É o mais antigo buraco negro conhecido, e tem 800 milhões de vezes a massa do Sol

Robin Dienel / Carnegie Institution for Science

Impressão de artista do buraco negro supermassivo mais distante já descoberto, parte de um quasar visto apenas 690 milhões de anos após o Big Bang.

Astrónomos norte-americanos descobriram o mais antigo e o mais distante buraco negro de que há registo: um quasar com 800 milhões de vezes a massa do Sol. 

Uma equipa de astrónomos, liderada por Eduardo Bañados, investigador no Instituto de Ciência Carnegie, nos Estados Unidos, estudava quasares à procura de uma explicação sobre os primeiros momentos do universo, quando encontrou uma destas formações: o quasar ULAS J1342+0928.

A surpreendente descoberta foi apresentada num artigo publicado esta quarta-feira na revista Nature.

Os quasares, massas extremamente luminosas no centro das galáxias, são constituídos por um buraco negro supermassivo rodeado de poeira cósmica em órbita, e são os maiores emissores de energia do Universo. Um único quasar pode emitir até 1000 vezes mais luz que uma galáxia inteira com cem mil milhões de estrelas.

Sabe-se agora que este quasar nasceu por altura da formação das primeiras galáxias, quando o Universo tinha 690 milhões de anos que, na realidade, é apenas cerca de 5% da sua idade atual, cerca de 13.100 milhões de anos. A idade do ULAS J1342+0928 torna-o, então, o quasar mais distante alguma vez observado.

Mas as descobertas não ficam por aqui: associado a ele, o ULAS J1342+0928 tem um buraco negro supermassivo com 800 milhões de vezes a massa do Sol.

Num comunicado de imprensa, Eduardo Bañados refere que este é “um desafio enorme conseguir reunir toda esta massa em menos de 690 milhões de anos”. Esta descoberta desafia as teorias sobre o crescimento de buracos negros supermassivos.

Por outro lado, é também muito raro encontrar quasares tão antigos como este – que, devido à expansão do Universo, está cada vez mais longe de nós.

Robin Dienel / Carnegie Institution for Science

O buraco negro está rodeado por hidrogénio neutro, indicando que é de um período chamado Época da Reionização, quando apareceram as primeiras fontes de luz.

Antes desta surpreendente descoberta, os astrónomos sabiam que os buracos negros supermassivos são formados a partir de nuvens de gases e poeiras, ou por restos de estrelas moribundas cuja matéria cedeu ao colapso, devido à pressão, formando assim objetos extremamente densos.

Além disso, os cientistas sabiam também que no início do Universo poderia ter havido condições para a criação de buracos negros supermassivos. Estimava-se que esses buracos teriam 100 mil vezes a massa solar, um valor muito maior que o dos buracos negros que se formam atualmente.

Mas o buraco negro associado ao quatar ULAS J1342+0928, com a sua massa de 800 milhões de vezes a do Sol, é muito maior do que os astrónomos julgavam ser possível até agora.

Após o Big Bang, o universo era “uma sopa de partículas energéticas em expansão”, que se expandiam e arrefeciam rapidamente. Cerca de 400 mil anos depois, as partículas que foram arrefecendo agregaram-se numa nuvem neutra de gás de hidrogénio.

Este Universo era escuro, até ter havido a condensação de partículas que originou as primeiras estrelas e galáxias. A nuvem, à medida que se formavam estrelas e galáxias, foi sendo excitada e ionizada, isto é, o hidrogénio foi perdendo eletrões. Esta ionização do Universo criou energia luminosa, capaz de viajar, e o Universo ganhou luz.

Os investigadores perceberam, ao analisar o novo quasar, que a sua nuvem de gás era neutra – indicando assim que o ULAS J1342+0928 remonta à época da reionização.

“Foi a última grande transição do universo e uma das fronteiras atuais da astrofísica”, explica Eduardo Bañados.

Durante as investigações, a equipa de astrónomos analisou um décimo do céu visível da Terra, tendo encontrado apenas o ULAS J1342+0928. As estimativas é de que existam apenas entre 20 e 100 quasares do mesmo período, em todo o espaço.

Os cientistas pretendem agora aprofundar os estudos sobre este quasar distante, e procurar outros quasares seus irmãos, para desvendar o que aconteceu nessa época – e ficarmos a saber, por exemplo, como o hidrogénio dos primórdios do Universo foi ionizado.

A descoberta e a análise do quasar foram feitas usando um dos telescópios de Magellan no Observatório Las Campanas (Chile), o Grande Telescópio Binocular (Arizona) e o telescópio Gemini North (Havai).

PARTILHAR

RESPONDER

Interesse na compra da TVI faz ações da Cofina subir mais de 5%

As ações da Cofina subiam esta segunda-feira mais de 5%, depois de na semana passada a dona do Correio da Manhã ter confirmado que estava a negociar com a Prisa a compra da Media Capital, …

Boris Johnson rejeita convocar o Parlamento durante as férias

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, rejeitou esta segunda-feira a ideia de convocar o Parlamento durante as férias, depois da divulgação de documentos alertando para a escassez de alimentos e outros bens no caso de um …

Donald Trump partilha imagem da Trump Tower na Gronelândia

Donald Trump prometeu não construir uma Trump Tower na Gronelândia, o território autónomo da Dinamarca que quer comprar por ser um “grande negócio imobiliário”. A fotomontagem foi publicada no Twitter pelo Presidente dos Estados Unidos. A …

Dia vira noite. Às 15 horas já estava escuro em São Paulo

Uma frente fria encontrou-se com uma massa de ar que continha partículas de incêndios florestais da região da Amazónia. O choque de temperatura entre as duas massas, teve como resultado o escurecimento do dia. Durante a …

Zé Luís rejeitou salário três vezes mais alto para vir para o FC Porto

Com a ambição de representar o FC Porto, Zé Luís teve de fazer sacrifícios a nível financeiro. O cabo-verdiano rejeitou uma proposta da China com um salário muito mais alto. Zé Luís parece começar a justificar …

Motorista que conduziu Marcelo entre Lisboa e Porto mandou um e-mail. Foi investigado como "ameaça ao Estado"

O Governo recebeu um email a avisar que a greve dos motoristas ia provocar o caos, fazendo parar muitos serviços - e lembrando que assim caiu um governo no Chile. O executivo receou que fosse uma …

Marinho e Pinto quer Pardal Henriques como deputado do Partido Democrático Republicano

Ainda que não tenha confirmado Pedro Pardal Henriques como um dos cabeça-de-lista do partido que fundou, Marinho e Pinto não poupou elogios ao advogado do Sindicato de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) . “Seria um …

TAP vai deixar de contar para o défice orçamental

A 15 dias das eleições legislativas, o défice orçamental de 2018 vai ser revisto em baixa. Em causa estão os prejuízos da TAP que deixam de influenciar as contas nacionais. A alteração será comunicada a duas …

Imigrantes desesperam com atrasos no SEF. Bloco questiona Governo

As marcações para atendimento no SEF estão suspensas até ao final deste ano e não existem datas disponíveis nem agenda definida para 2020, levando muitos imigrantes a ficar em risco de irregularidade. A espera para conseguir …

Rui Rio esteve de cócoras a confecionar tapetes em Viana do Castelo. Mas quer país governado “bem de pé”

O líder do PSD, Rui Rio, esteve “de cócoras” a confecionar tapetes floridos em Viana do Castelo, na noite de segunda-feira, assumindo que aquela posição é desaconselhada para governar o país. Duzentos metros ao lado, António …