Novo livro revela provas de que Albert Camus foi assassinado pelo KGB

Giovanni Catelli é autor da teoria que o prémio Nobel da literatura Albert Camus foi assassinado pelo KGB. No seu novo livro, reitera essa ideia e revela algumas provas.

O romancista Albert Camus foi vencedor do prémio Nobel da literatura em 1957, assumindo-se como um dos maiores nomes da literatura mundial. Três anos depois, morreu num acidente de automóvel que acabou por levar a suspeitas de um homicídio planeado.

No seu novo livro, “A Morte de Camus”, o italiano Giovanni Catelli revela provas de que o KGB, a principal organização de serviços secretos da União Soviética, orquestrou a sua morte com o auxílio das autoridades francesas. Apesar de ter nascido na Argélia, Camus passou grande parte da sua vida em França.

Os relatos oficiais constatam que Camus terá embatido contra uma árvore com o seu editor Michel Gallimard ao volante. O veículo viajava a alta velocidade e um dos eixos do carro terá partido, resultando num final trágico para o escritor. Segundo o Observador, as autoridades estranharam, mas a explicação acabou por ser aceite.

No entanto, Catelli revelou a fonte das suas provas: o diário de Jan Zábrana, escritor e tradutor checo, que terá sido informado em 1980 de que a culpa do acidente foi do KGB. Segundo a obra do italiano, os serviços secretos soviéticos terão implantado um engenho que fez o pneu furar quando o veículo ia a alta velocidade.

Catelli menciona ainda as razões pelas quais o KGB tinha interesse em ver Albert Camus morto. O escritor publicou o artigo “Réponse à um appel” num jornal francês, no qual mostrava o seu apoio à revolta húngara contra a União Soviética. O romancista também atacava diretamente o Ministro dos Negócios Estrangeiros da URSS, Dmitri Shepilov, culpando-o daquilo que chamou de “massacre”, referindo-se à opressão soviética.

Além disso, Camus era um amigo chegado de Boris Pasternak, um escritor russo que se assumia como anti-soviético.

Segundo o diário de Zábrana, o KBG terá tido o apoio dos serviços de inteligência franceses, já que tanto as obras como as manifestações políticas de Camus estavam a interferir nas relações entre a França e a União Soviética.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …