A Alexa está sempre a ouvi-lo (e os funcionários da Amazon também)

Não é apenas a Alexa que o está a ouvir quando fala com ela. Por vezes, os funcionários da Amazon também ouvem, confirmou a empresa esta quinta-feira.

Trabalhadores da Amazon em todo o mundo ouvem para ajudar a tornar a inteligência artificial, conhecida como Alexa, mais inteligente, segundo a empresa.

“Essas informações ajudam-nos a treinar os nossos sistemas de reconhecimento de voz e compreensão da linguagem natural, para que a Alexa possa entender melhor as suas solicitações e garantir que o serviço funcione bem para todos”, afirmou um porta-voz da empresa num comunicado enviado à ABC News.

Estes dispositivos respondem à tecnologia de deteção de palavras-chave para saber quando uma “palavra de ativação” como “Alexa” é pronunciada e, em seguida, armazena e envia os comandos para a nuvem.

“Por padrão, os dispositivos são projetados para detetar apenas a palavra escolhida (Alexa, Amazon, Computer ou Eco). O dispositivo deteta a palavra de ativação identificando padrões acústicos que correspondem à palavra de ativação. Nenhum áudio é armazenado ou enviado para a nuvem, a menos que o dispositivo detete a palavra de ativação”, disse o comunicado.

A existência destas equipas foi relatada pela primeira vez pela Bloomberg, que informou que a empresa contratou milhares de funcionários em todo o mundo para rever, transcrever, marcar e, em seguida, fornecer informações no seu software para melhorar a compreensão de comandos de voz e idioma da Alexa.

A Bloomberg relatou que a maioria dos clipes transcritos eram normais. Mas outros, por vezes, eram perturbadores. “Às vezes ouvem gravações que acham perturbadoras, ou possivelmente criminosas. Dois dos trabalhadores disseram que apanharam o que acreditam ser uma agressão sexual. Quando algo assim acontece, podem partilhar a experiência na sala de chat interna como uma maneira de aliviar stress”, disse o relatório.

A Amazon aparentemente nega esta parte do relatório. O porta-voz da empresa escreveu: “Quando a palavra acordada é detetada, o anel de luz no topo do dispositivo fica azul, indicando que o dispositivo está a transmitir a solicitação de voz para a nuvem. Apenas gravações depois da deteção são transmitidas para a Amazon.”

A revelação das equipas humanas a trabalhar com gravações Alexa pode despertar preocupações com a privacidade, mas a empresa norte-americana disse que têm rígidas garantias técnicas e operacionais.

“Temos uma política de tolerância zero para o abuso do nosso sistema. Os funcionários não têm acesso direto a informações que pode identificar a pessoa ou conta como parte deste fluxo de trabalho. Embora todas as informações sejam tratadas com alta confidencialidade e usamos autenticação multifator para restringir acesso, criptografia de serviço e auditorias do nosso ambiente de controlo para protegê-lo, os clientes podem excluir as gravações de voz associados à sua conta a qualquer momento”.

Ainda assim, uma imagem exibida pelos repórteres da Bloomberg mostrou que as gravações revistas por humanos “não fornecem nome completo e endereço do utilizador, mas estão associadas a um número de conta, bem como ao nome do utilizador e ao número de série do dispositivo”. disse.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Só agora é que perceberam que estes “assistententes” são um espião permanente dentro de casa????????

    E isto é só o que sabemos. Os nossos pc’s e telemóveis o que fazem, sem que nós saibamos???????

RESPONDER

Só as mulheres podem parar o Apocalipse nuclear

O aumento da participação feminina no setor nuclear ajudaria a reduzir a ameaça de um Apocalipse, afirmou recentemente a analista Xanthe Scharf. O conflito nuclear continua a ser a maior ameaça imediata à segurança global. Os …

Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz. Agora, os investigadores determinaram que a mulher …

Apanhado no Facetime. Prisão perpétua para português por violação e agressão em Inglaterra

Um português a residir em Inglaterra foi condenado a prisão perpétua por violação e agressão a uma jovem de 19 anos, tendo uma captura de ecrã durante uma chamada de FaceTime sido um elemento chave. Samuel …

Estranha síndrome genética está a cegar famílias inteiras

Médicos na Austrália descobriram uma condição ultra-rara que está gradualmente a cegar famílias inteiras em redor do mundo. Agora, estão a tentar encontrar uma cura. Os primeiros sinais da condição surgiram na Austrália, quando uma mãe, …

Juventus é campeã pela oitava vez consecutiva. E Ronaldo estava lá

A Juventus conquistou este sábado a Serie A pela oitava vez consecutiva, depois de vencer em casa a Fiorentina por 2-1, em jogo da 33ª jornada. Poucos dias após a eliminação nos quartos de final da …

Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

Mobilizados há mais de cinco meses, os "coletes amarelos" voltaram este sábado às ruas para o seu "acto XXIII" marcado por uma nova escalada da tensão entre manifestantes e forças de autoridade. Tiros de gás lacrimogéneo, …

Porto vs Santa Clara | Dragão suficiente assume liderança

O FC Porto venceu hoje o Santa Clara por 1-0, em partida da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que permite aos ‘dragões' regressarem, à condição, ao comando do campeonato. O FC Porto cumpriu …

Notre-Dame pode não ser a única. Vários monumentos em todo o mundo estão em risco

O incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, levantou questões sobre a forma como os órgãos responsáveis pelo património cultural realizam políticas de conservação e detetam possíveis problemas. Além disso, a Unesco indicou que vários locais de …

Hubble espreita aglomerado cósmico azul

Os enxames globulares são objetos inerentemente belos, mas o alvo desta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, Messier 3, é frequentemente reconhecido como um dos mais esplêndidos de todos. Contendo, incrivelmente, meio milhão de estrelas, …

Comer carne vermelha (mesmo moderadamente) aumenta risco de cancro do intestino

O maior estudo alguma vez realizado no Reino Unido sugere que devemos reduzir (ainda mais) o consumo de carne vermelha. Um estudo financiado pela Cancer Research UK e desenvolvido pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, …