Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois).

As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre os outros em pequenos frascos e caixões. Mas como é que tinham acesso a tantas aves desta espécie?

De acordo com o Live Science, há muito que os especialistas teorizam que os Egípcios faziam criação desta espécie para fazer face à procura. No entanto, uma nova pesquisa sugere que, afinal, o mais provável era que os arrancassem dos seus habitats naturais.

A investigação, cujo estudo foi agora publicado na revista PLOS One, recolheu amostras de ADN de 40 íbis-sagrados mumificados retirados de seis catacumbas diferentes. As múmias foram enterradas há cerca de 2.500 anos (cerca de 481 A.C.). Segundo o mesmo site, o sacrifício destes pássaros era prática comum no Egito, entre 650 A.C. e 250 A.C.

Os investigadores obtiveram genomas completos das mitocôndrias de 14 pássaros, organito do citoplasma celular com funções importantes nas trocas de energia das células e que contem o seu próprio ADN especial.

Os autores do estudo compararam este material genético antigo com o de 26 íbis-sagrados dos dias de hoje para ver qual o grupo que parecia ser mais diversificado geneticamente, o que poderia revelar pistas sobre a origem dos pássaros antigos.

Se os Egípcios tivessem criado estes pássaros, a consanguinidade faria com que o seu ADN fosse mais semelhante ao longo do tempo, dizem os cientistas. Mas a análise revelou que os pássaros antigos e modernos mostraram uma diversidade genética semelhante.

A equipa sugere que os sacerdotes provavelmente encurralavam estes pássaros selvagens em locais húmidos ou quintas temporárias e depois cuidavam deles durante um curto período de tempo, pouco antes de serem sacrificados.

Mas nem todos os especialistas concordam com esta teoria. “Ainda estamos a falar de milhões de animais em locais diferentes em todo o Egito, por isso depender apenas da caça dos animais selvagens não me convence“, disse à National Geographic Francisco National-Puche, arqueólogo da Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Em setembro, um novo estudo também sugeriu que os os antigos Egípcios matavam crocodilos de propósito, com uma forte pancada na cabeça, para depois mumificá-los.

Esta era uma prática comum em honra dos deuses e acontecia com vários animais, sendo que cada um deles estava associado a um deus diferente e servia como ponte para a comunicação com a divindade.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …