Agente que matou Daunte Wright e chefe da polícia demitiram-se. Mas os protestos continuam

Erik S. Lesser / EPA

A polícia que matou a tiro um jovem afro-americano em Brooklyn Center, nos Estados Unidos, no domingo, e o chefe da polícia local demitiram-se. Mas os protestos continuam na cidade.

Mike Elliott, mayor de Brooklyn Center, cidade no estado norte-americano do Minnesota, anunciou, esta terça-feira, que Kim Potter, a agente que matou a tiro o jovem afro-americano Daunte Wright, assim como Tim Gannon, chefe da polícia local, apresentaram a sua demissão, avança o jornal The New York Times.

A renúncia aos cargos aconteceu um dia depois de, numa conferência de imprensa, o chefe da polícia ter sugerido que a polícia queria utilizar o seu taser, mas que o confundiu com a arma de serviço, tendo disparado “uma única bala”, que acabou por provocar a morte do jovem de 20 anos.

“Adorei cada minuto como agente da polícia e por servir esta comunidade com o melhor das minhas capacidades, mas acredito que é do melhor interesse da comunidade, do departamento e dos meus colegas se me demitir imediatamente“, lê-se na carta de demissão da agente, com 26 anos de serviço, que foi divulgada pelo sindicato Law Enforcement Labor Services.

Segundo o jornal Público, o mayor da cidade disse que o Conselho Municipal aprovou uma resolução que pedia a demissão de ambos, mas sublinhou que ainda não aceitou os pedidos, deixando em aberto a hipótese de despedir Potter e Gannon. Esta decisão teria, por exemplo, consequências nas suas pensões de reforma.

“Espero que isto traga um pouco de calma à comunidade. Queremos enviar a mensagem de que estamos a levar isto muito a sério”, afirmou Elliott. No entanto, as demissões parecem não ter surtido o efeito desejado nos ânimos que se vivem na cidade.

Pela terceira noite consecutiva, centenas de pessoas protestaram em frente à esquadra da polícia de Brooklyn Center. Continuaram os confrontos com a polícia, que usou gás pimenta e disparou bombas de fumo contra os manifestantes.

O responsável da Patrulha Estadual de Minnesota, Matt Langer, disse que o comando unificado do Brooklyn Center fez “mais de 60 detenções” esta terça-feira à noite, muitas das quais por “motins e outras condutas criminosas”.

O procurador do condado de Washington, Pete Orput, assegurou à cadeia televisiva CNN que espera apresentar, esta quarta-feira, uma decisão sobre a acusação contra a já ex-oficial da polícia.

O afro-americano, de 20 anos, terá sido morto a tiro momentos depois de ter telefonado para a mãe a dizer que estava a ser levado pela polícia, que foi chamada a intervir num incidente violento no bairro.

O seu veículo foi intercetado porque não tinha alguns papéis em ordem. As autoridades pediram a Wright para se identificar e depois perceberam que havia um mandado pendente por não comparecer em tribunal pelos crimes de posse ilegal de arma e por resistir à detenção.

O incidente decorreu num subúrbio de Minneapolis, onde decorre o julgamento do polícia acusado de matar o afro-americano George Floyd.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu o prefeito de São Paulo que venceu a covid-19, mas que perdeu a batalha para o cancro

O prefeito da cidade brasileira de São Paulo, Bruno Covas, morreu este domingo, aos 41 anos, vítima de cancro, segundo a imprensa brasileira e várias personalidades que nas redes sociais têm lamentado a sua morte. Bruno …

China não está a conseguir macacos de laboratório suficientes para responder à procura da comunidade científica

A proibição do comércio de animais selvagens e o crescimento da investigação científica estão a causar uma escassez de macacos de laboratório na China. A oferta cada vez menor de macacos de laboratório, amplamente usados em …

Câmara do Porto recusa hastear bandeira LGBT no dia contra a homofobia

A Câmara Municipal do Porto recusou hastear a bandeira LGBTI+ na próxima segunda-feira, dia 17 de Maio, data em que se assinala o Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. Segundo o Público, a autarquia …

E se fosse possível passar um mês no Palácio de Buckingham? O preço não seria para qualquer bolso

Viver num palácio pode ser o sonho de muitos, mas não é para a carteira de qualquer um. Agora, já se sabe quanto custaria alugar, durante um mês, uma das casas reais mais conhecidas da …

Cavaco Silva considera que seria "chocante" PSD aprovar reforma das Forças Armadas

O ex-Presidente da República defende que é "um erro grave" a reforma das Forças Armadas que o ministro da Defesa pretende fazer, afirmando que seria para si "chocante" ver o PSD aprová-la. "Considero um erro grave …

Risco de ser hospitalizado ou morrer de covid diminui 90% após vacinação

O risco de um adulto ser hospitalizado ou morrer por covid-19 diminui 90% a 95% passados 35 dias sobre o início da vacinação, conclui um estudo divulgado este sábado pelo Instituto Nacional de Saúde de …

No Japão, combater a pandemia implica pedir ajuda a um grande gato cor-de-rosa

Um super-herói mascarado patrulha dois dos distritos mais movimentados de Tóquio para ajudar os cidadãos japoneses a derrotar o coronavírus. O seu nome é Koronon e é um gato cor-de-rosa. O cruzado é um mascote com …

Portugal regista mais uma morte e 334 novos casos. Internamentos voltam a subir

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 334 novos casos e registou-se mais um óbito. O boletim deste domingo dá ainda conta de mais 229 recuperados. Segundo o boletim epidemiológico deste domingo, dia 16 de maio, atualmente …

Romualda Fernandes - PS

"Senti alguma dor". Romualda Fernandes fala sobre a atitude racista da qual foi vítima

Romualda Fernandes pronuncia-se pela primeira vez sobre a notícia da Lusa para dizer que aquilo que a define não é a cor da pele, mas os seus valores. Em causa está uma notícia da Agência Lusa, …

Elefantes encontrados mortos numa reserva florestal. Envenenamento pode ser a causa

As autoridades estão a tentar perceber de que forma é que os 18 elefantes selvagens asiáticos morreram no nordeste da Índia. Os elefantes, que incluíam cinco filhotes, foram encontrados mortos na reserva florestal protegida de Kondali, …