Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois).

As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre os outros em pequenos frascos e caixões. Mas como é que tinham acesso a tantas aves desta espécie?

De acordo com o Live Science, há muito que os especialistas teorizam que os Egípcios faziam criação desta espécie para fazer face à procura. No entanto, uma nova pesquisa sugere que, afinal, o mais provável era que os arrancassem dos seus habitats naturais.

A investigação, cujo estudo foi agora publicado na revista PLOS One, recolheu amostras de ADN de 40 íbis-sagrados mumificados retirados de seis catacumbas diferentes. As múmias foram enterradas há cerca de 2.500 anos (cerca de 481 A.C.). Segundo o mesmo site, o sacrifício destes pássaros era prática comum no Egito, entre 650 A.C. e 250 A.C.

Os investigadores obtiveram genomas completos das mitocôndrias de 14 pássaros, organito do citoplasma celular com funções importantes nas trocas de energia das células e que contem o seu próprio ADN especial.

Os autores do estudo compararam este material genético antigo com o de 26 íbis-sagrados dos dias de hoje para ver qual o grupo que parecia ser mais diversificado geneticamente, o que poderia revelar pistas sobre a origem dos pássaros antigos.

Se os Egípcios tivessem criado estes pássaros, a consanguinidade faria com que o seu ADN fosse mais semelhante ao longo do tempo, dizem os cientistas. Mas a análise revelou que os pássaros antigos e modernos mostraram uma diversidade genética semelhante.

A equipa sugere que os sacerdotes provavelmente encurralavam estes pássaros selvagens em locais húmidos ou quintas temporárias e depois cuidavam deles durante um curto período de tempo, pouco antes de serem sacrificados.

Mas nem todos os especialistas concordam com esta teoria. “Ainda estamos a falar de milhões de animais em locais diferentes em todo o Egito, por isso depender apenas da caça dos animais selvagens não me convence“, disse à National Geographic Francisco National-Puche, arqueólogo da Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Em setembro, um novo estudo também sugeriu que os os antigos Egípcios matavam crocodilos de propósito, com uma forte pancada na cabeça, para depois mumificá-los.

Esta era uma prática comum em honra dos deuses e acontecia com vários animais, sendo que cada um deles estava associado a um deus diferente e servia como ponte para a comunicação com a divindade.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Casa Branca oferece "telefonema educativo" a Nicki Minaj para acalmar apreensões sobre a vacina

Depois de um tweet de Nicki Minaj se ter tornado viral por associar a vacina contra a covid-19 à impotência, a Casa Branca convidou a rapper para um telefonema com especialistas para esclarecerem as suas …

Baterias de lítio-enxofre melhores e mais baratas? O segredo é uma pitada de açúcar

Uma colher cheia de açúcar pode ser o suficiente para permitir que um veículo elétrico faça uma viagem de Melbourne a Sidney (878 km) com uma única carga. Atualmente, os automóveis elétricos e os telemóveis utilizam …

Parlamento aprova na generalidade mudança do TC para Coimbra. Oito socialistas votaram a favor

A proposta passou com votos contra do Chega e PAN, abstenção do PCP, BE, PEV e maioria da bancada do PS e votos favoráveis do PSD, CDS, IL e de oito deputados socialistas. O resultado já …

Escola da Amadora queria proibir minissaias, decotes e chinelos - mas já voltou atrás

Um Agrupamento na Amadora publicou um código de vestuário que acendeu um debate nas redes sociais devido às regras que controlavam mais as raparigas. Entretanto, a escola já voltou atrás na decisão. Segundo escreve o Jornal …

Governo francês vai dar 100 euros a famílias carenciadas para pagar energia

O Governo francês vai entregar um cheque de 100 euros a 5,8 milhões de famílias de menores recursos para ajudar a pagar a fatura energética. A medida anunciada pelo executivo vai ter um custo de 580 …

Incidência e R(t) recuam em dia com mais 1.023 infetados e sete mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 1.023 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Apoiantes de Navalny acusam Google e Apple de "censura" política

Os apoiantes de Alexei Navalny acusaram hoje as empresas Google e Apple de terem suprimido o apelo ao voto "útil" proposto pelo oposicionista através das respetivas plataformas, denunciando "censura" num processo eleitoral em que a …

Presidente da República argentino cancela viagens para impedir que vice assuma Governo

Cristina Kirchner é parceira maioritária na coligação de Governo e exige, entre outras mudanças, a substituição de ários ministros, secretários e presidentes de organismos públicos. Recentemente, tem mostrado em público o seu descontentamento face à …

"Bazuca" europeia não resolve problema da falta de habitação

De acordo com vários especialistas, as 26 mil casas identificadas como prio­ritárias pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) não chegam para as necessidades do país, que podem chegar às 46 mil. A questão da aplicação …

Peça que terá sido usada no batismo de D.Maria II está à venda. Estado não a compra por ser demasiado cara

Há uma semana que está à venda uma peça que pertenceu à coroa portuguesa. Terá pertencido à família real depois do Terramoto de 1755 e, de acordo com o antiquário que agora a comercializa, terá …