Ainda há amianto nas escolas

Ainda há escolas com telhados com amianto, apesar de integrarem uma lista prioritária do Ministério da Educação que, no ano passado, prometeu substituir as coberturas de fibrocimento por conterem aquela substância cancerígena.

Em março do ano passado, o Ministério da Educação e Ciência (MEC) anunciou um programa de remoção de placas de fibrocimento, tendo apresentado uma lista de 52 escolas prioritárias.

Na altura, a intenção do MEC era ter as intervenções nestas escolas prioritárias concluídas até final das féras de verão.

A Lusa contactou alguns desses estabelecimentos e encontrou situações diversas, desde casos de substituições integrais dos telhados até histórias de diretores que ainda aguardam o arranque das obras.

A Escola Básica e Secundária Professor Mendes dos Remédios, no Alentejo, pertence ao grupo dos estabelecimentos onde ainda não aconteceu nada: “Fazemos parte da lista apresentada pelo ministério, mas não fomos alvo de nenhuma intervenção. Nunca ninguém nos veio visitar”, contou à Lusa Teresa Mendes, sub-directora da escola frequentada por alunos do 5.º ao 12.º ano.

Também no Alentejo, a Básica Bernardim Ribeiro não teve ainda qualquer intervenção. Segundo a Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap), este estabelecimento em Évora está “todo coberto de amianto”.

À Lusa, a Confap apontou ainda a Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, e a Escola Secundária Damião de Góis, em Alenquer, como outros dois exemplos sem obras, apesar de constarem da lista.

As coberturas em fibrocimento que contêm amianto devem ser removidas sempre que o material não está em bom estado, uma vez que o amianto é um material cancerígeno, proibido desde 2005.

O vice-presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), Filinto Lima, disse à Lusa que fez uma ronda pela lista do MEC e encontrou um “pouco de tudo”: “Vi escolas que não tiveram qualquer intervenção. Vi escolas que foram parcialmente intervencionadas e escolas onde foi tudo substituído”, contou à Lusa.

Entre os estabelecimentos com obras já realizadas, surge a Escola Básica 2/3 Gonçalo Nunes, em Barcelos, que é atualmente frequentada por 750 alunos, do 5.º ao 9.º ano.

“Foram feitas intervenções parciais nos passadiços de acesso aos pavilhões, mas o pavilhão gimnodesportivo, por exemplo, ainda tem os telhados de amianto”, contou à Lusa Cassiano Silva, adjunto do diretor do estabelecimento de ensino.

Também existem escolas com o problema resolvido, como a Escola Secundária com 3º ciclo Adolfo Portela, em Águeda, ou o Agrupamento da Batalha.

Além dos 52 casos urgentes do MEC, Filinto Lima lembrou todos os outros estabelecimentos que ainda têm estruturas de fibrocimento. A escola qur dirige, por exemplo, foi uma das intervencionadas, “mas ficou metade por fazer”.

Segundo o responsável da ANDAEP, o orçamento disponibilizado pelo MEC (27 mil euros) não era suficiente para substituir todas as telhas e, por isso, foram mudadas apenas as mais degradadas: “Agora temos zonas com telhados novos e zonas que ainda têm placas de fibrocimento. Optámos por mudar as que estavam mais velhas”, explicou, garantindo que esta situação “mista se repete em muitos outros sítios”.

Além das escolas a cargo do MEC, existem ainda os estabelecimentos de ensino do 1.º ciclo da responsabilidade das autarquias.

Só na Maia, por exemplo, Filinto Lima diz que a câmara municipal já se comprometeu a acabar com os telhados de fibrocimento das cerca de 100 escolas até ao final do ano letivo.

Até lá, as associações de pais vão tentando chamar a atenção dos governantes. O presidente da Federação Regional das Associações de Pais de Viseu (Frapviseu), Rui Martins, alertou para o caso da escola primária da Ribeira, que “tem mais de 400 alunos e telhados de fibrocimento, apesar de andar há vários anos a pedir obras”.

A Lusa contactou o MEC para saber qual o ponto de situação das 52 escolas prioritárias, mas até ao momento não obteve resposta.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …