Al-Qaeda envia “declaração de guerra” ao Estado Islâmico

Hamid Mir / Wikimedia

Ayman al-Zawahiri, atual líder da Al-Qaeda, com Osama Bin Laden

Ayman al-Zawahiri, atual líder da Al-Qaeda, com Osama Bin Laden

Num momento em que se assinalam 14 anos desde o ataque às torres gémeas, o grupo terrorista divulgou uma implícita declaração de guerra ao Estado Islâmico.

Através de uma mensagem áudio, Ayman al-Zawahiri, membro da Al-Qaeda que assumiu o cargo de Bin Laden após a sua morte, acusou o líder do Estado Islâmico de “insubordinação”, noticia o The Mirror.

A mensagem foi divulgada esta quarta-feira, na qual o chefe do grupo terrorista afirma que Abu Bakr al-Baghdadi se vangloria de ser uma coisa que não é, “o líder de todos os muçulmanos”.

“Todos ficaram surpreendidos quando al-Baghdadi se proclamou como o quarto califa da história islamita, sem consultar ninguém”, diz Zawahiri na mensagem.

O chefe da Al-Qaeda acrescentou ainda que preferia “falar o menos possível”, mas que o recente comportamento do líder do Estado Islâmico e dos “seus irmãos” não lhe deram outra opção.

O Estado Islâmico chegou a ser um dos ramos da Al-Qaeda mas acabou por se separar há cerca de dois anos.

De acordo com Matthew Olsen, um especialista em matérias contra o terrorismo citado pelo mesmo jornal, o conflito de ideias entre os dois grupos pode ser uma boa notícia.

“Zawahiri, até agora, não tinha condenado abertamente Baghdadi e o ISIS – ele destacou quão profunda é a divisão entre a liderança dos dois grupos”, explica.

“Se o ISIS e a Al-Qaeda se unissem, seria terrível”, remata Olsen.

A insatisfação de al-Zawahiri é divulgada numa altura em que se assinalam 14 anos do atentado às torres gémeas, ocorrido a 11 de setembro.

Este atentado, considerado um dos piores de toda a história, destruiu o World Trade Center e provocou a morte de cerca de três mil pessoas.

Estado Islâmico produz armas químicas?

Em declarações à BBC, o responsável da administração norte-americana afirmou que o Estado Islâmico terá usado, pelo menos quatro vezes, gás mostarda na Síria e no Iraque.

O responsável americano diz que o gás está a ser usado em pó no interior dos morteiros e acrescenta ainda que o Estado Islâmico terá encontrado informação para produzir este químico e que poderá mesmo ter uma célula a desenvolvê-lo.

Outra hipótese é a de que o grupo tenha encontrado o produto escondido algures num dos dois países.

Para confirmar estas declarações, a BBC acrescenta que alguns dos seus repórteres destacados na fronteira entre a Turquia e a Síria já viram provas do uso deste químico.

Apesar disso, a Casa Branca ainda não confirmou oficialmente esta suspeita, garantindo que estão ainda a investigar o caso.

A Síria já devia estar livre do uso de armas químicas já que, entre outubro de 2013 e junho de 2014, Bashar Al-Assad, atual presidente da Síria,  assinou um acordo que levou à retirada de 1180 toneladas de materiais perigosos.

Durante o mês passado, a Organização das Nações Unidas lançou uma investigação para determinar que pessoas, grupos ou governos estão envolvidos no uso de armas químicas na Síria.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. vaila-vai Realmente era bom que se desfizessem-se uns umas aos outros as .mas e os despois se essa carnificina,genosidio,etc, se se alastrar pela terra, por todos os povos!!!????…. uiuiuiui aiaiai se se generalizar ????,pagará o justo,pelo PECADOR!!??…. pois,logo veremos.aiiiiii mamamiaaaa ……

    a.g.p.

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …