Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Getty Images / AFP

Tanitoluwa Adewumi.

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez.

Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela Federação Internacional de Xadrez aos jogadores profissionais. Para obter este título é necessário conseguir uma pontuação igual ou superior a 2.500 pontos em pelo menos 24 partidas válidas, cumprindo uma série de requisitos.

Tanitoluwa Adewumi, uma criança de dez anos de Nova Iorque, nos EUA, acabou de se tornar o mais novo Grande Mestre de xadrez do país, escreve a NPR. Adewumi tornou-se o 28.º jogador mais jovem de sempre a conseguir este título.

“Fiquei muito feliz por ter vencido e por ter conquistado o título”, disse a criança após ter vencido os seus quatros jogos no Fairfield County Chess Club Championship, este mês. “Realmente adorei ter finalmente conseguido”.

Adewumi joga xadrez há três anos, desde que tinha apenas sete anos de idade. Quando começou, ele e a sua família viviam num centro para sem-abrigo em Manhattan depois de fugir da perseguição religiosa pelo Boko Haram no seu país natal, a Nigéria.

O sucesso não veio por acaso. Segundo a rádio norte-americana, o jovem afro-americano treina “10, 11 horas” por dia, depois da escola. As horas de prática permitem que consiga prever com antecedência até 20 jogadas do adversário.

“Digo a mim mesmo que nunca perco, que apenas aprendo. Porque quando perdemos, temos que cometer um erro para perder o jogo. Assim, aprendemos com esse erro e aprendemos [em geral]. Então, perder é a maneira de vencer para você mesmo”, disse a criança de dez anos.

Segundo o jornal The New York Times, Adewumi escreveu um livro com os seus pais sobre a sua jornada, que será transformado num filme pela Paramount Pictures. Será produzido pelo apresentador e ator sul-africano Trevor Noah.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Genial! Uma criança negra que treina há apenas três anos consegue ser grande mestre no xadrez! Isso é maravilhoso e faz muito mais pelas causas de igualdade do que xingamentos e violência, que são um racismo ao contrário. O garoto estuda e depois treina de 10 a 11 horas de xadrez por dia. Enfim, estudo e trabalho, além da inteligência dada a todo ser humano, este é o segredo universal do sucesso.
    Sua frase demonstra grande sabedoria e é partilhada por todo esportista vitorioso:
    “Digo a mim mesmo que nunca perco, que apenas aprendo. Porque quando perdemos, temos que (de) cometer um erro para perder o jogo. Assim, aprendemos com esse erro e aprendemos [em geral]. Então, perder é a maneira de vencer para você mesmo”.
    Fantástico, já fiquei fã do mestre Tanitoluwa Adewumi. Que seja muito feliz na vida e na carreira. O mundo precisa de exemplos assim.

RESPONDER

Destroços de avião descobertos no fundo de um lago nos EUA podem pôr fim a um mistério de 56 anos

Trabalhadores que testam equipamentos de investigação subaquática dizem ter encontrado os destroços de um pequeno avião nas profundezas do lago Folsom, na Califórnia. A confirmar-se, podem ter resolvido um mistério com 56 anos. As imagens de …

Norte-americanos envolvidos na fuga de Carlos Ghosn declaram-se culpados

Os dois norte-americanos acusados de ajudarem o ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn a fugir do Japão quando aguardava julgamento em liberdade sob fiança declararam-se esta segunda-feira culpados perante a justiça japonesa. De acordo com fontes da …

Enfermeira tentou provar que as vacinas tornam as pessoas magnéticas (mas não correu como previsto)

Na semana passada, a enfermeira negacionista de Ohio Joanna Overholt tentou, durante uma sessão legislativa, provar que as vacinas contra a covid-19 tornam as pessoas magnéticas. Mas não foi bem sucedida. O teste do íman resulta …

Foda e Kostadinov: as recordações à volta do Áustria-Macedónia do Norte

O selecionador da Áustria e um dos jogadores da Macedónia do Norte trouxeram memórias dos anos 90. O jogo entre Áustria e Macedónia do Norte, que terminou com vitória austríaca por 3-1, não estava propriamente na …

Paquistão. Quem não se vacinar pode ficar sem acesso ao telemóvel

O governo regional de Punjab, no Paquistão, decidiu que os cidadãos que não se vacinarem contra a covid-19 "ao fim de um certo tempo" podem ver o cartão SIM do seu telemóvel bloqueado. "Estamos a fazer …

Seleção Nacional testa negativo na véspera da estreia no Europeu

Depois do susto de João Cancelo, que testou positivo ao novo coronavírus, a seleção nacional respira de alívio na véspera da estreia no Europeu, depois de ter testado negativo à covid-19. Esta segunda-feira de manhã, a …

Associação quer que os testes em eventos culturais sejam gratuitos

A Associação Espetáculo - Agentes e Produtores Portugueses defendeu que os testes de diagnóstico à covid-19 devem ser gratuitos em eventos culturais. A Associação Espetáculo – Agentes e Produtores Portugueses defendeu, este domingo, que os testes …

Advogados repudiam declarações de Cabrita sobre agendamentos do SEF

Um grupo de advogados repudiou as declarações do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que atribuem a um escritório de advogados a responsabilidade pelo mau funcionamento do sistema de agendamentos para atribuição de vistos de …

Fundo Azul só aplicou um quarto do orçamento desde 2016

O Fundo Azul tem tido um orçamento anual de 13 milhões de euros nos últimos cinco anos, mas não tem gasto três quartos desde 2016. Em cinco anos, o Fundo Azul entregou apenas 17 milhões de …

Polónia 1-2 Eslováquia | Paulo Sousa surpreendido no arranque

A Polónia, comandada pelo treinador português Paulo Sousa, entrou hoje da pior forma no Euro2020, ao perder por 2-1 com a Eslováquia, em encontro do Grupo E, disputado em São Petersburgo, na Rússia. O guarda-redes Wojciech …