Descoberto analgésico ainda mais poderoso do que a morfina

Cientistas norte-americanos desenvolveram um analgésico mais poderoso do que a morfina. O AT-121 não causa dependência e efeitos colaterais perigosos.

O Estados Unidos estão a sofrer. A expectativa de vida está em declínio, alimentada por um vício mortal em analgésicos que quase não tem limites. No entanto, um novo composto químico desenvolvido por cientistas, e testado recentemente em animais, poderá ser a luz ao fim do túnel para os que precisam desesperadamente de soluções.

O AT-121 atua nos recetores opióides, onde os analgésicos tradicionais atuam, e nos recetores da nociceptina, que são moléculas de proteínas nos neurónios do cérebro que estão envolvidas no desenvolvimento de dependências e vícios.

O novo composto é mais poderoso do que a morfina no alívio da dor, mas, além disso, tem dois fatores-chave que animam a comunidade científica: não produz qualquer efeito colateral grave e, mais importante, não vicia.

“No nosso estudo descobrimos que o AT-121 é seguro e não vicia, sendo uma medicação eficaz contra a dor”, explica a farmacologista Mei-Chuan Ko, do Wake Forest Baptist Medical Center. “Além disso, este composto mostrou-se eficaz no bloqueio do potencial de abuso de opióides prescritos. Por esse motivo, esperamos que possa ser usado para tratar a dor, mas também o abuso de opióides”, acrescenta.

Testes realizados com macacos em laboratório mostraram que o AT-121 exercia um efeito analgésico semelhante à morfina, em concentrações 100 vezes menores do que o habitual.

A droga foi também capaz de reduzir o nível de dependência dos animais em relação à oxicodona, um opióide semissintético. Foi também comprovado que altas dosagens de AT-121 não causam dificuldades respiratórias e distúrbios na atividade do sistema cardiovascular.

Os investigadores esperam agora que estes resultados sejam confirmados através de testes futuros que serão realizados em pessoas. Apesar de não haver garantia de que os bons resultados se irão manter, os cientistas estão bastante confiantes.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Nesta noticia, nao dizem claro, que foi Trump quem anunciou como prioridade o combate aos opióides e como prioridade também a pesquisa de um substituo que nao causasse dependencia.

    • Se você tivesse um pouco de noção saberia que um estudo científico deste género terá obrigatoriamente de ter começado muito antes do Trump ser presidente. No entanto, e como tem sido cada vez mais claro, apoiantes cegos do Trump dificilmente têm noção de alguma coisa. Cumprimentos.

RESPONDER

No Japão, pilotar drones enquanto bêbado dá prisão

Os drones revolucionaram a fotografia, ajudaram na conservação, transportaram órgãos para transplantes e até já ajudaram em missões de busca e salvamento. Mas as máquinas voadoras controladas remotamente nem sempre são usadas para o bem. Também …

PSG na corrida por Bruno Fernandes. Atlético já terá proposta

Bruno Fernandes continua com o futuro incerto, mas o mercado continua a mexer. De acordo com a imprensa desportiva, o Paris Saint-Germain entrou na corrida pelo médio do Sporting e o Atlético de Madrid terá …

Crédito Agrícola vai cobrar MB Way e transferências online

O Crédito Agrícola, instituição bancária liderada por Licínio Pina, vai passar a cobrar não só as transferência feitas através da aplicação móvel MB Way, como também as transferências online, escreve o jornal Eco este sábado. …

Há uma "Cidade do Futuro" inacabada no deserto do Arizona

https://vimeo.com/342345734 No deserto do Arizona, nos Estados Unidos, há uma cidade experimental projetada para milhares de pessoas que agora contém apenas algumas dezenas de habitantes. Durante quase cinco décadas, um grupo chamado Fundação Cosanti tem trabalhado na …

Montenegro vai estudar liderança em França. Quer qualificar-se para o futuro

O ex-líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, vai para França estudar num programa de gestão avançada para executivos promovido pelo Instituto Europei para Administração de Empresas, escreve este sábado o Expresso. De acordo com o …

A dieta perfeita não existe

O número de dietas que existem não cabe nos dedos das nossas mãos, mas grande parte das pessoas vai dizer-lhe qual a melhor dieta a seguir. Mas não acredite, é tudo bluff. Uma equipa de cientistas …

Fenprof critica Marcelo. "Não é o Presidente de todos os portugueses”

O 13.º congresso da Fenprof terminou este sábado com a garantia de luta pela contagem integral do tempo de serviço dos professores e críticas a Marcelo Rebelo de Sousa, que “não é o Presidente de …

Consumo de álcool dos filhos associado a educação branda dos pais

Um estudo descobriu que há uma associação entre o consumo de álcool dos filhos e a educação que os pais dão em relação às bebidas alcoólicas. Quanto mais brandos os pais forem, mais probabilidade há …

Espiões podem estar a usar o LinkedIn para recrutar novos contactos

O LinkedIn é uma rede social de negócios, mas espiões podem estar a usá-la para encontrar novos contactos. Os espiões estarão a usar perfis falsos, gerados por inteligências artificial. Apesar de ser uma rede social bem …

Mercado de compras online pode não ser tão lucrativo quanto se pensa (e pode estar perto do fim)

Muitas pessoas provavelmente presumem que as lojas online estão a fazer uma fortuna, mas a realidade é bem diferente. Muitas atividades de comércio eletrónico são, na verdade, não lucrativas. Se as pessoas tivessem que pagar o …