70 novas micro fissuras descobertas em central nuclear belga

Milhares de manifestantes juntaram-se para formar um cordão humano de 90 quilómetros para exigir o encerramento das centrais nucleares belgas de Thiange e Doel.

50 mil pessoas marcaram presença no domingo no triângulo que marca a fronteira entre a Alemanha, a Bélgica e a Holanda. Com um comprimento de 90 quilómetros, o cordão humano estendeu-se desde a localidade de Thiange – situada no município belga de Huy – até à cidade alemã Aachen, passando por Masstricht, na Holanda.

Os manifestantes expressaram a sua preocupação com a segurança dos recipientes de pressão do reator nuclear 2 de Thiange e o 3 de Doel, localizado perto de Antuérpia.

Rodrique Dumas, manifestante e membro do conselho municipal de Huy para o Partido Verde, citado pela RT, disse que “a primeira exigência” dos manifestantes era “deter a Thiange 2, porque tem muitas, muitas fissuras e não é segura“.

Os dois reatores em questão foram inaugurados em 1982 e 1983 e, inicialmente, a sua vida útil devia ser mais curta: “Temos estado a prolongar a sua vida e isso não é comum. Só há nove centrais no mundo inteiro que duraram tanto tempo”.

Este mês de junho, Jan Jambon, ministro do interior belga, confirmou que foram descobertas 70 novas micro fissuras na Thiange 2, desde a inspeção feita em 2015 – que, já na altura, registou mais de 3 mil imperfeições.

No reator nuclear 3 de Doel, também foram encontrados novos elementos danificados. No entanto, as autoridades insistem que ambos são perfeitamente seguros.

Central nuclear 3 de Doel

Central nuclear 3 de Doel

No ano passado, a Alemanha – que decidiu desfazer-se dos seus reatores nucleares até 2022, depois do desastre de Fukushima – pediu à Bélgica que encerrasse o Thiange 2 e o Doel 3 “até que sejam clarificadas as atuais condições de segurança”.

O ano passado, as autoridades de saúde do estado da Renânia-Vestfalia, no oeste da Alemanha, terão decidido criar reservas de medicamentos à base de iodo contra os efeitos da radiação nuclear, como preparação para um possível acidente nuclear nas centrais belgas de Tihange 2 e Doel 3.

Estas centrais não se encontram muito longe da fronteira com a Alemanha. Tihange 2 está a apenas 60 quilómetros de Aachen, cidade renana com cerca de 240 mil habitantes.

O iodeto de potássio administrado preventivamente protege a tiróide da forma radioactiva de iodo libertada por acidentes nucleares. Os lotes de iodo já adquiridos destinam-se a mulheres grávidas ou lactantes, crianças até 14 anos ou adultos maiores de 45 anos que residam na Renânia-Vestfalia.

Estes grupos populacionais deverão tomar o medicamento como medida preventiva, antes de um hipotético acidente nuclear. Se o impensável acontecer mesmo, o procedimento será estendido a toda a população, em todo o território alemão.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …