97% dos cientistas diz que a culpa das alterações climáticas é da Humanidade

Alex Bradbury

A lagoa glaciar de Jökulsárlón, na Islândia

A lagoa glaciar de Jökulsárlón, na Islândia

A diretora do Centro para o Clima da Universidade Rovira i Virgili de Tarragona garante que “97% da comunidade científica que trabalha no estudo do clima entende que as alterações climáticas são reais e têm causa humana”.

A garantia de Manola Brunet foi dada esta segunda-feira durante a conferência, intitulada “A Ameaça Climática: Ciência vs Desinformação Interessada“, que proferiu numa cerimónia organizada pela Agência Estatal de Meteorologia, no Dia Meteorológico Mundial 2015, cujo lema é “Do conhecimento climático à ação pelo clima”.

Durante a sua intervenção, Brunet denunciou “o falso debate” e “a campanha de desintoxicação” de alguns grupos de interesses, que procuram negar as evidências científicas relacionadas com as alterações climáticas e “acusam a comunidade científica ao ponto de a chamar terrorista”.

A cientista acusou “os negacionistas das alterações climáticas de construírem as suas teses com base em pequenos erros que utilizam para anular toda a teoria, questionam o conhecimento científico em geral e apenas estudam períodos de tempo curto, nos quais não se observa a diferença a longo prazo no clima”.

Brunet, que também integra a comissão de Climatologia da Organização Meteorológica Mundial, insistiu em que “o debate atual não se tem que se centrar se as alterações climáticas existem ou não, mas sim no que fazer para que a situação não piore“.

Para suportar o seu argumento, apresentou informação que demonstra as alterações climáticas nos últimos 160 anos, desde que começaram os registos das estações meteorológicas, destacando que a temperatura média global já aumentou 0,8 graus centígrados desde o início do século XX.

/Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. As alterações climáticas a acontecer nos outros planetas do nosso sistema solar também é culpa da humanidade…
    Não abram os olhos não… Alarguem o vosso conhecimento.

  2. A humanidade não tem nada a ver com as alterações climáticas, nem as pode abrandar! O que fez a humanidade para provocar as anteriores Idades do Gelo? Nada, e elas aconteceram na mesma!

  3. Eh pá, ninguém sabia! O que estes “cientistas” descobrem. E eu a julgar que as alterações climatéricas eram provocadas pela Microsoft…
    Mas, já agora, para o Xa e o Ze, é óbvio o que dizem, mas o que está em causa aqui é a rapidez com que acontecem essas alterações nos tempos recentes, e disso não haja dúvida, sabemos de quem é a culpa, até porque os “cientistas” nos elucidaram 😉

  4. A historia quanto ao suposto aquecimento global e’ uma tragedia para o pensamento cientifico. Gente que nao e’ climatologista, que nem sequer sabe quem foi Marcel Leroux e ignora os (poucos) climatologistas lucidos como os professores Delgado Domingos e Corte Real. metem-se a falar do que nao conhecem. E jornalistas igualmente ignorantes esmeram-se a repetir as asneiradas. Para melhor esclarecimento ler “A impostura global”, em
    http://resistir.info/climatologia/impostura_global.html

  5. Parabens aos comentários que revelaram grande saber ao ignorar os absurdos dos pseudos cientistas quando buscam atribuir seus besterol como culpa da humanidade. SI a humanidade tivesse tanto poder garanto que a maioria deles já não teriam voz para a ciência.

RESPONDER

Impostos indiretos subiram com Governo de Costa e são já 55% da carga fiscal

Os impostos indiretos têm vindo a aumentar em Portugal. Dados da Direção-Geral do Orçamento mostram que o peso da tributação indireta no total da receita fiscal do subsector Estado, em 2018, ascendeu a 55,4%, o …

Espanha pode ficar isenta de cumprir caudais do rio Tejo por causa da falta de chuva

Os caudais do Tejo podem ficar ainda mais baixos dentro de semanas. Com a falta de chuva, Espanha deverá invocar a exceção prevista na Convenção de Albufeira para não libertar os valores mínimos de água …

Haaland tem cinco namoradas e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas diárias de medicamentos

Os preços "excessivamente baixos dos medicamentos genéricos" são a causa mais importante identificada pelos hospitais para as ruturas de fornecimento. Quase 40% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indicam ter diariamente ruturas no fornecimento …

Secretário de Estado: despenalizações como a que absolveu o Benfica vão terminar. "Será inapelável"

João Paulo Rebelo assegurou que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica. O secretário de Estado da …

Morales quis dialogar. Presidente interina da Bolívia mandou-o calar-se

O ex-Presidente Evo Morales ofereceu-se para regressar à Bolívia para "ajudar a pacificar o país, não para ser candidato", mas Jeanine Añez, que assumiu a presidência interina do país, respondeu que Morales não pode participar …