A Alexa está sempre a ouvi-lo (e os funcionários da Amazon também)

Não é apenas a Alexa que o está a ouvir quando fala com ela. Por vezes, os funcionários da Amazon também ouvem, confirmou a empresa esta quinta-feira.

Trabalhadores da Amazon em todo o mundo ouvem para ajudar a tornar a inteligência artificial, conhecida como Alexa, mais inteligente, segundo a empresa.

“Essas informações ajudam-nos a treinar os nossos sistemas de reconhecimento de voz e compreensão da linguagem natural, para que a Alexa possa entender melhor as suas solicitações e garantir que o serviço funcione bem para todos”, afirmou um porta-voz da empresa num comunicado enviado à ABC News.

Estes dispositivos respondem à tecnologia de deteção de palavras-chave para saber quando uma “palavra de ativação” como “Alexa” é pronunciada e, em seguida, armazena e envia os comandos para a nuvem.

“Por padrão, os dispositivos são projetados para detetar apenas a palavra escolhida (Alexa, Amazon, Computer ou Eco). O dispositivo deteta a palavra de ativação identificando padrões acústicos que correspondem à palavra de ativação. Nenhum áudio é armazenado ou enviado para a nuvem, a menos que o dispositivo detete a palavra de ativação”, disse o comunicado.

A existência destas equipas foi relatada pela primeira vez pela Bloomberg, que informou que a empresa contratou milhares de funcionários em todo o mundo para rever, transcrever, marcar e, em seguida, fornecer informações no seu software para melhorar a compreensão de comandos de voz e idioma da Alexa.

A Bloomberg relatou que a maioria dos clipes transcritos eram normais. Mas outros, por vezes, eram perturbadores. “Às vezes ouvem gravações que acham perturbadoras, ou possivelmente criminosas. Dois dos trabalhadores disseram que apanharam o que acreditam ser uma agressão sexual. Quando algo assim acontece, podem partilhar a experiência na sala de chat interna como uma maneira de aliviar stress”, disse o relatório.

A Amazon aparentemente nega esta parte do relatório. O porta-voz da empresa escreveu: “Quando a palavra acordada é detetada, o anel de luz no topo do dispositivo fica azul, indicando que o dispositivo está a transmitir a solicitação de voz para a nuvem. Apenas gravações depois da deteção são transmitidas para a Amazon.”

A revelação das equipas humanas a trabalhar com gravações Alexa pode despertar preocupações com a privacidade, mas a empresa norte-americana disse que têm rígidas garantias técnicas e operacionais.

“Temos uma política de tolerância zero para o abuso do nosso sistema. Os funcionários não têm acesso direto a informações que pode identificar a pessoa ou conta como parte deste fluxo de trabalho. Embora todas as informações sejam tratadas com alta confidencialidade e usamos autenticação multifator para restringir acesso, criptografia de serviço e auditorias do nosso ambiente de controlo para protegê-lo, os clientes podem excluir as gravações de voz associados à sua conta a qualquer momento”.

Ainda assim, uma imagem exibida pelos repórteres da Bloomberg mostrou que as gravações revistas por humanos “não fornecem nome completo e endereço do utilizador, mas estão associadas a um número de conta, bem como ao nome do utilizador e ao número de série do dispositivo”. disse.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Só agora é que perceberam que estes “assistententes” são um espião permanente dentro de casa????????

    E isto é só o que sabemos. Os nossos pc’s e telemóveis o que fazem, sem que nós saibamos???????

RESPONDER

Ex-futebolista Koke detido em operação contra tráfico de droga

O antigo futebolista espanhol do Sporting é um dos 20 detidos pelas autoridades espanholas numa operação contra o tráfico de drogas. Esta operação foi desencadeada com 11 buscas simultâneas em Sevilha, Málaga e Granada, envolvendo 150 …

Brasil. Técnica que esteriliza o mosquito do zika e dengue será aplicada em 2020

O Brasil irá usar a partir do próximo ano mosquitos estéreis da espécie 'Aedes aegypt' para controlar a reprodução deste agente que transmite doenças como dengue e zika, anunciou a Organização das Nações Unidas (ONU). A …

FC Porto encaixa até 50 milhões com novo adiantamento de receitas televisivas

A SAD do FC Porto encaixou 30 milhões de euros com uma nova emissão de obrigações pela Sagasta, envolvendo a cedência de receitas futuras de direitos televisivos, e podem entrar mais 20 milhões em janeiro. Em …

Verdes denunciam depósito ilegal de amianto em aterros para resíduos não perigosos

Os Verdes questionaram o Governo sobre casos de depósito de amianto em aterros para resíduos não perigosos. Esta é uma prática ilegal segundo a legislação portuguesa. O Partido Ecologista "Os Verdes" entregou na Assembleia da República …

Autarquias desperdiçaram 128 litros de água por dia em 2018

A Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros encabeça a lista de entidades gestoras que mais água desperdiçam diariamente: 538 litros diários por ramal. Em 2018, a média de perda de água em Portugal continental situou-se nos …

Há mais de 100 mil crianças migrantes detidas nos EUA, garante a ONU

Mais de 100 mil crianças migrantes estarão atualmente em centros de detenção nos Estados Unidos (EUA), disse na segunda-feira um perito independente da Organização das Nações Unidas (ONU), esclarecendo que esta estimativa, que classificou como …

Milhares de manifestantes impedem abertura do parlamento do Líbano

Milhares de manifestantes bloquearam esta terça-feira os acessos ao parlamento do Líbano, obrigando a adiar novamente a análise de várias leis, como a que prevê uma amnistia a quem tem impostos em dívida, contestada por …

Huawei quer implementar 5G no Brasil

O Presidente do Brasil afirmou na segunda-feira que a gigante das telecomunicações chinesa Huawei pretende instalar a tecnologia de quinta geração (5G) no país, mas rejeitou que tenha sido feita uma proposta. O anúncio foi feito …

Benfica lança OPA para controlar SAD. Ações valorizam 70%

As ações da Benfica SAD estavam a valorizar 70%, para os 4,70 euros, um dia depois da Sport Lisboa e Benfica SGPS ter lançado uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre 28,067% do capital da …

Califórnia processa empresa por promover cigarros eletrónicos com sabores para atrair jovens

A Califórnia, nos Estados Unidos (EUA), abriu na segunda-feira um processo contra a Juul, marca líder de cigarros eletrónicos, acusando-a de desenvolver uma estratégia de marketing focada na conquista de menores de idade para adquirir …