A Humanidade pode ser apenas um zoo para aliens

Neil DeGrasse Tyson

Neil DeGrasse Tyson

Há quem acredite que os extraterrestres estão apenas a observar-nos de longe, como se fôssemos animais num zoológico. A ideia parece de loucos, mas na verdade é uma teoria partilhada por nada menos do que o astrofísico popstar Neil DeGrasse Tyson.

Durante uma apresentação em Espanha, Neil DeGrasse Tyson fez alguns comentários sobre a existência de vida fora da Terra e partilhou o seu curioso ponto de vista sobre o assunto.

De acordo com o popular astrofísico, existe vida alienígena algures no Universo, mas é muito mais inteligente do que a raça humana e pouco se importa connosco ou com o que estamos a fazer.

A humanidade dificilmente conseguiria estabelecer algum tipo de contacto com essas civilizações que habitam o espaço, já que esse intelecto superior faz com que, para os ETs, comunicar connosco seja uma grande perda de tempo. Seria quase como se tentássemos estabelecer algum tipo de comunicação racional com algum animal num zoológico.

Para o astrofísico, da mesma forma que nós não paramos os nossos afazeres para compreender a tecnologia de uma lagarta, os alienígenas não fazem isso connosco.

Aliás, é esse desinteresse cósmico com os eventos da Terra que também nos impediu de sermos aniquilados por essas raças superiores.

Ao contrário do que Hollywood e a ficção-científica nos mostraram, não há qualquer razão plausível que motive uma raça alienígena a invadir e exterminar a Terra.

Tyson retoma a comparação com a lagarta dizendo que, assim como ficaríamos entediados caso tentássemos eliminar todas as lagartas do planeta, os alienígenas também se cansariam de matar os humanos.

Assim, a única maneira de a Terra ser minimamente interessante para esses povos seria fazer dela uma espécie de jardim zoológico, no qual esses povos intelectualmente superiores nos observariam para se divertir com a nossa estupidez. Isto implicaria mesmo criar desestabilizações políticas para ver como este bando de primatas reagiria. (Se isto for verdade, esperemos que os aliens não estejam a ver as nossas redes sociais.)

Por fim, o astrofísico diz acreditar que, na verdade, os alienígenas nem se deram ao trabalho de olhar para a Terra à procura de vida inteligente. Para eles, devemos ser tão burros que nem chamamos a sua atenção. Assim como não conseguimos compreender o que um macaco quer dizer, dificilmente eles nos compreenderiam.

Para Tyson, nós nos consideramos inteligentes porque fomos nós que decidimos o que é ser inteligente. Porém, a verdade pode ser muito maior do que isso.

Canal Tech

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Este senhor contradiz-se. Diz que não perderíamos tempo a falar com algum animal de um zoológico. Pois bem, é isso mesmo que andamos a fazer, a tentar compreender e comunicar com certos animais que demonstram inteligência como chimpanzés, gorilas e golfinhos.
    Diz também que não perderíamos tempo a tentar compreender a tecnologia de uma lagarta. Posso estar errado mas acho que existem milhares de estudos sobre a vida animal, dos mais inteligentes aos menos inteligentes.
    Só concordo quando diz que somos como um zoo para os ET. Nisso tem razão, ainda não evoluímos o suficiente como Humanidade.

  2. O que o Sr. Neil Tyson quer dizer é que há vida noutros planetas e bastante mais evoluída que nós e que os E.T., se quisessem contactar connosco, já o teriam feito.
    O resto, concordem ou não, são resultado de uma má tradução do que ele terá dito em Espanha e tem referido em outras conferencias.
    Se, de certa forma, ele nos coloca num “ZOO” ( Planeta Terra ) terá em parte razão pois a grande maioria dos humanos são piores que certos animais, pois matam e destroem mais que eles. Dos restantes a sua maioria tem a parte animalesca adormecida. Em condições mais ou menos extremas, por um lado, e por outro, com força e poder nas mãos, serão capazes de suplantar os mais animalescos. Vejam o que os politicos e governantes assim com as organizações ditas secretas, etc. fizeram no passado e o que fazem actualmente.

  3. É verdade que alguns seres humanos se interessam por animais que não sabem falar, incluindo lagartas e golfinhos. Mas não nos interessamos por todos os golfinhos do planeta. A probabilidade de uma espécie com mais milhões ou biliões de anos de evolução que a nossa, se interessar por seres como nós é grande, mas esses seres devem existir em mesmo muitos planetas do universo, incluindo, provavelmente, o planeta de onde esses seres mais inteligentes surgiram. Por isso é que o interesse dessas espécies pelo nosso planeta será mínimo ou mesmo inexistente. Devemos ter muito pouco de original (talvez só a arte).

  4. sonhar nao custa nada, fantasiar tambem, sonhar nao custa nada… Claro que havera outros planetas terras e com vida, mas podem nao ser o que dizem… tudo pode aparecer ‘e preciso mente aberta…. mas nada de criar ideias loucas …. PORQUE TUDO TEM PRINCIPIO E UM FIM… assim tambem os planetas e tudo o que esta um dia transforma-se-a em po e energia e ciclo repete-se…. assim ‘e ciclo dos corpos celestes …. e n’os somos migrantes do tempo….

RESPONDER

Jerónimo de Sousa deve ser reconduzido na liderança do PCP

O atual secretário-geral do PCP deve ser reconduzido no cargo no congresso que está agendado para o final de novembro, avança este sábado o jornal Público. De acordo com o matutino, as atuais regras sanitárias …

Elixir oral (e outros produtos domésticos) poderá ajudar a neutralizar o SARS-CoV–2

Alguns produtos domésticos, como é o caso do elixir oral e produtos para a descongestionar as vias nasais, mostraram-se eficazes em neutralizar um tipo coronavírus num estudo científico levado a cabo com células humanas. A …

Presidente da Polónia com teste positivo de covid-19

O Presidente da Polónia, Andrzej Duda, testou positivo para o novo coronavírus, anunciou este sábado o porta-voz do chefe de Estado. "Como se esperava, o Presidente @AndrzejDuda foi ontem [sexta-feira] submetido a um teste para detetar …

"Com o futebol acabei com a Guerra do Iraque". Jorvan Vieira, o treinador português que é Deus no mundo árabe

Jorvan Vieira é um nome que pouco deve dizer à maioria dos adeptos de futebol. Filho de portugueses emigrados no Brasil, fez grande parte da sua carreira no Médio Oriente, onde é acarinhado por milhões. …

Capacidade de cuidados intensivos na Europa vai chegar ao limite, alerta OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira que muitas unidades de cuidados intensivos na Europa vão chegar ao limite da sua capacidade nas próximas semanas. "Há uma situação muito preocupante a acontecer na Europa. …

Geólogos "ressuscitam" placa tectónica desaparecida

A existência da placa tectónica Ressurreição nunca foi consensual: alguns geólogos argumentam que nunca foi real e outros alegam que a placa sofreu um processo de subducção no manto da Terra, em algum lugar da …

Não se esqueça: muda a hora este domingo

Os relógios vão atrasar 60 minutos na madrugada do próximo domingo em Portugal para dar início ao horário de inverno. Em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, os relógios deverão ser atrasados uma hora …

Cientistas mediram o período de tempo mais curto de sempre

Uma equipa de físicos e metrologista da Universidade Goethe de Frankfurt, na Alemanha, anunciou que conseguiu medir o menor período de tempo já determinado - são 247 zeptosegundos, segundo os cientistas. O processo físico cuja …

Viagens expresso no Sistema Solar. Nave espacial pode chegar a Titã em apenas 2 anos

Uma equipa de cientistas está a trabalhar num propulsor de nave espacial que, segundo eles, poderia alcançar a misteriosa lua de Saturno, Titã, em menos da metade do tempo que o satélite Cassini demoraria. Apesar de …

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …