80 falcões viajaram no meio dos passageiros num avião (e com bilhete pago)

Falcões num aviãoUm príncipe da família real da Arábia Saudita reservou um lugar para cada um dos seus 80 falcões num voo de uma companhia de aviação. As aves de rapina viajaram instaladas no interior de um avião, lado a lado com os passageiros.

A prova deste inusitado voo com 80 falcões entre os passageiros de um avião que pertencerá à companhia Qatar Airways (facto ainda não confirmado) é uma fotografia divulgada na rede social Reddit.

“O meu amigo comandante de bordo enviou-me esta foto. Um príncipe saudita comprou bilhetes para os seus 80 falcões“, explica o utilizador do Reddit que partilhou a imagem e que assina pelo nome de Lensoo.

A imagem é surpreendente, mas nem tanto assim inusitada. A prática de viajar com falcões está inclusive, prevista no regulamento da Qatar Airways, com preços que rondam entre os 100 euros e os 580 euros por cada pássaro transportado, conforme o destino da viagem.

“É autorizado transportar um falcão a bordo da cabine de passageiros da Classe Económica de um avião e são permitidos um máximo de seis falcões dentro da cabine de Classe Económica“, explica a companhia do Qatar no seu site.

Neste caso, o elemento da realeza saudita estaria a viajar em Primeira Classe, o que justifica que pudesse levar consigo no avião 80 falcões.

Falcões num avião

Falcões sauditas têm passaporte especial

A falcoaria tem uma longa história e tradição no Médio Oriente, particularmente na Arábia Saudita, e muitos apreciadores da arte viajam para o estrangeiro para participar em competições ou caçadas.

Várias companhias europeias já se adaptaram a esta realidade, como é o caso da alemã Lufthansa que, em 2014, anunciou uma nova forma inovadora e mais segura de transportar falcões na classe VIP dos seus aviões – o chamado “Falcon Master”. “Uma solução inovadora” que proporciona às aves “uma vara segura durante todas as fases de voo, garantindo a máxima higiene, além de proteger os assentos, painéis de parede e tapetes de possíveis danos”, explica a companhia de aviação.

Na Arábia Saudita, os falcões têm inclusive um passaporte especial que tem que ser validado e devidamente carimbado pelos agentes alfandegários, registando os movimentos internacionais dos animais, tal como fazem com qualquer outro passageiro.

Emitido pelo Ministério do Ambiente e da Água, este passaporte inclui um número de identificação que deve também ser inserido numa anilha na perna da ave.

Trata-se de uma forma de combater o contrabando destes animais valiosos, tanto em tradição, como em preço – um falcão pode custar milhares de euros.

Susana Valente SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Governo altera excecionalmente limite de idade para tratamentos de fertilidade

O Governo está a rever a norma para alterar, de forma excecional, o limite de idade das mulheres que querem aceder aos tratamentos de fertilidade no setor público. Na segunda-feira, o Jornal de Notícias tinha avançado …

Gana é o primeiro país a receber vacinas financiadas pelo Covax

O programa Covax já começou a fornecer as primeiras remessas de vacinas contra a covid-19. O Gana foi o primeiro país a receber doses. Gana deve receber o primeiro lote de vacinas contra o SARS CoV-2, …

"Como produtos de exportação". Filipinas querem trocar os seus enfermeiros por vacinas da Europa

As Filipinas estão a pedir ao Reino Unido e à Alemanha que forneçam centenas de milhares de vacinas contra a covid-19 em troca do envio de enfermeiros filipinos para ajudar na linha de frente da …

Despacho da ACT limita capacidade de intervenção dos inspetores do trabalho

Um despacho assinado pela inspetora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) está a limitar a capacidade de intervenção dos inspetores. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Jornal de Negócios, que escreve que o …

Só muda o preâmbulo. Decreto do novo estado de emergência já seguiu para o Parlamento

O novo decreto do estado de emergência já seguiu para o Parlamento. Marcelo Rebelo de Sousa só mudou o preâmbulo do documento. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, publicou esta quarta-feira o decreto do …

Governo já está a desenhar um plano de desconfinamento. Rio quer desconfinar por regiões ou concelhos

Depois de uma primeira ronda de audiências, onde anunciou que o decreto do novo estado de emergência será igual ao da última quinzena, Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta quarta-feira, o Bloco de Esquerda, o …

Serviços de inteligência desvalorizaram ameaça de invasão ao Capitólio

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos subestimaram o perigo de invasão ao Capitólio, admitiram vários responsáveis durante uma audiência no Senado, realizada esta terça-feira. Depois da absolvição do antigo Presidente dos Estados Unidos, que estava …

Polícias que prestam serviço no 112 não recebem subsídio desde setembro

Os agentes e militares que fazem a triagem das chamadas do 112 não auferem a gratificação mensal pelo serviço prestado ao Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) desde setembro do ano passado. Segundo o Jornal de Notícias, …

Contrariando ordem judicial, Malásia deportou mais de mil pessoas para Myanmar

A Malásia entregou 1086 cidadãos que tinham fugido de Myanmar aos militares que organizaram o golpe de Estado de 01 de fevereiro, estando entre esses requerentes de asilo já registados oficialmente junto da Organização das …

Assassino da jornalista Daphne Caruana Galizia condenado a 15 anos de prisão

Vincent Muscat, um dos três homens acusados do assassínio, em outubro de 2017, da jornalista anticorrupção de Malta Daphne Caruana Galizia, foi condenado a uma pena de 15 anos de prisão pelo tribunal da La …