Adeus Cairo. Egipto vai construir uma nova capital

Raduasandei / Wikimedia

O Cairo, icónica cidade do Egipto, vai ser substituída como capital do país

O Cairo, icónica cidade do Egipto, vai ser substituída como capital do país

O Egito tenciona construir uma nova capital administrativa e económica, a leste do Cairo, com capacidade para cinco milhões de pessoas, anunciou o ministro egípcio da Habitação durante uma conferência com investidores.

A proposta de nova cidade foi apresentada a potenciais investidores durante uma conferência, que teve início esta sexta-feira na instância turística de Sharm el-Sheikh, na margem do Mar Vermelho, e se prolonga por três dias.

Ao revelar o plano inicial perante os investidores e diplomatas que participavam na reunião, o ministro da Habitação, Mustafa Kamel Madbuli, disse que a nova cidade vai ser construída entre o Cairo e a cidade do canal do Suez.

Adiantou também que a área da urbanização deve ter 700 quilómetros quadrados e os previstos cinco milhões de habitantes devem ser distribuídos por 25 divisões administrativas.

“A ideia de construir a nova cidade resulta do nosso entendimento de que a atual população do Cairo vai duplicar nos próximos 40 anos“, disse Madbuli, ao apresentar os detalhes do projeto.

No site da autarquia da cidade está a previsão de crescimento da população da capital egípcia, dos atuais 18 milhões para 40 milhões, até 2050.

O parlamento, os palácios presidenciais, os ministérios e as embaixadas devem mudar-se para a nova localização, disse o ministro, acrescentando que estas mudanças devem ser executadas nos próximos cinco a sete anos, por um custo de 43 mil milhões de euros.

O custo total da nova cidade não foi revelado, nem detalhes sobre o seu financiamento.

Madbuli especificou ainda que a nova cidade vai ter grandes espaços verdes e propiciar “um melhor padrão de vida”.

Também vai ter “um aeroporto internacional, um parque temático quatro vezes maior do que a Disneylândia na Califórnia, 90 quilómetros quadrados de parques solares e um comboio elétrico” para ligar a nova cidade com o Cairo.

“O plano principal é criar uma cidade global com infraestrutura inteligente para o futuro do Egito, que vai fornecer uma multitude de oportunidades económicas e oferecer uma qualidade de vida distinta”, conforme um plano da cidade divulgado na internet.

O presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi espera que os investidores reunidos em Sharm el-Sheikh ajudem a tirar a economia do país da situação problemática em que se encontra.

A conferência pretende atrair milhares de milhões de dólares para a economia do Egito.

Hoje mesmo, a Arábia Saudita, o Koweit e os Emirados Árabes Unidos prometeram 12 mil milhões de dólares (11,4 mil milhões de euros) para investimentos na economia do país.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …