Animais de apoio emocional podem começar a pagar bilhete para viajar de avião

Até então os animais de apoio emocional – incluindo porcos, cavalos e hamsters – voavam gratuitamente. Mas o Departamento de Transportes dos EUA anunciou que essa lei será revista e que apenas os cães continuarão a usufruir dela.

O Departamento de Transportes dos Estados Unidos anunciou na quarta-feira que aprovou a revisão da Lei de Acesso a Transportadoras Aéreas (ACAA) – que propõe a remoção da exigência de as companhias aéreas tratarem animais de apoio emocional da mesma forma que tratariam animais de serviço tradicionais, removendo a proteção que garante voos gratuitos para esse tipo de animais.

De acordo com o The Drive, a revisão da ACAA inclui a alteração da definição de animal de serviço para que seja especificamente “um cão que é treinado individualmente para trabalhar ou executar tarefas que beneficiem uma pessoa com deficiência”, independentemente da raça.

Apesar de essa definição continuar a incluir animais de serviço psiquiátrico, remove especificamente as proteções para animais de apoio emocional, permitindo que as companhias aéreas os tratem como animais de estimação.

A mudança exige ainda que um único “tratador” embarque no voo com, no máximo, dois animais de serviço, que devem caber na área destinada aos pés do passageiro no avião.

Além disso, pode ser exigido um formulário desenvolvidos pelo Departamento de Transportes que confirme a saúde, o comportamento e o treino do animal.

As companhias aéreas têm tentado reduzir o número de animais que viajam na cabine dos aviões, já que, só em 2017, foi documentado um aumento de 56% de animais de suporte emocional em voos – um aumento de 481 mil para 751 mil em apenas 12 meses.

Números esses que não incluem apenas cães, mas também hamsters, pavões, porcos e até cavalos pequenos, sob a proteção de animais de apoio emocional.

A Airlines for America e a Association of Professional Flight Attendants elogiaram o Departamento de Transportes dos Estados Unidos por ter tomado esta decisão, dizendo que a mudança cria um ambiente mais seguro para os tripulantes e passageiros, removendo animais não treinados ou mal treinados das cabines dos aviões.

“[A revisão da lei] estabelece definições e orientações claras para garantir que pessoas com deficiência e os nossos veteranos tenham a assistência necessária de animais de serviço, mantendo a segurança e a saúde de todos os passageiros e tripulantes a bordo dos nossos aviões”, disse Sara Nelson, presidente internacional da Association of Professional Flight Attendants, em comunicado.

“Esta regra irá garantir que os animais de estimação não treinados nunca mais viajem livremente na cabine da aeronave”, acrescentou.

O Departamento de Transportes afirma que recolheu mais de 15 mil comentários sobre a regulamentação proposta antes de redigir as suas revisões e que a alteração da lei aborda as preocupações levantadas por indivíduos com deficiência, partes interessadas da indústria e membros do público.

As revisões entrarão em vigor 30 dias após a publicação no Federal Register – data que ainda não foi definida.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …

DGS recomenda vacinação de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades

A diretora-geral da Saúde anunciou, esta sexta-feira, que a DGS só recomenda, para já, a vacinação contra a covid-19 de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades. Numa conferência de imprensa realizada esta sexta-feira, Graça …

Onda de calor e seca podem agravar crise alimentar na Coreia do Norte

No início do verão, o líder norte-coreano Kim Jong Un descreveu a situação alimentar do país como "tensa", após o encerramento da fronteira causado pela pandemia e cheias devastadoras. No meio da estação, um ciclo …

Juiz negacionista chama "pedófilo" a Ferro Rodrigues. CSM admite novo processo disciplinar

O Presidente da Assembleia da República já reagiu ao vídeo do juiz negacionista em que este lhe chama "pedófilo", tendo alertado o Conselho Superior da Magistratura (CSM), que também já disse que os "novos factos …

Barragem do Pisão fica pronta em 2026 (e "demonstra bem o que pretende ser o PRR")

As obras de construção da barragem do Pisão, no concelho de Crato, distrito de Portalegre, cujo contrato de financiamento foi assinado esta sexta-feira, vão arrancar até 2023 para o empreendimento entrar em "pleno funcionamento" em …