A atracção da Lua e do Sol contribui para causar terramotos

Cientistas do Serviço Geológico dos EUA concluíram que a atracção gravitacional da Lua e do Sol pode causar terramotos de baixa frequência na Falha de Santo André, o que permite prever grandes sismos.

A eterna dança gravitacional entre o Sol e a Lua não causa apenas as marés e, alegadamente, oscilações do humor das pessoas.

Segundo um estudo de um grupo de geofísicos da U.S. Geological Survey, as interacções gravitacionais entre o Sol e a Lua podem provocar também terramotos.

A conhecida Falha de Santo André, que se estende ao longo de quase 1.300 quilómetros pela costa da Califórnia, é uma formação geológica localizada entre duas placas tectónicas, cuja deslocação pode potenciar a ocorrência de terramotos de grande magnitude.

A falha acumula a tensão criada pelo movimento dessas placas ao longo do tempo e, eventualmente, o seu deslizamento provoca atrito.

A última vez que tal aconteceu foi em 1906, provocando o famigerado terramoto de São Francisco, que causou mais de 300 mil feridos e desalojados na costa ocidental norte-americana.

Segundo os autores do estudo, publicado esta segunda-feira nos Proceedings of the National Academy of Sciences, alguns destes tremores de terra parecem ser desencadeados por forças gravitacionais que “comprimem e esticam” a crosta da Terra.

“Os tremores são mais intensos durante as duas semanas da Lua Crescente“, explica ao L.A.Times o autor principal do estudo, Nicholas van der Elst.

“Quando a força gravitacional da Lua está a puxar na mesma direcção em que a falha está a deslizar, a falha desliza mais rapidamente”, diz van der Elst.

É uma loucura, não é?”, comenta.

“O que o nosso estudo mostra é que a Falha de Santo André é muito fraca, muito mais do que esperávamos”, acrescenta o investigador, “se considerarmos que há 32 quilómetros de rocha em cima dela.

Ikluft / Wiklimedia

A Falha de Santo André estende-se ao longo de 1290km, na costa leste dos Estados Unidos.

A Falha de Santo André estende-se ao longo de 1290km, na costa leste dos Estados Unidos.

Estes terramotos de baixa frequência, aparentemente influenciados pelas forças gravitacionais, foram identificadas peloa primeira vez há 10 anos, na região de Parkfield, na Califórnia.

O epicentro destes sismos ocorre geralmente abaixo da superfície terrestre, e os seus abalos repercutem-se para outras regiões.

“É por isso que esta informação pode ser muito útil, para prever a ocorrência de possíveis abalos sísmicos” em noutros locais, explica o sismólogo David Shelly, co-autor do estudo.

Segundo os investigadores, as marés mais fortes ocorrem quando o Sol e a Lua estão alinhados, e as mais fracas quando estão a 90°.

São estas mesmas forças que esticam e comprimem a crosta terrestre – embora com um efeito muito menos notório.

Excepto, claro, quando sentimos a terra a tremer-nos debaixo dos pés.

AJB, ZAP / ABr

PARTILHAR

RESPONDER

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …