A mais pequena galáxia do Universo tem um buraco negro supermassivo

NASA Goddard Space Flight Center / Flickr

A galáxia ultra-densa M60-UCD1 com o seu buraco ngro supermassivo, conceit artístico

A galáxia ultra-densa M60-UCD1 com o seu buraco ngro supermassivo, conceit artístico

Novas observações de uma galáxia anã, com o telescópio espacial Hubble, revelaram que se trata do mais pequeno conjunto de estrelas do Universo a ter, no seu “coração”, um buraco negro supermassivo, informou hoje a agência espacial europeia ESA.

A galáxia, a M60-UCD1, localiza-se a 50 milhões anos-luz da Terra e, apesar de o seu diâmetro ser muito pequenino, 1/500 do da Via Láctea, é muito compacta, tem muitas estrelas, cerca de 140 milhões, sendo que pelo menos um milhão delas poderiam ser vistas pelos humanos a olho nu caso vivessem na galáxia – por comparação, na Terra, apenas quatro mil estrelas estão visíveis.

A descoberta, que foi feita por uma equipa internacional de astrónomos e foi publicada na edição de quinta-feira da revista científica Nature, mostra que a M60-UCD1 esconde um buraco negro com uma massa equivalente à de 20 milhões de sóis, que perfaz 15 por cento da massa total da galáxia e que pesa cinco vezes mais do que o buraco negro que existe no centro da Via Láctea.

utah.edu

Anil Chandra Seth, astrónomo da Universidade do Utah

Anil Chandra Seth, astrónomo da Universidade do Utah

Isto é absolutamente espantoso, atendendo a que a Via Láctea é 500 vezes maior e mais de mil vezes pesada do que a M60-UCD1″, assinalou o autor principal da investigação, Anil C. Seth, da Universidade do Utah, nos Estados Unidos, acrescentando, em comunicado, que “mesmo o buraco negro no centro da Via Láctea, que tem uma massa de quatro milhões de sóis, continua a representar menos de 0,01 por cento da massa total da Via Láctea”.

A equipa de astrónomos descobriu o buraco negro supermassivo ao observar a galáxia M60-UCD1 com o telescópio espacial Hubble e o telescópio ótico e de infravermelhos Gemini Norte, de oito metros de diâmetro, no Havai, Estados Unidos.

As imagens obtidas pelo Hubble, instrumento gerido pela ESA e pela agência espacial norte-americana NASA, deram informação sobre o diâmetro da galáxia e a sua densidade estelar, enquanto o Gemini foi usado para medir o movimento das estrelas quando eram afectadas pelo “puxão” gravitacional do buraco negro.

Os dados obtidos foram utilizados para calcular a massa do buraco negro.

NASA / ESA / Space Telescope Science Institute

Uma imagem captada pelo Hubble mostra a enormegaláxia M60 e, no canto inferior direito, a galáxia anã superdensa M60-UCD1, a galáxia mais pequena que se conhece.

Uma imagem captada pelo Hubble mostra a enormegaláxia M60 e, no canto inferior direito, a galáxia anã superdensa M60-UCD1, a galáxia mais pequena que se conhece.

Os astrónomos crêem que pode haver uma população substancial de buracos negros, mais do dobro dos que existem no Universo Local.

“A descoberta sugere que as galáxias compactas podem ser, actualmente, um vestígio de galáxias que foram rasgadas durante colisões com outras, em vez de pequenas ilhas de estrelas nascidas isoladamente”, defendeu Anil Seth.

Segundo um outro astrónomo da equipa, Remco van den Bosch, do Instituto de Astronomia Max Palnck, em Heidelberg, na Alemanha, a galáxia M60-UCD1, que em tempos teve 10 mil milhões de estrelas, “pode ter passado demasiado próximo” do centro da sua galáxia vizinha, e maior, a Messier 60.

Nesse processo, “a parte exterior” da M60-UCD1 poderá ter-se desmembrado, para se tornar um elemento da Messier 60, “deixando para trás apenas a mais pequena e compacta galáxia”.

A equipa de cientistas acredita que a galáxia M60-UDC1 poderá, um dia, fundir-se com a Messier 60, formando uma só galáxia, com um buraco negro monstruoso.

A Messier 60 tem um buraco negro 4,5 mil milhões de vezes maior do que o Sol e mais de mil vezes maior do que o buraco negro da Via Láctea.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Governo aberto para suspender pagamento por conta do IRC

O deputado do PEV José Luís Ferreira afirmou hoje que o Governo demonstrou abertura para suspender este ano o pagamento por conta do IRC e para criar um fundo de tesouraria destinado às pequenas e …

Consumo de vinho aumentou "acentuadamente" durante confinamento

Um estudo europeu divulgado esta segunda-feira concluiu que a frequência do consumo de vinho "aumentou acentuadamente" em Espanha, França, Itália e Portugal com o confinamento e que as principais fontes de abastecimento foram os supermercados …

João Félix lesiona-se a poucos dias do regresso da La Liga

João Félix contraiu uma lesão no ligamento lateral interno do joelho esquerdo durante um treino, informou esta segunda-feira o Atlético de Madrid. "João Félix sofreu uma entorse do ligamento colateral medial de baixo grau do joelho …

"Agiu com responsabilidade, legalidade e integridade". Boris Johnson segura assessor

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, apoiou este domingo o seu principal conselheiro, Dominic Cummings, acusado de violar as regras de confinamento impostas para combater a pandemia covid-19, assegurando que o assessor agiu legalmente e com …

Dieselgate. Volkswagen condenada a indemnizar cliente

A justiça alemã condenou hoje a Volkswagen a indemnizar em parte um cliente que comprou um automóvel equipado com um motor diesel falsificado, numa sentença que deve influenciar dezenas de milhares de processos cinco anos …

Caso prazo das moratórias não seja alargado "terão de ser criadas outras medidas extraordinárias"

Caso as "as moratórias dos créditos não forem prolongadas, ou o Governo ou a Assembleia da República terão de criar outras medidas extraordinárias para as apoiar", disse a coordenadora do Gabinete de Proteção Financeira (GPF) …

Santuário de Fátima retoma no sábado celebrações com presença de peregrinos

O Santuário de Fátima vai retomar as celebrações com a presença de peregrinos a partir de sábado, garantindo as condições de segurança para o maior número de pessoas. O Santuário de Fátima, no concelho de Ourém, …

Ex-ministro da Saúde da Bolívia em prisão preventiva por suspeitas de corrupção

O ex-ministro da Saúde da Bolívia foi detido, na semana passada, por suspeita de corrupção na compra de ventiladores. O ex-ministro da Saúde da Bolívia, detido na última semana por suspeita de corrupção na compra a …

OMS considera cada vez mais improvável segunda grande vaga

A diretora do departamento de Saúde Pública da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou hoje que é "cada vez mais" improvável uma segunda grande vaga do novo coronavírus, mas aconselhou muita prudência. Em entrevista à rádio …

Açores reabrem creches e jardins de infância. Aulas de 11.º e 12.º também em São Miguel

As respostas sociais, encerradas devido à pandemia, reabrem esta segunda-feira no Pico, Faial, Terceira e São Jorge, e na ilha de São Miguel são retomadas as aulas dos 11.º e 12.º anos para alunos inscritos …