Andy Murray: “Vale a pena continuar?”

Ben Solomon / Tennis Australia

O tenista britânico Andy Murray.

Tenista escocês está fora do Wimbledon. Ficou contente por ter voltado a jogar no mítico torneio mas deixou no ar a possibilidade de desistir do ténis, por causa dos problemas físicos constantes.

Andy Murray voltou ao torneio de Wimbledon, quatro anos depois da sua última participação. Ainda venceu dois jogos mas perdeu na terceira ronda: Denis Shapovalov ganhou em apenas três parciais, por 6-4, 6-2 e 6-2.

O escocês não foi além da terceira eliminatória mas, mesmo assim, este foi o seu melhor resultado num torneio Grand Slam nos últimos quatro anos. Em 2017, precisamente em Wimbledon, Murray chegou aos quartos-de-final; a partir daí já se realizaram 15 torneios de Grand Slam, Murray só participou em cinco e nunca tinha ido além da segunda ronda, até esta semana.

2016 foi o último grande ano para o antigo líder da tabela ATP. Nesse ano, Andy Murray foi campeão olímpico (já tinha sido em 2012), venceu o Wimbledon (a sua última conquista de um Grand Slam) e também chegou às finais do Open da Austrália e de Roland Garros.

No ano seguinte, 2017, as lesões apareceram e a sua carreira nunca mais foi de topo. Os problemas começaram num cotovelo mas foi a anca que o afastou dos campos durante mais tempo: já foi operado duas vezes e tem jogado pouco. Já neste ano lesionou-se também na virilha. Chegou a Wimbledon, em 2021, como o número 118 da tabela ATP.

Murray ficou muito contente por ter voltado ao torneio em Londres: “Foi genial voltar a jogar em frente a estes adeptos. Recebi um apoio incrível e estou muito agradecido. São estas coisas que nos fazem recordar porque temos todo este trabalho. A parte positiva é ir superando os jogos, sentir-me bem fisicamente e não me lesionar”.

No entanto, a luta contra as lesões já começa a desgastar o tenista escocês: “O que me dói é que, depois de trabalhar tanto nos últimos três meses, não joguei como queria e como esperava. Vale a pena? Todos estes treinos e tudo que estou a fazer no ginásio para melhorar o meu jogo e ganhar partidas, todo este trabalho…vale a pena?“.

“Parte de mim acredita que sim, porque guardo grandes memórias deste torneio, joguei em atmosferas mágicas. Mas quando o terminei este jogo (com Shapovalov), disse à minha equipa que não estava contente com a forma como joguei. Temos de encontrar uma forma de estar em campo constantemente e uma maneira de treinar aquilo que preciso para competir. Se não encontrarmos…teremos que falar sobre o meu futuro”, lamentou o bicampeão olímpico.

Denis Shapovalov segue para os oitavos-de-final em Wimbledon e o seu próximo adversário será Roberto Bautista Agut.

Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma rua no Texas onde todas as casas foram impressas em 3D

Esta é a primeira comunidade de casas impressas em 3D nos EUA que está pronta a receber habitantes. A construção torna as habitações mais resistentes ao fogo e a inundações. Chama-se East 17th Street e fica …

A filha de Picasso doou nove obras do artista espanhol a França

A família de Pablo Picasso doou nove obras do artista ao Estado francês, que serão agora integradas no Museu Picasso, em Paris. Maya, a filha de Pablo Picasso, doou nove obras do artista como parte de …

Dormir bem? Depois da pandemia, não

O novo coronavírus criou uma "nação" de pessoas com insónias. Trabalhar menos horas pode ajudar. Insónias. Já eram um problema para muita gente até ao início de 2020 mas a pandemia que mudou o mundo também …

"Não posso ficar sentado a ver-nos voltar a 1972". Médico desafia a lei no Texas e admite que já fez um aborto

Um médico texano escreveu uma coluna de opinião no Washington Post a admitir que já fez um aborto no estado, depois da lei que proíbe interromper as gravidezes após seis semanas ter entrado em vigor. Em …

A cidade mais segura do mundo foi revelada (e é europeia)

Copenhaga foi eleita a cidade mais segura do mundo em 2021 pelo Índice de Cidades Seguras (SCI), da Economist Intelligence Unit. Quando se trata de escolher o destino a visitar, a segurança é um dos aspetos …

Benfica 3-1 Boavista | Águia evolui com Darwin para a vitória

Desde 1982/83 que o Benfica não vencia os primeiros seis jogos no Campeonato. Pois bem, na noite desta segunda-feira, os encarnados venceram o duelo ante o Boavista e fizeram xeque-mate graças ao bis de Darwin …

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …

Desempregados inscritos no IEFP caem 10% em agosto

O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) voltou a cair, pelo quinto mês consecutivo. Agosto fechou com 368.404 desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego De acordo com os dados …

Agora que a catedral de Notre-Dame está estabilizada, pode dar-se início à reconstrução

Dois anos e meio após o incêndio que devastou a catedral de Notre-Dame, o edifício encontra-se seguro para iniciar o processo de reconstrução, que se espera estar concluído em 2024. Os trabalhos de segurança e consolidação …