Agricultores armazenam abóboras para combater preços baixos

acrylicartist / Flickr

-

Os agricultores da região Oeste, com 74% da produção nacional de abóboras, estão a armazená-las para serem vendidas de inverno e assim combaterem os atuais preços baixos resultantes da oferta.

“Ofereceram-me a 4 cêntimos o quilo e nos hipermercados é vendida a 60 cêntimos. Nem dá para o adubo. Há agricultores que não têm a noção daquilo que gastam e entregam o produto a qualquer preço e estão a dar cabo dos preços”, lamentou o produtor Adriano Lúcio.

À semelhança de Adriano Lúcio, também Carlos Malaquias optou por armazenar as abóboras para as escoar entre os meses de novembro e março, quando começam a escassear e têm saída para a exportação.

Com a despesa de embalar e carregar a partir do armazém, “se as conseguir vender na ordem dos 20 cêntimos já é um bom negócio”, admitiu.

A elevada oferta, que justifica os baixos preços e quebras estimadas de 20% nas vendas, acontece depois de 2013 ter sido um bom ano de colheita e de lucro, o que levou muitos agricultores a terem apostado na cultura, que aumentou em 20% a área de cultivo em apenas um ano.

De uma cultura secundária destinada à alimentação animal, tem vindo a conquistar os hábitos alimentares, ao ser usada sobretudo na confecção de doces e de sopas, e a ganhar valor de mercado.

60% da produção é exportada para Inglaterra, França e Alemanha.

Adriano Lúcio, produtor há meia dúzia de anos, produz 300 a 400 toneladas numa área de 15 a 20 hectares.

“Produzo abóbora para fazer a rotação das culturas e também vejo que é uma das culturas mais rentáveis, desde que haja exportação”, explica o produtor.

Com 600 a 700 toneladas e 25 hectares, Carlos Malaquias é um dos maiores e mais antigos produtores. À medida que o produto vai tendo procura no mercado da exportação, tem vindo a aumentar a área de cultivo e a diversificar as espécies.

“Temos à volta de 15 hectares de abóboras manteiga, que são vendidas para Inglaterra. É o terceiro ano que estamos a apostar nessa variedade, aumentámos a área em 50% do ano passado para este ano em função das exigências do mercado”, refere o agricultor, para quem a abóbora já pesa 10 a 15% da sua faturação anual.

I Festival da Abóbora na Lourinhã

Por ser o concelho com a maior produção da região, a Lourinhã acolhe de 31 de outubro a 02 de novembro o I Festival da Abóbora, organizado pela União de Freguesias de Atalaia e Lourinhã.

No pavilhão multiusos da Atalaia, o evento vai ter ‘chefs’ a trabalhar ao vivo, mostra de doçaria e pratos gastronómicos confecionados a partir da abóbora, exposição de abóboras do “Halloween” pelas escolas e jornadas técnicas.

Na região Oeste, onde existe clima e solos propícios, a abóbora tem vindo a ganhar expressão desde há uma década.

De acordo com dados da Associação Interprofissional de Horticultura do Oeste, não só a produção aumentou vinte e cinco vezes mais para cerca de 2500 hectares e passou de três mil para 40 mil toneladas por ano, como rende 10 milhões de euros anualmente aos agricultores.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …