Sinais de Alzheimer surgem 30 anos antes de os primeiros sintomas aparecerem

Foto: Tom/Flickr

Uma nova investigação detetou uma série de biomarcadores que podem identificar a doença de Alzheimer mais de 30 anos antes de os primeiros sintomas aparecerem.

Cientistas da Johns Hopkins University, nos Estados Unidos, detetaram alterações cerebrais biológicas e anatómicas relacionadas à doença de Alzheimer que ocorrem entre 3 a 10 anos antes de os primeiros sintomas da doença aparecerem. Aliás, alguns biomarcadores desta doença neurológica surgiram mais de 30 anos antes que os sintomas.

Quanto mais cedo pudermos detetar o Alzheimer, melhor. A amostra deste estudo é pequena, mas o resultado não deixa de intrigar os cientistas. A equipa da Johns Hopkins analisou um grupo de 290 pessoas compostas por indivíduos com maior risco de Alzheimer devido ao historial familiar, e foi capaz de detetar várias mudanças biológicas e clínicas em relação à doença.

No final do período de análise, 81 dos participantes tinham desenvolvido problemas cognitivos ou demência, e os seus registos mostraram uma série de diferenças em relação ao resto dos participantes – como mudanças subtis nas pontuações dos testes que medem os processos de raciocínio.

Depois de analisarem os níveis de líquido cefalorraquidiano, os cientistas encontraram também aumentos na proteína tau, ligada à doença de Alzheimer. Através de um software de modelagem, os cientistas estimaram que esse aumento começou, em média, 34,4 anos antes de os primeiros sintomas da doença se desenvolverem nos pacientes. Isto significa que este pode ser um eficaz sistema de alerta precoce.

“O nosso estudo sugere que pode ser possível usar imagens do cérebro e análises do fluido espinal para avaliar o risco de doença de Alzheimer pelo menos 10 anos antes de ocorrerem os sintomas mais comuns, como o comprometimento cognitivo leve”, afirmou Laurent Younes, uma das autoras do estudo recentemente publicado na Frontiers in Aging Neuroscience.

Analisando exames de ressonância magnética realizados nos participantes, os cientistas detetaram também leves diminuições na taxa de mudança do tamanho do lobo temporal medial entre 3 a 9 anos antes de o comprometimento cognitivo se tornar óbvio.

No futuro, um amplo conjunto de biomarcadores poderiam ser usados em diferentes estágios do diagnóstico, dando aos médicos a oportunidade de trabalhar a lacuna de tempo – uma vez que não seria agradável ser informado de que poderia desenvolver a doença 30 anos antes, explica o Science Alert.

No entanto, é de realçar que ainda é demasiado cedo para imaginar este cenário. A amostra era muito pequena e, além disso, as mudanças cerebrais podem diferir entre as pessoas, tornando as generalizações muito difíceis de serem feitas. Ainda assim, parece haver uma associação relativamente forte para esta investigação merecer mais análises.

A verdade é que ainda não conseguimos pôr um travão na doença de Alzheimer. Por isso, novas técnicas tornam-se emergentes e aliciantes para a comunidade científica.

Neste caso específico, o objetivo passa por encontrar a combinação certa de biomarcadores que indiquem o risco de comprometimento cognitivo e usar esse trunfo para orientar eventuais intervenções.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

UEFA confirma três jogos de suspensão para Neymar

A UEFA anunciou, esta quarta-feira, que rejeitou o recurso do Paris Saint-Germain e manteve os três jogos de suspensão a Neymar, na sequência de insultos aos árbitros na partida com o Manchester United, da Liga …

Transportes estão cada vez mais cheios. Carris vai comprar 100 novos autocarros

A Carris vai lançar dois concursos para a aquisição de 100 novos autocarros, 70 dos quais a gás natural e 30 elétricos, anunciou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina. Falando na apresentação da …

Apenas 59% dos habitantes da Europa ocidental confiam na vacinação. França é o país com mais dúvidas

Na Europa oriental, apenas metade da população olha para as vacinas como uma forma segura de prevenção de saúde. No caso da zona ocidental, o número sobe para os 59%, mas fica ainda distante dos …

César Peixoto é o novo treinador da Académica

O antigo futebolista é o novo treinador da Académica, sucedendo a João Alves no comando técnico dos estudantes, anunciou o clube que integra a II Liga portuguesa. César Peixoto vai ser apresentado às 17h00, em conferência …

Tribunal diz que ausência de resistência de vítima de violação é "desejo de sobreviver"

Quando as vítimas não resistem, revelam "o desejo de sobreviver a uma situação cujo controlo não detêm", adotando um comportamento de preservação, diz o Tribunal da Relação de Lisboa. O Tribunal da Relação de Lisboa considerou …

Draghi abre a porta a cortes nas taxas de juro

Mario Draghi afirmou esta terça-feira que se o objetivo de ficar abaixo dos 2% de inflação estiver ameaçado, "estímulos adicionais serão necessários". O presidente do BCE admitiu mesmo uma descida das taxas. O presidente do BCE, Mario …

SNS dá “sinais de cansaço” e tem sistema “que não é amigo do cidadão”

A Convenção Nacional da Saúde concluiu esta terça-feira que o SNS “dá sinais de cansaço” e avisa que os portugueses “não podem ter listas de espera de anos” por consultas ou cirurgias, nem ter “enormes …

Violência doméstica: sobe para 16 o número de mulheres mortas em 2019

O número de mulheres mortas desde o início do ano em contexto de violência doméstica subiu para 16, segundo a contabilidade feita pelo Público com base nas notícias publicadas sobre o assunto. O número exclui …

Costa garante que Miguel nunca pediu ajuda ao Governo. Mas assegurou todo o "apoio diplomático e consular"

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou que o Governo nunca foi contactado por Miguel Duarte, jovem que está a ser investigado em Itália por suspeita de ajuda à imigração ilegal, mas assegurou todo o "apoio diplomático …

Em Espanha esqueceram-se de Ronaldo e estalou a polémica

A Liga Espanhola de Futebol Profissional lançou um desafio aos fãs do desporto rei para escolherem a sua lenda favorita de todos os tempos. A lista inclui as grandes figuras do futebol espanhol dos últimos …