Alunos do secundário jogam cerca de 9 horas por semana em dispositivos móveis

Steven Andrew / Flickr

-

Um estudo da Universidade de Coimbra, que visa criar “novas ferramentas de ensino”, revela que os rapazes que frequentam o ensino secundário ocupam cerca de nove horas por semana a jogar em dispositivos móveis.

Os primeiros resultados do estudo “Dos jogos às atividades interativas para mobile-learning”, que está a ser desenvolvido na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação (FPCE) da Universidade de Coimbra (UC), concluem que o tempo despendido por alunos (do sexo masculino) do Ensino Secundário a jogar em dispositivos móveis é de “8,9 horas, em média, por semana”, revelou a universidade.

A investigação, que envolve alunos de várias idades, desde o 2º ciclo do Ensino Básico ao Ensino Superior (licenciatura e mestrado) conclui que os estudantes mais novos (do 2º e 3º ciclos do Ensino Básico) preferem “jogos com elevado nível de violência e bastante desadequados à idade, nomeadamente jogos classificados para maiores de 18 anos”, tais como Grand Theft Auto (GTA), Counter Strike (CS) e Call of Duty.

Os alunos do Ensino Superior “elegem jogos simples e rápidos, tipo puzzle e arcada”, como Candy Crush Saga, Angry Birds, Bubbles e Flow, entre outros, de acordo com o mesmo estudo, coordenado pela catedrática da FPCE Ana Amélia Carvalho, adianta uma nota da UC.

“De uma forma global, por género, o estudo, que visa desenhar e criar atividades educativas para dispositivos móveis com base nos jogos mais adotados pelos alunos, mostra que 81% dos alunos do género masculino jogam”, enquanto entre as alunas se regista uma taxa de 63%, afirma a UC.

Trazer os jogos para a sala de aula

Financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, a pesquisa pretende tirar partido das características dos jogos para, na prática, “criar novas ferramentas de ensino que cativem e estimulem os alunos a aprenderem na sala de aula e fora dela”, salienta Ana Amélia Carvalho.

Questionados sobre a utilização de jogos em atividades letivas, “a grande maioria” dos estudantes mostrou-se receptiva, “sendo que as percentagens ultrapassam os 80%” entre os alunos do 2º ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário e atingem “78,1% no Ensino Superior”, refere a coordenadora do estudo, que é especialista em tecnologia educativa.

“À semelhança do que já acontece em países como Inglaterra, o objetivo é rentabilizar os dispositivos móveis para a área pedagógica”, afirma a investigadora, sublinhando que “os jogos são reconhecidos como excelentes instrumentos de aprendizagem, pelo feedback imediato, pela boa orientação (tutorial) e pela sensação de vitória que gera quando se atinge algo”.

O estudo, cujos resultados serão apresentados no dia 9 de maio, em Coimbra, durante o 2º Encontro sobre Jogos e Mobile Learning, “utilizou a metodologia de inquérito por questionário, aplicado em escolas de vários níveis de ensino do país, incluindo as regiões autónomas, e vai ao encontro das recomendações da UNESCO para a importância do uso dos dispositivos móveis em contexto educativo”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Gabinetes dos novos membros do Governo custam 71 milhões de euros

O novo Governo terá 70 gabinetes no total, que representarão uma despesa anual de, pelo menos, 71 milhões de euros aos cofres públicos, mais sete milhões de euros do que o último. O primeiro-ministro, António Costa, …

Fim do cessar fogo na Síria. Turquia ameaça que milicianos curdos no terreno serão abatidos

O período de cessar-fogo de 120 horas acordado entre a Turquia e os Estados Unidos (EUA) para permitir que as milícias curdas saiam do nordeste da Síria termina esta terça-feira, pelas 19:00 (20:00 em Lisboa), …

Ministro adjunto cabo-verdiano encontrado morto no gabinete

O ministro adjunto do primeiro-ministro de Cabo Verde para a Integração Regional, Júlio Herbert, foi encontrado morto, esta segunda-feira, no seu gabinete, no Palácio do Governo, na Praia, confirmou fonte governamental. Elementos da Polícia Nacional cabo-verdiana …

"Risco de desvio significativo" nas contas do Governo. Bruxelas com reservas sobre esboço do OE2020

A Comissão Europeia (CE) pediu esta terça-feira ao Governo português que apresente uma versão atualizada do projeto orçamental para 2020 “tão cedo quanto possível”, observando que o ‘esboço’ recebido aponta para o risco de um …

Goldman Sachs. Funcionário acusado de divulgar informação em troca de dinheiro

Bryan Cohen, vice-presidente de um dos departamentos do Goldman Sachs, foi acusado de tirar proveito de um esquema que gerou alegadamente cerca de 2,3 milhões de euros em lucros ilegais. Nos últimos 18 meses, dois funcionários …

Encontrada carruagem romana milenar com restos fósseis dos cavalos

Uma equipa de arqueólogos do Museu da Cidade de Vinkovci e do Instituto da Arqueologia de Zagreb, na Croácia, encontrou uma carruagem romanda de duas rodas com os corpos fossilizados de dois cavalos. Os especialistas consideram …

Caos no Chile. Governo anula aumento do preço do metro que iniciou protestos

O Governo do Chile anulou esta segunda-feira o aumento do preço dos bilhetes do metropolitano, depois de a medida ter provocado violentos protestos que se generalizaram no país. Esta terça-feira, com apenas uma linha do metro …

Deputado do PSD apela a Marcelo a que não dê posse a Cabrita até bombeiros receberem pagamentos em atraso

O deputado do PSD Duarte Marques, que costuma tratar dos assuntos da Proteção Civil, apelou esta segunda-feira ao Presidente da República par não dê posse ao ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, enquanto o Estado …

Cientistas "ressuscitaram" o gene que fez nascer a malária

O gene ancestral que fez nascer a doença mais mortal da História foi "ressuscitado" por cientistas, para que lhes fosse possível perceber a série de eventos que levou o parasita da malária a infetar humanos. A …

Governo anuncia acordo para dívida do sistema de ação social dos militares

Os ministérios da Defesa Nacional e das Finanças assinam “até ao final da semana” um acordo para a regularização de dívidas do Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA) aos prestadores de saúde, foi …