Alterações climáticas. Famílias portuguesas recorrem ao Tribunal de Justiça Europeu

Várias famílias afetadas pela crise climática, entre as quais três portuguesas, e a Associação Juvenil Sammi, da Suécia, recorreram ao Tribunal Europeu de Justiça para verem reconhecidos os prejuízos que tiveram com as alterações climáticas.

O grupo, que além de Portugal inclui famílias da França, da Itália, da Alemanha, da Roménia, do Quénia e de Fiji, recorreu depois de verem rejeitado o processo no Tribunal Geral Europeu, segundo um comunicado da associação ambientalista Zero, informou na quinta-feira o Diário de Notícias.

“O Tribunal Geral Europeu (tribunal de primeira instância) reconheceu que as famílias e os jovens Saami que estão envolvidos neste processo são realmente afetados pelas alterações climáticas, mas decretou a rejeição do processo, invocando que os demandantes não são os únicos a serem atingidos pela crise climática, e como tal não podem ser protegidos pela legislação europeia”, escreveu a Zero.

No recurso para o Tribunal de Justiça Europeu, as famílias argumentam que todos e cada um, individualmente e diretamente, são afetados pelas alterações climáticas, de diferentes formas, dependendo do local de residência, idade, ocupação e situação de saúde.

No requerimento, os demandantes (nos quais se incluem os avós, pais e filhos) apresentaram de forma detalhada as suas preocupações no que concerne às propriedades, herdades e outros negócios, bem como os seus direitos à saúde e educação.

“Em 2017, perdi a minha floresta com os incêndios florestais. Um ano depois, os jovens pastores de renas Saami perderam a maior parte das suas terras de pastagem nos incêndios florestais do Ártico. Os europeus estão a sofrer com a inação climática dos decisores políticos que os representam e sabemos que as consequências só vão piorar no futuro. Precisamos tratar a crise climática como uma emergência, o que exige medidas urgentes para a enfrentar”, lê-se no comunicado da Zero, que cita um dos portugueses afetados pela crise climática, Armando Carvalho.

O processo “Pessoas pelo Clima” foi apoiado por um conjunto amplo de organizações não-governamentais, cientistas e cidadãos europeus, sendo que mais de 210 mil pessoas assinaram uma petição no mesmo sentido, promovida pelos queixosos.

No caso das três famílias portuguesas, foi sobretudo a seca e os incêndios que motivaram a adesão ao processo. Alfredo Cunha Sendim, agricultor, foi o porta-voz destas famílias que subscreveram a ação legal. O gestor de uma exploração que pertence à família há mais de 100 anos, a Herdade do Freixo do Meio, em Montemor-o-Novo, viu as suas plantações afetadas vários anos sucessivos. Há também a família Conceição, que vive da apicultura, e que em 2017 perdeu 60% da produção por causa do calor.

Para a Zero, é preocupante constatar que os cidadãos tenham de procurar junto dos tribunais uma melhor proteção face à crise climática que as instituições europeias não são capazes de garantir.

“A UE deve reconhecer que a atual crise climática é a maior ameaça aos direitos dos seus cidadãos e que é preciso uma ação urgente para proteger vidas, meios de subsistência e direitos de milhões de pessoas, a começar por assumir a curto prazo um compromisso sério para aumentar drasticamente a sua meta climática para 2030, e definir um rumo em direção à neutralidade carbónica, o mais tardar em 2050”, referiu.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …