85% dos espanhóis querem demissão de Rajoy

Jjuan Carlos Hidalgo / EPA

Mariano Rajoy (E) com a ministra adjunta Soraya Saez de Santamaria (D)

Cerca de 85% dos espanhóis consideram que o primeiro-ministro, Mariano Rajoy, deve abandonar o cargo, e 62% pretendem que seja substituído por outro líder no PP, revela uma sondagem divulgada este domingo pelo diário El País.

A sondagem, que decorreu esta semana e envolveu 1.321 entrevistados, assinala ainda que 65% dos espanhóis desejam que o Partido Popular (PP, conservador) deixe de ser o partido que governa a Espanha. Os que mais o desejam são votantes no Podemos (95%), seguidos pelos do PSOE (85%), dos Ciudadanos (70%) e, inclusive, por 18% dos eleitores do PP.

Para 24% dos entrevistados, o PP deveria continuar a governar, apesar de coligado com outros partidos, e apenas 10% são favoráveis a que exerça o poder com minoria relativa no parlamento.

Uma maioria de 62% dos inquiridos, em particular os votantes do PP (85%), consideraram que a economia espanhola está a melhorar, mas mais de metade (53%) assinalou que essa melhoria não está relacionada com as decisões do Governo, contra 42% que atribui todo o mérito ao Executivo de Rajoy.

No entanto, 68% consideraram que a atual situação económica é má, contra 21% que manifestou opinião contrária; mais de metade dos entrevistados (56%) declararam que a sua economia familiar é satisfatória e 81% consideraram negativo o atual panorama político espanhol.

O estudo de opinião revela ainda que o Ciudadanos (liberal), liderado por Albert Rivera, aumentou a sua vantagem face aos restantes partidos e seria hoje a força política mais votada, e também a mais valorizada pelo seu trabalho no Parlamento, com 55% de opiniões positivas.

A popularidade de Rivera aumentou 16%, e também é considerado (por 39%) como o mais capacitado para negociar e contribuir para solucionar a situação na Catalunha, enquanto o partido que dirige é para 45% dos inquiritos aquele que possui o projeto mais adequado para o futuro de Espanha.

Pelo contrário, e segundo a sondagem, a atuação política de Pablo Iglesias, líder do Podemos (esquerda), é a que mais recua (62%) no último mês, incluindo entre os seus próprios votantes, com 53% a desaprovar a sua prestação.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal deverá perder dois milhões de habitantes até 2080

A população residente em Portugal poderá baixar dos atuais 10,3 milhões de habitantes para 8,2 milhões em 2080, de acordo com projeções do Instituto Nacional de Estatística (INE) esta terça-feira divulgadas. Os mesmos dados indicam, porém, …

Ministro da Economia admite nacionalizar empresas em caso de necessidade para combater surto

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, admitiu esta terça-feira a possibilidade do Estado vir a nacionalizar empresas, caso seja necessário para combater as consequências económicas do surto de Covid-19. "O Estado tem ferramentas …

Coutinho quer voltar à Premier League (e já há cinco clubes na corrida)

Philippe Coutinho está interessado em regressar à Premier League, havendo já cinco clube ingleses na corrida pelo internacional brasileiro. Manchester United, Arsenal, Chelsea, Tottenham e Leicester são os clubes interessados em levar Coutinho de volta …

China criou um sistema para rastrear doenças infecciosas. Falhou (e já se sabe porquê)

Em 2002, o vírus SARS saiu da província chinesa de Cantão e propagou-se por 37 países, provocando 774 mortos e mais de oito mil infetados. Para que não voltasse a acontecer, o país criou um …

Ministro holandês faz mea culpa. "Não fomos suficientemente empáticos" com o sul da Europa

O ministro das Finanças holandês reconheceu que foi infeliz nas posições que assumiu sobre a resposta económica à pandemia de covid-19, assumindo que mostrou pouca “empatia” com os países do sul da Europa. Em declarações à …

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …