Mais de 4 milhões de máscaras a caminho das escolas. Costa pede confiança

António Cotrim / Lusa

O Governo distribuiu “mais de quatro milhões de máscaras por mais de 500 escolas”, adiantou António Costa, que pediu confiança neste regresso às aulas presenciais.

O primeiro-ministro pediu, esta terça-feira, confiança aos alunos dos 11 e 12.º anos e aos professores no regresso às aulas presenciais a partir de segunda-feira, adiantando que os materiais de proteção individual estarão disponíveis nas escolas.

António Costa falava após ter visitado a Unidade de Apoio Geral de Material do Exército, no município de Benavente, num discurso em que elogiou a operação logística desempenhada pelas Forças Armadas, quer na desinfeção de estabelecimentos de ensino, quer no planeamento e organização da distribuição de material em cerca de 500 escolas.

“Foi um trabalho muito grande e foi um esforço financeiro enorme, porque se trata de uma quantidade imensa de material. Só nesta primeira leva cuja distribuição está aqui em causa, estamos a falar de mais de quatro milhões de máscaras para mais de 500 escolas”, declarou.

Na sua breve intervenção, o líder do executivo salientou que esta operação só foi possível “graças ao enorme empenho das Forças Armadas“. “Para bem se lecionar e para bem se aprender, é essencial que todos se sintam confortáveis. E todos só podem estar confortáveis se todos estiverem seguros. Só assim há confiança.”

Depois, o primeiro-ministro deixou uma mensagem aos professores, aos assistentes operacionais e às famílias dos alunos que vão retomar as aulas presenciais: “Desejamos que, a partir de segunda-feira, entrem nas escolas com confiança para se retomar o processo de aprendizagem, que nunca foi interrompido, mas que tem sido mantido à distância e que agora deve continuar de forma presencial.”

De acordo com o governante, para que exista tranquilidade entre os elementos da comunidade educativa na conclusão do terceiro período letivo e na época de exames que se segue, o Estado adquiriu os necessários equipamentos de proteção.

“O vírus não existe nas escolas. O vírus existe em cada um de nós e é cada um de nós que o transporta. Para além da máscara, da lavagem das mãos, é fundamental praticarmos a regra da distância de segurança, a etiqueta respiratória e mantermos as normas de higiene”, salientou.

Antes, o ministro da Defesa procurou destacar a “permanente disponibilidade” manifestada pelas Forças Armadas no combate à covid-19, dizendo que “não houve feriados desde o primeiro dia” da pandemia.

João Gomes Cravinho referiu que o trabalho das Forças Armadas foi primeiro desenvolvido em coordenação com o Ministério da Saúde, depois com o Ministério da Segurança Social no apoio a lares de idosos e, agora, nas últimas três semanas, com o Ministério da Educação.

“As Forças Armadas demonstraram nesta operação uma elevada capacidade de planeamento e, sobretudo, uma grande capacidade de adaptação face ao imprevisto. E as boas Forças Armadas distinguem-se precisamente por essa capacidade de adaptação”, defendeu.

A seguir, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, elogiou o papel desempenhado pelas Forças Armadas em ações de sensibilização, de desinfeção de estabelecimentos de ensino e agora na distribuição de material de proteção. “Nesta altura, precisamos de confiança e de segurança. Sabemos que temos agora de fazer o movimento inverso de desconfinamento – um movimento no qual as Forças Armadas foram essenciais”, afirmou.

O chefe de Estado Maior General das Forças Armadas, numa breve intervenção, falou sobre a ação dos militares no apoio a doentes da covid-19, mas também a idosos e, mais recentemente, junto das escolas, numa alusão à operação de distribuição de material de proteção,

Uma operação logística que na semana passada começou a ser planeada e que já neste último domingo se iniciaram os primeiros carregamentos de material, que serão distribuídos nas escolas até sexta-feira.

“Ao mesmo tempo, mantivemos o cumprimento das nossas missões tradicionais. Nesta fase que antecede a época dos fogos e das praias, tudo faremos opara continuar a cumprir a nossa missão”, acrescentou o almirante Silva Ribeiro.

Lusa ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …

Cimeira Social. Jerónimo de Sousa diz que não se respondeu aos verdadeiros problemas

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou este sábado, no Porto, que a Cimeira Social da União Europeia não respondeu às necessidades associadas ao emprego, à valorização dos salários e ao fim da precarização …

Babbage escreveu uma carta a Tennyson. Exigia a "correção matemática" de um poema

A perspicácia matemática de Charles Babbage levou-o a escrever uma carta ao poeta Alfred Tennyson, que exigia, de certa forma, rigor e precisão no poema The Vision Of Sin. Charles Babbage é conhecido como o pai …

Covid-19: Portugal com uma morte e 324 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje uma morte atribuída à covid-19, 324 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e uma ligeira subida no número de internamentos em enfermaria, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o …

Roma já tem uma máquina de venda automática de pizza

A capital italiana tem agora uma máquina de venda automática que faz pizzas em apenas três minutos. Os preços variam de 4,50 aos seis euros (e as opiniões sobre esta ideia também). Raffaele Esposito, o napolitano …

Morreu Bo, o cão de água português de Barack Obama

Bo, o cão de água português que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, adotou em 2009 morreu este domingo com 13 anos, em consequência de um cancro, anunciou o político nas redes sociais. O cão …

Futuro pós-vacinação entre reforço de dose, controlo de variantes e medicamentos

A incerteza sobre a duração da imunidade das vacinas contra a covid-19 deixa o futuro do combate à doença entre o reforço da vacinação, a monitorização de novas variantes e o desenvolvimento de terapêuticas alternativas, …

Presidente da República promulga Carta de Direitos Humanos na Era Digital

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou este sábado a Carta de Direitos Humanos na Era Digital, aprovada em abril na Assembleia da República, segundo uma nota divulgada no site da Presidência. A lei, …

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …