Afinal os cotonetes não são o maior bicho-papão do tímpano

Todos os dias, inúmeras pessoas limpam os seus ouvidos com cotonetes de algodão. Este ato é responsável por 40% dos casos de rompimento do tímpano, mas, ao contrário do que muitos pensam, os cotonetes de algodão não são a causa mais comum.

Só há uma coisa que se deve usar para limpar os ouvidos, e começa por “c-o-t-o”. Essa coisa, diziam os médicos, eram os cotovelos. Mas segundo um estudo recente, há uma ameaça ainda maior que os cotonetes à integridade do nosso aparelho auditivo.

O tímpano é uma membrana muito fina e semitransparente existente na profundidade do canal do ouvido. Tem um formato arredondado, cerca de 10 milímetros de largura e a sua função é vibrar mediante os estímulos sonoros – estas vibrações, por sua vez, são transmitidas ao ouvido médio.

De acordo com o LiveScience, o tímpano também atua como uma barreira entre o ouvido médio e o ouvido externo. Quando esta membrana é perfurada, a lesão pode causar dor, perda auditiva e uma maior suscetibilidade de contrair infeções.

Num estudo publicado recentemente no Journal of Emergency Medicine, os cientistas analisaram os registos clínicos de 80 pacientes, de 2012 até 2016, que sofreram de rompimento do tímpano.

“Decidimos analisar as estatísticas de rompimento do tímpano porque esperávamos que, ao entender as principais causas, pudéssemos ajudar a eliminar algumas delas“, disse o principal autor do estudo, Doron Sagiv, otorrinolaringologista no Centro Médico Sheba, da Universidade de Tel Aviv, em Israel.

Sagiv ficou impressionado com a quantidade de lesões causadas por cotonetes, das quais 5% precisaram de cirurgia. “Espero que este estudo encoraje os médicos a aconselhar os pacientes a evitar o uso destes cotonetes para limpar os ouvidos”, explica. O traumatismo penetrante, causado por cotonetes, foi a causa de 40% dos casos analisados.

Mas, Erich Voigt, otorrinolaringologista no NYU Langone Health, que não estava envolvido no estudo, afirmou que os médicos desta especialidade enfrentam este problema regularmente, e que, “infelizmente, os pais são os maiores culpados por fazerem uma limpeza excessiva aos filhos”.

O traumatismo contundente representou 56% dos casos. O tímpano também pode ser rompido devido a uma grande quantidade de pressão que é gerada contra a orelha. Este tipo de traumatismo pode acontecer quando alguém é atingido na orelha por uma mão, um airbag ou, até, uma grande onda do mar.

Quando o traumatismo contundente acontece, uma grande quantidade de ar (ou água) é comprimida no pequeno espaço dentro da orelha, causando uma grande quantidade de pressão no tímpano. Como de um lado há uma grande pressão e do outro não, o tímpano rompe para conseguir igualar a quantidade de pressão em todo o canal auditivo.

Os traumatismos penetrantes, causados por cotonetes de algodão, e os traumatismos contundentes constituíram 96% das causas analisadas de rompimento do tímpano. Os restantes 4% foram apontados como “iatrogénicos”, ou seja, provocados acidentalmente por um médico.

O estudo também revelou que todas as crianças analisadas no estudo curaram por conta própria. No entanto, quatro dos 40 adultos feridos necessitaram de cirurgia.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Sesimbra também não avança para a nova fase de desconfinamento

O concelho de Sesimbra não vai avançar para uma nova fase de desconfinamento, ao contrário do que estava previsto, devido ao aumento local de casos de covid-19, disse à agência Lusa o presidente da autarquia, …

Influente bispo alemão não vê "por que não" se pode abençoar casais homossexuais

"Se os homossexuais pedem alguma bênção, por que não?", disse, esta sexta-feira, um bispo alemão que foi recebido pelo papa Francisco no Vaticano, a propósito da delegação da Comissão Episcopal da União Europeia (Comece). Franz-Josef Overbeck, …

Mais 789 novos casos de covid-19 e uma morte em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais uma morte e 789 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 789 novos …

Organização dos Jogos Olímpicos estima cerca de sete casos diários

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 estimam que haverá cerca de sete casos de covid-19 por dia entre as pessoas envolvidas no evento, disse a emissora pública japonesa NHK. A estimativa foi …

Mais dois militares vão a julgamento por agressões em curso dos Comandos

Estão em causa dois cursos anteriores ao que levou à morte, em 2016, dos recrutas Hugo Abreu e Dylan da Silva. Um dos casos segue já para julgamento, o outro vai para a fase de …

Remodelação à vista (com saídas e trocas de pastas por "um Governo de combate")

O Governo de António Costa tem pela frente um mês de Julho decisivo que ficará marcado pela chegada dos fundos da bazuca europeia. E há dirigentes socialistas que acreditam que o primeiro-ministro deve aproveitar a …

Líderes da UE alertam Londres para respeitar acordo do Brexit

Os líderes da União Europeia (UE) alertaram o Governo britânico, este sábado, que os dois lados devem implementar o acordo do Brexit, numa reunião com o primeiro-ministro britânico à margem da cimeira do G7. A presidente …

Variante Delta está a crescer em Portugal. Lisboa e Vale do Tejo é a região mais afetada

As autoridades de saúde confirmam que já foi detetada, em Portugal, a transmissão comunitária da variante Delta do novo coronavírus. Esse cenário estará a ser mais evidente na região de Lisboa e Vale do Tejo. "Até …

Vírgula permite aos deputados receberem abono de exclusividade mesmo mantendo cargos em empresas

Um parecer da Comissão de Transparência permite aos deputados acumularem funções em empresas enquanto recebem o subsídio de exclusividade na Assembleia da República. Tudo por culpa de uma vírgula que desperta interpretações diversas. A situação é …

Grupo Espírito Santo só tem verbas para pagar 2,6% das dívidas

Os credores reclamam 11,5 mil milhões de euros em dívida, mas o império Espírito Santo só tem cerca de 300 milhões de euros. De acordo com o semanário Expresso, aquilo que resta do império Espírito Santo …