Já se sabe por que é que alguns peixes têm sangue quente

kenbondy / Flickr

Carcharodon carcharias, conhecido pelo nome comum de tubarão-branco

Os cientistas já sabem por que é que alguns peixes têm sangue quente — característica comum a apenas 35 espécies.

Os cientistas sabem, há mais de 50 anos, que, apesar da sua reputação, nem todos os peixes têm sangue frio. Algumas espécies de tubarão e atum — o tubarão branco e o atum-rabilho do Atlântico — desenvolveram a capacidade de aquecer partes do corpo, como músculos, olhos e cérebro.

Cerca de 35 espécies de peixes — menos de 0,1% — têm essa habilidade, que lhes permite ficar mais quentes do que a água ao seu redor. Até recentemente, no entanto, o motivo pelo qual essa aptidão surgiu era um mistério.

Alguns cientistas acreditam que ter sangue quente permite que os peixes nadem mais rápido, já que músculos mais quentes tendem a ser mais poderosos. Outros pensam que isso lhes permitia viver numa faixa mais ampla de temperaturas, tornando-os menos suscetíveis aos efeitos do aquecimento do oceano causado pelas alterações climáticas.

Com isto em mente, uma equipa internacional de biólogos marinhos propôs dar uma resposta ao quebra-cabeças.

Um novo estudo, publicado na revista Functional Ecology, descobriu que a capacidade dos peixes aquecerem os seus corpos oferece vantagens competitivas — podem nadar mais rápido do que seus parentes de sangue frio.

No entanto, isso não significa necessariamente que serão mais capazes de se adaptar às mudanças nas temperaturas do oceano do que peixes de sangue frio, mostram os resultados.

A equipa de investigadores recolheu dados de tubarões selvagens e peixes ósseos, além de usar dados já existentes e afixaram-se dispositivos biológicos às barbatanas dos animais que capturavam. Os animais eram apanhados com linha e anzol e presos ao lado de um barco. Isto permitiu anexar os dispositivos e libertar os animais imediatamente.

Estes dispositivos recolheram informações como as temperaturas da água encontradas pelos peixes nos seus habitats, as velocidades a que os peixes nadaram durante a maior parte do dia e as profundidades da água em que nadaram.

Comparando os dados de velocidade e temperatura destes animais de sangue quente e frio, os investigadores puderam calcular a amplitude de temperatura em que esses animais nadavam e a que velocidade nadavam, tendo em consideração o seu peso.

Acontece que peixes de sangue quente podem nadar 1,6 vezes mais rápido do que peixes de sangue frio. Esta é uma das primeiras evidências diretas da vantagem evolutiva de ter sangue quente.

Esta velocidade extra oferece vantagens quando se trata de aspetos como predação e migração. É provável que isto os torne melhores caçadores ou viajantes. As velocidades de nado mais rápidas também ajudam os peixes a identificar a presa. Quanto mais rápido eles nadam, mais rápido uma imagem se move nos seus olhos, permitindo que a processem e identifiquem — talvez de uma presa — mais rápido.

Já foi sugerido que estes peixes de sangue quente podem ser mais capazes de lidar com as mudanças na temperatura ambiente ao estabilizar a temperatura do corpo. Isto seria útil nos cenários atuais de alterações climáticas, como o aquecimento global dos oceanos.

Pode ser o caso. Mas os resultados deste novo estudo indicam que a capacidade de aquecer os seus corpos não lhes permite ocupar uma temperatura ou faixas de profundidade mais amplas. Isto significa que podemos estar a exagerar a resiliência dos peixes de sangue quente para enfrentar as mudanças nas temperaturas do oceano.

Muitos desses animais já enfrentam ameaças do aquecimento do oceano e riscos induzidos pelo homem. O atum-rabilho do Atlântico é uma espécie ameaçada de extinção, enquanto o tubarão branco é classificado como vulnerável.

PARTILHAR

RESPONDER

150 anos antes da viagem histórica de Colombo, um frade italiano escrevia sobre a America

Por volta do ano 1340, Galvano Fiamma registou, na sua Cronica universalis, a existência de terras a oeste da Gronelândia habitadas "por gigantes". Trata-se da primeira menção documentada do continente americano no Mediterrâneo, cerca de …

Os antigos compadres zangaram-se de vez. Trump puxa os cordelinhos nos bastidores para correr com McConnell

A relação de altos e baixos entre os dois azedou de vez depois de McConnell ter reconhecido a vitória de Joe Biden. Trump quer agora que um Republicano concorra contra McConnell pelo cargo da liderança …

Bombeiros embrulharam a maior árvore do mundo em papel de alumínio. Tudo para a proteger

O incêndio consumiu milhares de acres na Califórnia e o National Park Service viu-se obrigado a intensificar os seus esforços para proteger as jóias naturais, incluindo as maiores árvores do mundo. Os incêndios Colony e Paradise …

EUA trocaram "guerra implacável" por "diplomacia implacável" no Afeganistão, diz Biden

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, disse esta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que o país se está a concentrar na "diplomacia implacável" e no encerramento de uma era de …

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …

Crise da energia obriga UE a enfrentar dependência do gás natural

Os países europeus estão a tentar proteger os consumidores de energia, numa região onde, desde o início do ano, os preços do gás aumentaram 250%, resultado de uma série de forças económicas, naturais e políticas.  Na …

Companhia de aviação privada oferece voo de 20 mil dólares para reunir uma família separada pela pandemia

A empresa de aviação privada Tradewind Aviation está a comemorar o seu 20.º aniversário de uma forma original: vai dar um voo no valor de 20 mil dólares (cerca de 17 mil euros) para reunir …

Mais de 60 pinguins morrem na África do Sul após ataque de abelhas

Dezenas de pinguins-africanos ameaçados de extinção foram mortos por um enxame de abelhas na África do Sul, na passada sexta-feira. Segundo a CNN, 63 pinguins-africanos, uma espécie ameaçada de extinção, foram encontrados mortos na sexta-feira numa …

Macron e Modi manifestam vontade de "agir em conjunto" após disputa submarina

O Presidente Emmanuel Macron discutiu a cooperação na região Indo-Pacífico com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi, esta terça-feira. O Presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, conversaram esta terça-feira, em plena crise dos …