Alex Baldé tem cláusula de 500 milhões mas pode reforçar o Benfica

https://www.youtube.com/watch?v=dtOjmlKuC6A

Negócio Grimaldo estará a avançar. Boa relação entre Benfica e Barcelona pode originar troca de jogadores.

Alejandro Grimaldo deixou o Barcelona para reforçar o Benfica em 2016 e, seis anos depois, pode fazer o percurso inverso.

O lateral-esquerdo, na altura com 20 anos, terminaria o seu contrato com os catalães no final daquela época 2015/16 e saiu em Janeiro, rumo a Lisboa, por 1.5 milhões de euros.

Grimaldo passou pela formação do Barcelona (e do Valência) mas nunca jogou pela equipa principal em Camp Nou. Agora teria entrada directa na turma liderada por Xavi, que procura um lateral-esquerdo.

O “dono” da posição é Jordi Alba – que curiosamente também foi formado no Barcelona e no Valência – mas a direcção espanhola tenta contratar uma alternativa com qualidade: Grimaldo, Nicolás Tagliafico (Ajax) ou José Gayá, do…Valência.

O jornal Sport aproxima Grimaldo de Barcelona porque, explica, o negócio à volta do espanhol avançou durante as últimas horas. A prioridade do treinador Xavi será mesmo o jogador do Benfica, que chegaria por empréstimo até Junho deste ano, com opção de compra obrigatória no final da presente temporada.

A direcção liderada por Rui Costa mostra abertura, está disposta a negociar, mas estará à espera da cedência de um jogador do Barcelona (além do pagamento de alguns milhões de euros pelo lateral, embora ainda não haja acordo).

Nesse contexto três nomes são apontados como possíveis reforços do Benfica.

O mais provável, do lado catalão, é Alex Baldé. Tem 18 anos, também é lateral-esquerdo e nesta época já jogou pelo Barcelona no campeonato e na Liga dos Campeões. Seis aparições, no total, mas sempre poucos minutos em campo em cada compromisso. Tem jogado mais pela equipa B – tal como acontecia com Grimaldo, em 2015.

No Verão do ano passado, o jovem espanhol renovou o seu contrato até 2024 e ficou com uma cláusula de rescisão de 500 milhões de euros. O seu empresário é Jorge Mendes.

Óscar Mingueza também é uma possibilidade. Igualmente defesa e igualmente formado no Barcelona, tem outro “andamento” na equipa principal: quase 60 jogos.

O outro jovem é Riqui Puig, médio que começou a aparecer na equipa principal do Barcelona ainda em 2018/19, com um total de 51 partidas.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE