Andrómeda matou e comeu a irmã mais nova da Via Láctea

Z. Levay and R. van der Marel, STScI; T. Hallas; and A. Mellinger / NASA, ESA

Astrónomos acabam de resolver um misterioso assassinato galáctico: a Andrómeda matou uma galáxia e os investigadores encontraram o cadáver.

Um artigo científico publicado esta segunda-feira na Nature Astronomy reflete um cuidadoso trabalho de investigação em torno de um misterioso rasto de estrelas, de um corpo galáctico encolhido e de um fraco halo de restos estelares em volta da Andrómeda, a galáxia mais próximo de nós.

Após a análise dos dados recolhidos, os investigadores envolvidos no estudo concluíram que, há cerca de 2 mil milhões de anos atrás, havia uma terceira grande galáxia na nossa vizinhança – uma irmã mais nova da Via Láctea.

Mas Andrómeda matou-a, devorou-a e livrou-se do seu cadáver.

As galáxias massivas como Andrómeda, graças à sua enorme massa e força gravitacional,  atraem naturalmente galáxias mais pequenas que sejam apanhadas nas suas redondezas. E há muito tempo que os cientistas suspeitavam que Andrómeda poderia ter passado por uma fusão no passado.

No entanto, Amanda Moffett, astrónoma e especialista em evolução galáctica da Universidade Vanderbilt, que não participou no estudo, destaca que a novidade desta investigação mora na ideia apresentada teórica de que a M32, uma pequena galáxia anã na órbita de Andrómeda, é, na verdade, o cadáver da galáxia muito maior destruída durante aquela fusão.

Mas o que aconteceu ao progenitor real, isto é, à galáxia destruída? Para responder a esta questão, os cientistas realizaram algumas simulações de interação entre galáxias e descobriram que uma fusão de galáxias há 2 mil milhões de anos poderia produzir as pistas que vivem agora em redor de Andrómeda.

Um longo fluxo de estrelas, uma névoa espessa de estrelas soltas e o núcleo daquela galáxia perdida ainda flutuam nas proximidades de Andrómeda, na forma de M32 – o que explica o facto de M32 ser uma galáxia bastante incomum.

Galáxias anãs como M32 são compostas por estrelas que se formaram todas ao mesmo tempo e do mesmo pequeno aglomerado de material. Galáxias maiores como a Via Láctea e a Andrómeda tendem a ter estrelas com uma faixa muito maior de idades. No entanto, a peculiaridade de M32 é que as suas estrelas são como as estrelas de uma galáxia maior.

Em suma, o estudo resolve dois enigmas de uma só vez: o que aconteceu com a vítima de assassinato de Andrómeda, e por que o M32 é tão particular.

No entanto, há uma questão que continua no ar. Andrómeda tem outro vizinho anão, conhecido como M33, que é quase tão grande quanto o M32. Apesar de o artigo explicar a origem de M32, o mesmo não acontece com o misterioso M33.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Na África do Sul, há uma associação entre violência sexual e gravidez indesejada

Na África do Sul, as meninas que sofreram violência sexual têm maior probabilidade de relatar uma gravidez indesejada em comparação com aquelas que nunca sofreram violência sexual. Na África do Sul, a taxa de gravidez na …

Hackers russos associados ao ataque em hospital alemão que resultou na morte de uma paciente

O ataque informático num hospital alemão na semana passada, que resultou na morte de uma paciente em estado crítico, pode ter sido causado por um grupo russo com ligações ao crime cibernético. A informação é …

Paços 0-2 Sporting | “Leão” competente estreia-se com triunfo

Após o adiamento do jogo da primeira jornada ante o Gil Vicente, devido a vários casos de Covid-19 nas duas equipas, o Sporting estreou-se na Liga NOS 2020/21 e não vacilou. Na visita ao Paços de …

Medicamentos para a tensão arterial diminuem mortalidade em doentes com covid-19

Um estudo de meta-análise concluiu que medicamentos para a tensão arterial, ao contrário do que se pensava, reduzem a mortalidade em pacientes com covid-19. No início da pandemia, havia a preocupação de que certos medicamentos para …

A ilha mais povoada do Hawai pode perder 40% das suas praias até 2050

A subida do nível das águas do mar pode fazer com que a ilha mais povoada do Havai perca 40% das suas praias, alerta uma nova investigação. Em causa está a ilha de Oahu, a …

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …