A Alexa está sempre a ouvi-lo (e os funcionários da Amazon também)

Não é apenas a Alexa que o está a ouvir quando fala com ela. Por vezes, os funcionários da Amazon também ouvem, confirmou a empresa esta quinta-feira.

Trabalhadores da Amazon em todo o mundo ouvem para ajudar a tornar a inteligência artificial, conhecida como Alexa, mais inteligente, segundo a empresa.

“Essas informações ajudam-nos a treinar os nossos sistemas de reconhecimento de voz e compreensão da linguagem natural, para que a Alexa possa entender melhor as suas solicitações e garantir que o serviço funcione bem para todos”, afirmou um porta-voz da empresa num comunicado enviado à ABC News.

Estes dispositivos respondem à tecnologia de deteção de palavras-chave para saber quando uma “palavra de ativação” como “Alexa” é pronunciada e, em seguida, armazena e envia os comandos para a nuvem.

“Por padrão, os dispositivos são projetados para detetar apenas a palavra escolhida (Alexa, Amazon, Computer ou Eco). O dispositivo deteta a palavra de ativação identificando padrões acústicos que correspondem à palavra de ativação. Nenhum áudio é armazenado ou enviado para a nuvem, a menos que o dispositivo detete a palavra de ativação”, disse o comunicado.

A existência destas equipas foi relatada pela primeira vez pela Bloomberg, que informou que a empresa contratou milhares de funcionários em todo o mundo para rever, transcrever, marcar e, em seguida, fornecer informações no seu software para melhorar a compreensão de comandos de voz e idioma da Alexa.

A Bloomberg relatou que a maioria dos clipes transcritos eram normais. Mas outros, por vezes, eram perturbadores. “Às vezes ouvem gravações que acham perturbadoras, ou possivelmente criminosas. Dois dos trabalhadores disseram que apanharam o que acreditam ser uma agressão sexual. Quando algo assim acontece, podem partilhar a experiência na sala de chat interna como uma maneira de aliviar stress”, disse o relatório.

A Amazon aparentemente nega esta parte do relatório. O porta-voz da empresa escreveu: “Quando a palavra acordada é detetada, o anel de luz no topo do dispositivo fica azul, indicando que o dispositivo está a transmitir a solicitação de voz para a nuvem. Apenas gravações depois da deteção são transmitidas para a Amazon.”

A revelação das equipas humanas a trabalhar com gravações Alexa pode despertar preocupações com a privacidade, mas a empresa norte-americana disse que têm rígidas garantias técnicas e operacionais.

“Temos uma política de tolerância zero para o abuso do nosso sistema. Os funcionários não têm acesso direto a informações que pode identificar a pessoa ou conta como parte deste fluxo de trabalho. Embora todas as informações sejam tratadas com alta confidencialidade e usamos autenticação multifator para restringir acesso, criptografia de serviço e auditorias do nosso ambiente de controlo para protegê-lo, os clientes podem excluir as gravações de voz associados à sua conta a qualquer momento”.

Ainda assim, uma imagem exibida pelos repórteres da Bloomberg mostrou que as gravações revistas por humanos “não fornecem nome completo e endereço do utilizador, mas estão associadas a um número de conta, bem como ao nome do utilizador e ao número de série do dispositivo”. disse.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Só agora é que perceberam que estes “assistententes” são um espião permanente dentro de casa????????

    E isto é só o que sabemos. Os nossos pc’s e telemóveis o que fazem, sem que nós saibamos???????

Responder a ah Cancelar resposta

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …

Os furacões podem provocar atividade sísmica tal como um terramoto

Uma equipa de cientistas descobriu um novo fenómeno geofísico no qual furacões ou fortes tempestades podem produzir vibrações no fundo do oceano tão fortes quanto um terramoto de magnitude 3.5. "As tempestades, furacões ou ciclones extratropicais …

Quem anda mais devagar pode envelhecer mais rapidamente

A velocidade a que caminham as pessoas aos 45 anos pode ser um indicador de como é que o cérebro e o corpo envelhecem, revela um novo estudo levado a cabo por uma equipa de …