Alberto gozou com os paraplégicos no Twitter (mas afinal havia uma boa razão)

Tom Raftery

Um jovem espanhol, que ficou tetraplégico há dois anos, tornou-se a primeira pessoa no mundo a ‘tweetar’ com os olhos a partir de um telemóvel.

Alberto Moreno, um jovem de Cáceres, no sudoeste de Espanha, tornou-se a primeira pessoa no mundo a fazer um tweet com os olhos a partir de um telemóvel.

A aplicação móvel, desenvolvida numa parceria entre o Mobile World Capital Barcelona, o Twitter e a empresa basca Irisbond, é a primeira no mundo tecnológico que permite interagir com o telemóvel através do olhar.

O jovem ficou tetraplégico há dois anos depois de sofrer um acidente. Segundo o Mobile World Capital Barcelona, Alberto foi o primeiro a testar a app e tornou-se assim no protagonista da campanha #HeVuelto (“Voltei”, em português).

O primeiro tweet do rapaz depois de regressar à rede social causou alguma polémica, segundo o La Voz de Galicia. O jovem de 22 anos escreveu: “O que faz sorrir um paraplégico? Que tudo vai sobre rodas”.

Vários utilizadores do Twitter consideraram que o jovem estava a gozar com pessoas com deficiência quando, na verdade, Alberto estava precisamente a passar por cima das suas limitações recorrendo ao sentido de humor.

Foi então que o jovem voltou a fazer alguns tweets para explicar a situação. “Olá, chamo-me Alberto e sim, fui eu que tweetei a piada que ofendeu tanta gente. Deixem-me contar-vos uma coisa. Há dois anos sofri um acidente que me deixou imóvel com exceção dos lábios, olhos e pálpebras”.

“Basicamente, estou preso no meu próprio corpo, sem poder comunicar e condenado ao silêncio. Dois longos anos em que vi o mundo mudar sem poder comentar nem partilhar aquilo que penso. Mas o pior foi mesmo não poder rir-me de nada. Nem de mim mesmo! Algo que sempre fiz”, continuou.

Mas voltei. Graças a um telemóvel, aos meus olhos e à tecnologia posso voltar a escrever e a comunicar. E, por isso, pensei que a melhor forma de voltar era com sentido de humor”, concluiu, tendo recebido depois muitos elogios dos internautas.

https://twitter.com/albertopajariyo/status/989822412245159936

A aplicação móvel dirige-se a pessoas com deficiência e paralisia cerebral e permite-lhes utilizar o Twitter através da tecnologia ‘eye-tracking’. O projeto piloto, desenvolvido dentro do programa DE-LAB da MWCapital, também contou com a colaboração do Instituto Guttmann, em Barcelona, e com o GSMA, empresa sediada em Londres.

A tecnologia móvel que tornou a app possível, batizada de “EyeTwitter”, já está disponível numa primeira fase de testes para dispositivos Android. Além de fazer tweets, a aplicação também permite fazer ‘scroll’, dar ‘gostos’, ‘retweetar’, reproduzir vídeos e consultar a lista de tendências da rede social.

Além de Alberto Moreno, paciente do Hospital Nacional de Paraplégicos de Espanha, outros seis doentes do Instituto Guttmann participaram nas provas para desenvolver a aplicação.

ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …

Roubar aos ricos para dar aos pobres. Misterioso grupo de hackers desviou dinheiro para doar à caridade

Um misterioso grupo de hackers, conhecidos como hackers Darkside, doou dinheiro a duas instituições de caridade - mas esse dinheiro foi roubado pelo mesmo grupo a grandes corporações através de um ataque de ransomware. Quase podia …