Agricultor francês deu música às suas curgetes para as salvar de um vírus

Agricultores franceses estão a usar música como terapia para as suas culturas, controlando, assim, pragas de fungos e vírus que as poderiam arrasar. Um deles assegura que “salvou” as suas curgetes graças a melodias terapêuticas criadas à medida por uma empresa francesa.

O agricultor Gilles Josuan, um pequeno produtor de curgetes da zona de Bouches-du-Rhône, no sul de França, conta ao jornal Le Figaro que tentou tudo para combater a praga de vírus do mosaico do tabaco que infectou os seus legumes.

Mas nada resultava, até que encontrou o site da empresa Genodics SAS que se propõe a “tratar plantas com as proteínas da música”. “Não tinha nada a perder, por isso quis tentar”, sublinha.

“Assim que comecei a emitir música nas minhas estufas, reparei na diferença”, explica o agricultor, concluindo que, deste modo, foi possível “salvar” as suas curgetes.

Todas as noites, Josuan transmite entre cinco a sete minutos de uma sequência musical harmoniosa, especificamente preparada pela Genodics, para as suas curgetes.

O vírus continua presente, mas é inibido pela música e os meus legumes não revelam vestígios dele. Assim, posso comercializá-los novamente”, constata o agricultor.

“Taxa de sucesso de 70%”

Este recurso à música terapêutica para combater vírus e fungos na agricultura está a ser usado por cerca de 130 produtores franceses, de acordo com o jornal. É usado em culturas de pêssegos, de maçãs e de tomates, entre outras.

Mas esta terapia musical tem sido utilizada, sobretudo, nas vinhas, onde tem revelado eficácia no combate ao míldio da videira, doença provocada por um fungo que tem também afligido produtores de vinho em Portugal, e que pode ter efeitos devastadores numa produção, causando elevados prejuízos.

O engenheiro que co-fundou a Genodics, Pedro Ferrandiz, diz ao Le Figaro que o uso destas músicas terapêuticas em plantas tem revelado uma “taxa de sucesso média de 70%”.

Todavia, os resultados são, para já, encarados com cautela pelo organismo francês de pesquisa em agronomia (Inra na sigla original), pois não há ainda provas científicas claras de como funcionam, ou se de facto funcionam, estas melodias terapêuticas.

Método inovador assenta no “canto da proteína”

A Genodics apresenta-se no seu site como uma empresa de investigação, desenvolvimento e comercialização de “aplicações de um novo conceito de biologia ondulatória” que assenta na ideia de que “sequências de frequência de som específicas”, denominadas “proteóides”, “permitem estimular ou inibir a síntese das proteínas”.

“Precisamente definidas pelas suas frequências, durações e intervalos, essas sequências sonoras podem ter um efeito regulador nos processos biológicos correspondentes”, afiança a Genodics.

Assim, é preciso encontrar a música certa para cada tipo de cultura e para cada forma de patologia. E foi o que aconteceu com as curgetes de Gilles Josuan.

“No início, identificámos um único vírus, mas havia um segundo. Depois desta descoberta, adaptamos a melodia e conseguimos inibir os dois vírus que cansavam a planta, mas eram inofensivos para o homem”, explica ao Le Figaro Pedro Ferrandiz.

O engenheiro da Genodics acrescenta que, “durante o processo de síntese das proteínas, os aminoácidos produzem notas“. “Assim, é emitida uma melodia específica para cada proteína”, nota, realçando que “é preciso conhecer as proteínas pertinentes da patologia que queremos combater, depois isolá-la e encontrar o canto da proteína para a estimular ou inibir a sua síntese”.

SV, ZAP //

RESPONDER

A Bitcoin tem uma verdadeira ameaça: os supercomputadores quânticos

Apesar de o valor da Bitcoin não parar de aumentar, tendo chegado esta semana aos 8.000 dólares, há quem esteja preocupado com uma tecnologia emergente, que ameaça seriamente a blockchain, plataforma por trás da criptomoeda: …

Se Puigdemont quer receber pensão, tem que reconhecer intervenção de Madrid

O presidente do governo destituído da Catalunha, Carles Puigdemont, terá de reconhecer a intervenção do Estado espanhol naquela comunidade autónoma se quiser receber os 112 mil euros anuais correspondentes à pensão a que tem direito …

Nações Unidas divulgam vídeo da fuga de soldado norte-coreano

O Comando das Nações Unidas publicou, esta quarta-feira, um vídeo que mostra a deserção de um soldado norte-coreano que, no passado dia 13, cruzou a fronteira para a Coreia do Sul enquanto era baleado pelos …

Benfica em Vila do Conde, FC Porto recebe V. Guimarães e Sporting o Vilaverdense

O sorteio realizado, esta quarta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, ditou que o Benfica vai até Vila do Conde, onde visita o Rio Ave, e que FC Porto e Sporting recebem o Vitória de …

Primeiro-ministro libanês suspende demissão após pedido do Presidente

O primeiro-ministro demissionário libanês anunciou, esta quarta-feira, em Beirute que suspendeu o pedido de demissão do Governo depois de um pedido do Presidente nesse sentido. Numa intervenção transmitida pela televisão local, Saad Hariri disse ter decidido …

PJ detém 10 seguranças, entre os quais 3 polícias

A Polícia Judiciária deteve dez pessoas, entre as quais dois agentes da PSP e um militar da GNR, sob suspeitas de crimes de sequestro, exercício ilegal de segurança privada e corrupção. As dez detenções, de nove …

Documentos sobre roubo de Tancos fechados num cofre e com consulta condicionada

O chefe do Estado-Maior do Exército, general Rovisco Duarte, foi ouvido na Comissão de Defesa Nacional sob sigilo, no âmbito do roubo de armas em Tancos. As informações prestadas estão classificadas como confidenciais e ficam …

Ratko Mladic condenado a prisão perpétua por genocídio e crimes contra a Humanidade

O Tribunal Penal Internacional para-a ex-Jugoslávia (TPI-J) condenou, esta quarta-feira, o antigo chefe militar sérvio-bósnio Ratko Mladic a prisão perpétua pelos crimes cometidos na guerra da Bósnia (1992-1995). O Tribunal Penal Internacional para-a ex-Jugoslávia (TPI-J) condenou …

Surpresa geral com a mudança do Infarmed de Lisboa para o Porto

Trabalhadores, deputados, indústria farmacêutica e até a própria Infarmed foram apanhados de surpresa com a decisão do Governo de mudar a sede da Autoridade Nacional do Medicamento de Lisboa para o Porto. A decisão de deslocalizar …

Escrava sexual mata agressor e é condenada a prisão perpétua

O caso é de 2004, mas voltou a debate público recentemente, depois de a Fox ter publicado uma reportagem sobre a vida na prisão da menina que matou o seu abusador. "Imagina aos 16 anos seres …