Afinal a barba faz bem à saúde

wang-lu / Flickr

Um estudo realizado num hospital americano demonstrou que os homens com a barba feita – e não os barbudos – eram mais propensos a carregar algo desagradável nos seus rostos. 

É sabido que uma boa barba é um local propício para certos microrganismos se abrigarem, mas um novo estudo, publicado no Journal of Hospital Infection, chegou a uma conclusão inesperada.

O estudo analisou o conteúdo de bactérias dos rostos de 408 funcionários com e sem barba de um hospital americano, e concluiu que o grupo sem barba era mais de três vezes mais propenso a ser portador de uma bactéria perigosa, conhecida como Staphylococcus aureusresistente à meticilina.

Trata-se de uma fonte particularmente comum e problemática de infecções hospitalares, resistente a muitos dos antibióticos atuais.

Os cientistas sugerem que fazer a barba pode provocar pequenas abrasões na pele, e esses microcortes podem facilitar a colonização e proliferação bacteriana.

A outra explicação possível é a de que barbas combatem infecções.

Movido pela curiosidade, o apresentador britânico da BBC Michael Mosley resolveu aprofundar a questão e enviou algumas amostras de diferentes barbas para Adam Roberts, um microbiologista da Universidade College London, no Reino Unido.

O cientista conseguiu cultivar mais de 100 bactérias diferentes a partir das barbas, incluindo uma comum no intestino delgado.

De acordo com o microbiologista, isto não é preocupante – é mesmo normal.

Mas o mais interessante, no entanto, é que em algumas das placas de Petri usadas durante o estudo, algo estava claramente a matar as outras bactérias.

O suspeito mais óbvio era algum micróbio: bactérias e fungos competem uns contra os outros por comida, recursos e espaço.

Ao fazerem isso ao longo de milhares de anos, levaram ao desenvolvimento de algumas das mais sofisticadas armas contra micróbios: os antibióticos.

Barbacilina?

Provavelmente já conhece a história da penicilina, descoberta sem querer por Alexander Fleming quando o fungo Penicillium notatum foi parar ao seu laboratório e matou algumas bactérias que estava a cultivar numa placa de Petri.

Poderiam os micróbios misteriosos nas barbas de alguns homens estar a fazer algo semelhante, matando bactérias perigosas? “Possivelmente”, afirma Adam Roberts.

O microbiologista identificou os assassinos silenciosos como parte de uma espécie chamada Staphylococcus epidermidis. Quando testada contra uma forma particularmente resistente à droga de E. coli, que causa infecções do trato urinário, a espécie provou-se uma excelente lutadora.

Infecções resistentes a antibióticos matam pelo menos 700 mil pessoas por ano, e há 30 anos que não é lançado nenhum novo antibiótico.

Logo, esta informação, em conjunto com outros estudos que vêm sendo realizados, poderão fazer parte do caminho para um futuro menos mortal.

No entanto, testar um novo antibiótico é tão caro e tem uma taxa tão elevada de fracasso que é extremamente improvável que, nos próximos tempos, um novo medicamento surja a partir de estudos com barbas.

Mas ainda há esperança: a busca não vai ser interrompida.

HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Imprimiram corais artificiais em 3D que podem salvar recifes

Uma equipa de cientistas inspirou-se na natureza para desenvolver estruturas em forma de coral, impressas em 3D, capazes de produzir grandes quantidades de algas microscópicas. Investigadoras da Universidade de Cambridge e da Universidade da Califórnia desenvolveram …

Avalanches submarinas prendem microplásticos no fundo do oceano

As avalanches de sedimentos submarinos transportam os microplásticos para o fundo do oceano e um projeto de colaboração entre as Universidades de Manchester, Utrecht e Durham e o Centro Nacional de Oceanografia acaba de revelar …

Aos 107 anos, Cornelia Ras conseguiu vencer a covid-19

Cornelia Ras, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, pode ser a mulher mais velha do mundo a vencer a covid-19. Nunca se é velho demais para vencer o novo coronavírus e a holandesa …

Coreia do Norte pode estar a usar fábricas de fertilizantes para extrair urânio

Um novo estudo norte-americano mostra que a Coreia do Norte pode estar a utilizar fábricas de fertilizantes para produzir mais material nuclear, extraindo urânio de ácidos fosfóricos. Segundo noticiou o Newsweek, na opinião da investigadora Margaret …

Distância social de 1,5 metros é insuficiente para travar contágio

O estudo realizado por investigadores e engenheiros especializados em dinâmica de fluidos concluiu que a distância deve ser de, pelo menos, quatro metros. Um estudo divulgado esta quinta-feira alerta que a distância social de 1,5 metros …

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …

Se recebeu uma chamada da Tunísia, não devolva. É fraude

Clientes de várias operadoras nacionais têm recebido, nas últimas semanas, um "anormal" volume de chamadas internacionais. As operadoras suspeitam de fraude. Segundo o Jornal de Notícias, várias pessoas têm recebido chamadas de u número internacional que …