A Humanidade pode ser apenas um zoo para aliens

Neil DeGrasse Tyson

Neil DeGrasse Tyson

Há quem acredite que os extraterrestres estão apenas a observar-nos de longe, como se fôssemos animais num zoológico. A ideia parece de loucos, mas na verdade é uma teoria partilhada por nada menos do que o astrofísico popstar Neil DeGrasse Tyson.

Durante uma apresentação em Espanha, Neil DeGrasse Tyson fez alguns comentários sobre a existência de vida fora da Terra e partilhou o seu curioso ponto de vista sobre o assunto.

De acordo com o popular astrofísico, existe vida alienígena algures no Universo, mas é muito mais inteligente do que a raça humana e pouco se importa connosco ou com o que estamos a fazer.

A humanidade dificilmente conseguiria estabelecer algum tipo de contacto com essas civilizações que habitam o espaço, já que esse intelecto superior faz com que, para os ETs, comunicar connosco seja uma grande perda de tempo. Seria quase como se tentássemos estabelecer algum tipo de comunicação racional com algum animal num zoológico.

Para o astrofísico, da mesma forma que nós não paramos os nossos afazeres para compreender a tecnologia de uma lagarta, os alienígenas não fazem isso connosco.

Aliás, é esse desinteresse cósmico com os eventos da Terra que também nos impediu de sermos aniquilados por essas raças superiores.

Ao contrário do que Hollywood e a ficção-científica nos mostraram, não há qualquer razão plausível que motive uma raça alienígena a invadir e exterminar a Terra.

Tyson retoma a comparação com a lagarta dizendo que, assim como ficaríamos entediados caso tentássemos eliminar todas as lagartas do planeta, os alienígenas também se cansariam de matar os humanos.

Assim, a única maneira de a Terra ser minimamente interessante para esses povos seria fazer dela uma espécie de jardim zoológico, no qual esses povos intelectualmente superiores nos observariam para se divertir com a nossa estupidez. Isto implicaria mesmo criar desestabilizações políticas para ver como este bando de primatas reagiria. (Se isto for verdade, esperemos que os aliens não estejam a ver as nossas redes sociais.)

Por fim, o astrofísico diz acreditar que, na verdade, os alienígenas nem se deram ao trabalho de olhar para a Terra à procura de vida inteligente. Para eles, devemos ser tão burros que nem chamamos a sua atenção. Assim como não conseguimos compreender o que um macaco quer dizer, dificilmente eles nos compreenderiam.

Para Tyson, nós nos consideramos inteligentes porque fomos nós que decidimos o que é ser inteligente. Porém, a verdade pode ser muito maior do que isso.

Canal Tech

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Este senhor contradiz-se. Diz que não perderíamos tempo a falar com algum animal de um zoológico. Pois bem, é isso mesmo que andamos a fazer, a tentar compreender e comunicar com certos animais que demonstram inteligência como chimpanzés, gorilas e golfinhos.
    Diz também que não perderíamos tempo a tentar compreender a tecnologia de uma lagarta. Posso estar errado mas acho que existem milhares de estudos sobre a vida animal, dos mais inteligentes aos menos inteligentes.
    Só concordo quando diz que somos como um zoo para os ET. Nisso tem razão, ainda não evoluímos o suficiente como Humanidade.

  2. O que o Sr. Neil Tyson quer dizer é que há vida noutros planetas e bastante mais evoluída que nós e que os E.T., se quisessem contactar connosco, já o teriam feito.
    O resto, concordem ou não, são resultado de uma má tradução do que ele terá dito em Espanha e tem referido em outras conferencias.
    Se, de certa forma, ele nos coloca num “ZOO” ( Planeta Terra ) terá em parte razão pois a grande maioria dos humanos são piores que certos animais, pois matam e destroem mais que eles. Dos restantes a sua maioria tem a parte animalesca adormecida. Em condições mais ou menos extremas, por um lado, e por outro, com força e poder nas mãos, serão capazes de suplantar os mais animalescos. Vejam o que os politicos e governantes assim com as organizações ditas secretas, etc. fizeram no passado e o que fazem actualmente.

  3. É verdade que alguns seres humanos se interessam por animais que não sabem falar, incluindo lagartas e golfinhos. Mas não nos interessamos por todos os golfinhos do planeta. A probabilidade de uma espécie com mais milhões ou biliões de anos de evolução que a nossa, se interessar por seres como nós é grande, mas esses seres devem existir em mesmo muitos planetas do universo, incluindo, provavelmente, o planeta de onde esses seres mais inteligentes surgiram. Por isso é que o interesse dessas espécies pelo nosso planeta será mínimo ou mesmo inexistente. Devemos ter muito pouco de original (talvez só a arte).

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …