Afinal os cotonetes não são o maior bicho-papão do tímpano

Todos os dias, inúmeras pessoas limpam os seus ouvidos com cotonetes de algodão. Este ato é responsável por 40% dos casos de rompimento do tímpano, mas, ao contrário do que muitos pensam, os cotonetes de algodão não são a causa mais comum.

Só há uma coisa que se deve usar para limpar os ouvidos, e começa por “c-o-t-o”. Essa coisa, diziam os médicos, eram os cotovelos. Mas segundo um estudo recente, há uma ameaça ainda maior que os cotonetes à integridade do nosso aparelho auditivo.

O tímpano é uma membrana muito fina e semitransparente existente na profundidade do canal do ouvido. Tem um formato arredondado, cerca de 10 milímetros de largura e a sua função é vibrar mediante os estímulos sonoros – estas vibrações, por sua vez, são transmitidas ao ouvido médio.

De acordo com o LiveScience, o tímpano também atua como uma barreira entre o ouvido médio e o ouvido externo. Quando esta membrana é perfurada, a lesão pode causar dor, perda auditiva e uma maior suscetibilidade de contrair infeções.

Num estudo publicado recentemente no Journal of Emergency Medicine, os cientistas analisaram os registos clínicos de 80 pacientes, de 2012 até 2016, que sofreram de rompimento do tímpano.

“Decidimos analisar as estatísticas de rompimento do tímpano porque esperávamos que, ao entender as principais causas, pudéssemos ajudar a eliminar algumas delas“, disse o principal autor do estudo, Doron Sagiv, otorrinolaringologista no Centro Médico Sheba, da Universidade de Tel Aviv, em Israel.

Sagiv ficou impressionado com a quantidade de lesões causadas por cotonetes, das quais 5% precisaram de cirurgia. “Espero que este estudo encoraje os médicos a aconselhar os pacientes a evitar o uso destes cotonetes para limpar os ouvidos”, explica. O traumatismo penetrante, causado por cotonetes, foi a causa de 40% dos casos analisados.

Mas, Erich Voigt, otorrinolaringologista no NYU Langone Health, que não estava envolvido no estudo, afirmou que os médicos desta especialidade enfrentam este problema regularmente, e que, “infelizmente, os pais são os maiores culpados por fazerem uma limpeza excessiva aos filhos”.

O traumatismo contundente representou 56% dos casos. O tímpano também pode ser rompido devido a uma grande quantidade de pressão que é gerada contra a orelha. Este tipo de traumatismo pode acontecer quando alguém é atingido na orelha por uma mão, um airbag ou, até, uma grande onda do mar.

Quando o traumatismo contundente acontece, uma grande quantidade de ar (ou água) é comprimida no pequeno espaço dentro da orelha, causando uma grande quantidade de pressão no tímpano. Como de um lado há uma grande pressão e do outro não, o tímpano rompe para conseguir igualar a quantidade de pressão em todo o canal auditivo.

Os traumatismos penetrantes, causados por cotonetes de algodão, e os traumatismos contundentes constituíram 96% das causas analisadas de rompimento do tímpano. Os restantes 4% foram apontados como “iatrogénicos”, ou seja, provocados acidentalmente por um médico.

O estudo também revelou que todas as crianças analisadas no estudo curaram por conta própria. No entanto, quatro dos 40 adultos feridos necessitaram de cirurgia.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Marisa Matias critica que apenas 1% do orçamentado seja gasto com cuidadores informais

Marisa Matias, candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda, criticou este sábado que apenas tenha sido executado 1% da verba prevista no Orçamento do Estado para 2020 para os projetos-piloto dos cuidadores informais. Os atrasos e …

Ana Gomes considera "elucidativo" que Sócrates a ataque e elogie Marcelo

Ana Gomes, candidata às eleições presidenciais, considerou “elucidativo” que o antigo primeiro-ministro José Sócrates a tenha atacado e elogiado Marcelo Rebelo de Sousa. Questionada pelos jornalistas sobre o artigo de José Sócrates divulgado na sexta-feira, em …

Só pela profissão, professores "não são grupo de risco"

Graça Freitas reconheceu a importância dos professores "para o funcionamento do país", mas rejeitou considerá-los um grupo de risco esta sexta-feira. Os professores não são considerados um grupo de risco que deva ser integrado entre as …

João Leão infetado com covid-19

João Leão, ministro das Finanças, testou positivo à covid-19. O governante encontra-se assintomático e em confinamento domiciliário. O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19. A informação foi adiantada este sábado …

Ricardo Salgado quer anular multa de 75 mil euros

A defesa de Ricardo Salgado recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça para tentar anular uma decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirmou uma multa de 75 mil do Banco de Portugal por causa …

Portugueses começam a votar nas Presidenciais este domingo. Há 246 mil inscritos

Os portugueses começam a votar já neste domingo, uma semana antes das eleições Presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para que se inscreveram mais de 246 mil eleitores. As europeias e …

Maduro ofereceu oxigénio ao Amazonas (quando há venezuelanos a morrerem por falta dele)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ofereceu oxigénio hospitalar ao Estado do Amazonas, no Brasil, para ajudar a combater a falta deste gás devido ao elevado número de casos de covid-19. Uma generosidade que está …

Pior dia da pandemia. Portugal regista 10.947 infetados e 166 mortos em 24 horas

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) revela que, este sábado, Portugal atingiu dois recordes num só dia. Portugal voltou a registar um novo máximo este sábado, no dia dois do novo confinamento. Nas últimas …

Vírus duplica incidência em Espanha. Já provocou quase 2.500 mortos em 2021

Nos primeiros 15 dias de 2021, o número de infeções por covid-19 duplicaram em Espanha, com mais 300 mil novos contágios e 2.477 mortes, segundo números das autoridades sanitárias. Espanha começou o ano de 2021 com …

Apoio do Governo para pagar conta da luz em Janeiro não passa dos 2,40 euros por família

O apoio extraordinário que o Governo vai dar às famílias portuguesas para o pagamento da conta da luz, neste mês de Janeiro, devido ao confinamento e às temperaturas anormalmente baixas, é modesto. A verba máxima …