80 falcões viajaram no meio dos passageiros num avião (e com bilhete pago)

Falcões num aviãoUm príncipe da família real da Arábia Saudita reservou um lugar para cada um dos seus 80 falcões num voo de uma companhia de aviação. As aves de rapina viajaram instaladas no interior de um avião, lado a lado com os passageiros.

A prova deste inusitado voo com 80 falcões entre os passageiros de um avião que pertencerá à companhia Qatar Airways (facto ainda não confirmado) é uma fotografia divulgada na rede social Reddit.

“O meu amigo comandante de bordo enviou-me esta foto. Um príncipe saudita comprou bilhetes para os seus 80 falcões“, explica o utilizador do Reddit que partilhou a imagem e que assina pelo nome de Lensoo.

A imagem é surpreendente, mas nem tanto assim inusitada. A prática de viajar com falcões está inclusive, prevista no regulamento da Qatar Airways, com preços que rondam entre os 100 euros e os 580 euros por cada pássaro transportado, conforme o destino da viagem.

“É autorizado transportar um falcão a bordo da cabine de passageiros da Classe Económica de um avião e são permitidos um máximo de seis falcões dentro da cabine de Classe Económica“, explica a companhia do Qatar no seu site.

Neste caso, o elemento da realeza saudita estaria a viajar em Primeira Classe, o que justifica que pudesse levar consigo no avião 80 falcões.

Falcões num avião

Falcões sauditas têm passaporte especial

A falcoaria tem uma longa história e tradição no Médio Oriente, particularmente na Arábia Saudita, e muitos apreciadores da arte viajam para o estrangeiro para participar em competições ou caçadas.

Várias companhias europeias já se adaptaram a esta realidade, como é o caso da alemã Lufthansa que, em 2014, anunciou uma nova forma inovadora e mais segura de transportar falcões na classe VIP dos seus aviões – o chamado “Falcon Master”. “Uma solução inovadora” que proporciona às aves “uma vara segura durante todas as fases de voo, garantindo a máxima higiene, além de proteger os assentos, painéis de parede e tapetes de possíveis danos”, explica a companhia de aviação.

Na Arábia Saudita, os falcões têm inclusive um passaporte especial que tem que ser validado e devidamente carimbado pelos agentes alfandegários, registando os movimentos internacionais dos animais, tal como fazem com qualquer outro passageiro.

Emitido pelo Ministério do Ambiente e da Água, este passaporte inclui um número de identificação que deve também ser inserido numa anilha na perna da ave.

Trata-se de uma forma de combater o contrabando destes animais valiosos, tanto em tradição, como em preço – um falcão pode custar milhares de euros.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …