António Costa pede a jovens que emigraram que regressem ao país

SedeNacionalPartidoSocialista / Facebook

O secretário-geral do PS, António Costa

O secretário-geral do PS, António Costa

O secretário-geral do PS pediu aos jovens qualificados que emigraram para regressarem a Portugal porque o país “não desistiu deles” e “precisa deles para construir um futuro com segurança e confiança”.

“Eu sei que vocês não desistiram de Portugal, mas quero que também saibam que Portugal não desistiu de vocês, que Portugal não prescinde de vocês, Portugal não vos manda emigrar. Portugal está aqui de braços abertos, Portugal diz precisamos de vocês, voltem porque o pais precisa de construir um futuro com segurança e confiança”, afirmou António Costa.

O secretário-geral do PS, que falava num jantar comício em Grovelas, Ponte da Barca, onde participaram mais de 500 militantes, afirmou que o “novo ciclo de emigração” que o país tem vivido nos últimos anos “é uma das piores heranças que este governo deixa ao país”.

“O que nós nunca imaginámos é que 40 anos depois do 25 abril, e 30 anos depois de termos entrado na União Europeia tivesse de haver, outra vez, 350 mil portugueses que partiram, não porque tiveram liberdade de partir, mas porque não encontraram em Portugal alternativa a ter de emigrar para encontrar trabalho digno e com a dignidade a que tinham direito”, sustentou.

Disse que o “novo ciclo de emigração” é “destrutivo da nossa autoestima, do investimento que muitas famílias fizeram na educação dos seus filhos, e é destrutivo dos sonhos”.

“O problema não é só os sonhos desfeitos, não são só as famílias que estão separadas, é o que isso significa de perda para o futuro do nosso país. Aquilo que mais bloqueou o desenvolvimento do país foi não dispormos, durante décadas, do nível de qualificação de que os outros dispunham. E se agora que finalmente temos perder essa geração perder esta geração significa comprometer por mais uma geração a recuperação do atraso secular que fomos acumulando. Não nos podemos dar ao luxo de perder uma geração e ficar à espera da próxima, para de novo, tentar recuperar o atraso secular que tivemos”, sublinhou.

António Costa garantiu que a nova geração de emigrantes, “a primeira que conseguiu vencer um atraso secular do nosso país na formação”, mesmo fora de Portugal “não se desligou do país, não desistiu do país e está disponível para servir o país e para nos ajudar a todos a construir um país melhor”, sustentou.

Como “símbolo” dessa geração apontou o cabeça de lista do PS pelo distrito de Viana do Castelo, Tiago Brandão Rodrigues, investigador em Cambridge, responsável por uma técnica de ressonância magnética para deteção precoce do cancro.

Para António Costa “não vale a pena a coligação de direita querer agora disfarçar que está arrependida de ter dito aos jovens para emigrar”, apresentando “em ano de eleições” um programa dirigido ao regresso dos emigrantes, designado o programa “Vem”.

“É um programa extraordinário. (…) Quando chegar ao fim permitirá selecionar 20 jovens que terão oportunidade de receber 20 mil euros, cada um, para poder regressar a Portugal e reconstruir a sua vida em Portugal. (…) Num país que nos últimos quatro anos perdeu 350 mil pessoas, perdeu quase 200 mil jovens com quem é que eles estão a gozar a oferecerem um programa que se dirige a 20 pessoas”, criticou.

Para o secretário-geral do PS “são estas e outras que destroem a credibilidade da política, que fazem os cidadãos pensarem que para os políticos tudo são truques, e tudo são encenações”.

“A política não pode ser isso. A política tem que ser um trabalho sério e de grande rigor”, realçou, referindo-se ao programa eleitoral do PS.

/Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Este homem ou está a brincar com os jovens, ou é inconsciente, mas mais que isso, depois de Pecs, gvernos PSD/CDS e PR alheio ao que se passa. OS JOVENS VÃO VOLTAR PARA QUÊ? Para a miséria e para o desemprego? para viverem á custas dos familiares? Ele pensará que uma família é ogual a uma jarra que se muda de um lado para o outro e já está?

  2. O doutor António Costa vai criar empresas para empregar todos eles.
    Acho que ele deve ter uma varinha de condão. Provavelmente o desespero é tanto por causa das sondagens que vale tudo…. mesmo tudo. Enfim!

  3. Sr. Costa eles não voltam, até acredito que tenham ido com pena porque não estavam habituados, mas agora que viram os ordenados que o Sr. nunca pode oferecer já não voltam. Sr. Costa não se preocupe o pais sempre foi de emigrantes

RESPONDER

Tem dores nas articulações quando está de chuva? É mito

A relação entre o tempo de frio e chuva e as dores nas articulações é um mito que persiste desde a antiguidade, mas não há qualquer relação, garante um estudo feito nos Estados Unidos e …

Vieira da Silva "absolutamente tranquilo"

O ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social reafirma estar "absolutamente tranquilo" relativamente à sua implicação no caso relativo a suspeitas de gestão danosa na associação Raríssimas. "Uma equipa técnica do Instituto de Segurança …

China constrói campos de refugiados na fronteira com a Coreia do Norte

A China, que sempre defendeu uma solução pacífica para a crise da Coreia do Norte, pode estar a preparar-se para um eventual conflito militar ou para a queda do regime de Kim Jong-un. Isto numa …

Ministério abre processo disciplinar por fuga de informação no exame de Português

O inquérito à fuga de informação no exame nacional de Português deste ano determinou a abertura de um processo disciplinar a uma professora "para apuramento de responsabilidade", adiantou o Ministério da Educação. O processo disciplinar é …

"Super-homem chinês" cai de um edifício e filma a própria morte

O "super-homem" Wu Yongning, uma estrela na rede social chinesa Weibo, morreu ao cair do 62º andar de um edifício em Changsha, na China. Wu Yongning, de 26 anos, morreu numa queda ocorrida quando tentava subir …

Governo concede tolerância de ponto no dia 26 de dezembro na função pública

O Governo vai conceder tolerância de ponto em 26 de dezembro "aos trabalhadores que exercem funções públicas nos serviços da administração direta do Estado, sejam eles centrais ou desconcentrados, e institutos públicos", de acordo com …

Juncker envolvido em processo judicial por escutas ilegais

Jean-Claude Juncker pode ser envolvido num processo judicial por escutas ilegais e adulteração de conversas. A investigação é relativa a uma altura em que o Presidente da Comissão Europeia era primeiro-ministro do Luxemburgo. Jean-Claude Juncker, presidente …

ONU prepara projeto contra reconhecimento pelos EUA de Jerusalém como capital de Israel16

Um projeto de resolução contra o reconhecimento pelos Estados Unidos de Jerusalém como capital de Israel está a ser preparado na ONU para demonstrar o isolamento dos norte-americanos no Conselho de Segurança. Os Estados Unidos da …

Senador John McCain hospitalizado devido a tumor

O senador e ex-candidato republicano à Casa Branca foi hospitalizado, esta quarta-feira, nos arredores de Washington. John McCain foi diagnosticado em julho com um tumor cerebral. "O senador McCain está a receber tratamento no Centro Médico …

Último aviso da Cassini: se for a Saturno, leve guarda-chuva

Se está a pensar fazer uma viagem até Saturno deixamos um conselho: não se esqueça do guarda-chuva. Cientistas norte-americanos descobriram recentemente que os anéis de Saturno podem produzir uma espécie de chuva. A sonda Cassini viveu …