega e Pepe vão ser …

Costa arrasa proposta "forreta" de orçamento europeu

A proposta de quadro financeiro plurianual para 2021-2027 do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, vai morrer na praia. António Costa diz que os líderes europeus não devem ceder à pressão dos quatro países “forretas”. "Esta …

Malásia suspeita que desaparecimento do voo MH370 foi ataque suicida

O ex-primeiro ministro australiano Tony Abbott disse que altos responsáveis do governo da Malásia suspeitam há muito tempo que o desaparecimento do avião da Malasian Airlines, há quase seis anos, tenha sido um ataque suicida …