Afinal, o famoso retrato de Van Gogh aos 13 anos não é de Vincent

Vincent van Gogh Foundation

Theo van Gogh, irmão de Vincent van Gogh, com 13 anos

O Museu Van Gogh descobriu que uma das duas únicas fotografias que se julgava serem do artista, afinal, é um dos seus irmãos. Assim, sobra apenas um registo fotográfico do pintor, aos 19 anos.

Durante 50 anos, acreditou-se que a fotografia retratava Vincent van Gogh aos 13 anos de idade. Agora, descobriu-se que quem está na imagem é o seu irmão Theo.

O Museu Van Gogh, situado em Amesterdão, Holanda, revelou na quinta-feira os resultados de uma investigação à volta de uma fotografia que aparece em diversos livros e catálogos, remetendo sempre para a mensagem de que aquela é a primeira fotografia conhecida do pintor.

Contudo, essa mesma investigação concluiu que o único registo fotográfico de Vincent van Gogh foi feito quando ele tinha 19 anos e que aquele rapaz de olhos azuis é o seu irmão.

E foram precisamente os olhos que fizeram os especialistas de arte descobrir que tinham caído em erro ao revelar a segunda fotografia de Van Gogh e ao acreditar nela durante décadas, quando a compararam com outra fotografia de Theo van Gogh já com 32 anos.

Willem van Gogh, bisneto de Theo e assessor do Museu, disse estar surpreendido com a revelação, ao mesmo tempo que ficou aliviado pelo mistério ter sido resolvido. “É essencial que a herança seja preservada e passada corretamente às gerações vindouras. A investigação sobre ela contribui para tal”, disse, citado pelo The Guardian.

A fotografia “Vincent aos 13 anos” apareceu ao público pela primeira vez em 1957, numa exposição organizada por Mark Edo Tralbaut, um investigador do Van Gogh de nacionalidade belga. A imagem foi usada em todo o mundo até agora, nunca tendo sido posta em causa a sua veracidade documental pelas fortes semelhanças à fotografia do pintor aos 19 anos.

Vincent van Gogh, com 19 anos

Quem pôs em causa a fotografia foi o escritor Yves Vasseur, quando descobriu que o fotógrafo que tinha tirado a fotografia — Balduin Schwarz — apenas se tinha mudado para o seu estúdio em Bruxelas em 1870. Aí, Vincent já seria muito mais velho. Foi então que o escritor partilhou as suas dúvidas com o museu e juntos colaboraram na investigação, a qual contou ainda com a ajuda do Instituto de Informática da Universidade de Amesterdão.

“Livrámo-nos a nós próprios de uma ilusão, ao mesmo tempo que ganhámos uma retrato de Theo”, comentou Axel Rüger, o diretor do Museu de Van Gogh, acerca da descoberta. “Essencialmente voltamos à situação que sempre estivemos até à identificação errada em 1957: com um único retrato fotográfico do jovem Vincent van Gogh“.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Não se esqueçam de agradecer a PSD, PS e CDS-PP" pelo corte de sustentabilidade na pensão

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, acusou este domingo o PS, PSD e CDS-PP de utilizarem a União Europeia (UE) “como desculpa sempre que querem travar” conquistas laborais para todos os que vivem …

Museu de Nova Iorque devolve ao Egito "caixão dourado" roubado em 2011

O Museu Metropolitan (MET) de Nova Iorque vai devolver ao Egito um sarcófago roubado em 2011, durante as manifestações da chamada "Primavera Árabe", anunciou este domingo a instituição nova-iorquina. Construído em ouro para o sacerdote Nedjemankh, …

Quase um terço da população chinesa terá mais de 65 anos em 2050

Trinta por cento da população chinesa terá mais de 65 anos, dentro de três décadas, informou hoje um jornal chinês, ilustrando o rápido envelhecimento do país, apesar de ter abolido a política de filho único. “O …

Trump pede à Europa que julgue os seus "jihadistas" (ou os EUA terão de os libertar)

O presidente dos Estados Unidos apelou aos países europeus, nomeadamente o Reino Unido, a França e a Alemanha, para repatriarem e julgarem os seus combatentes do Estado Islâmico feitos prisioneiros na Síria. Caso contrário, aponta …

Depois de 11 mortes e 1800 condenações, franceses querem o fim dos Coletes Amarelos

A maioria dos franceses defende que devem parar os protestos nas ruas dos “coletes amarelos”, três meses após o início das primeiras manifestações que fizeram 11 vítimas mortais, noticia esta segunda-feira a agência France Presse. Uma …

Uma tese de doutoramento levou Marcelo à capa do El País

A tese de doutoramento sobre Marcelo Rebelo de Sousa é de autoria de uma professora universitária e jornalista da RTP. O tema já chegou ao jornal espanhol El País. O jornal percorre as provas de popularidade …

Seguros de saúde sobem para 2,6 milhões com crise no SNS

No primeiro semestre de 2018 o número de contratos de seguros de saúde aumentou 3%, em termos homólogos, para 2,6 milhões, escreve esta segunda-feira o Jornal de Notícias na sua edição impressa. Os dados, da Autoridade …

PSP usa critérios étnicos para avaliar risco de bairros problemáticos

Apesar de a recolha de dados étnico-raciais não ser permitida em Portugal, a PSP utiliza ainda critérios étnicos na avaliação do grau de risco de zonas urbanas sensíveis (ZUS), avança o jornal Público esta segunda-feira. Segundo …

Pyongyang fala em “momento decisivo” em vésperas de nova cimeira com Washington

O principal diário norte-coreano, Rodong Sinmun, escreve esta segunda-feira que o país enfrenta "um momento decisivo", em termos de desenvolvimento económico, a pouco mais de uma semana da cimeira entre o líder norte-coreano e dos …

OCDE quer tribunais especiais para julgar a corrupção

Portugal precisa de fortalecer os mecanismos de prevenção da corrupção, defende a OCDE, que sugere a criação de tribunais especializados e a redução das possibilidades de recurso dos arguidos.  O retrato da análise da corrupção …