37 anos depois, a nossa viajante espacial mais antiga deu sinal de vida

kara brugman / Flickr

Sonda Voyager 1 (conceito artístico)

A nave espacial mais distante da humanidade surpreendeu os seus operadores ao atender mais uma ligação. A Voyager 1 recebeu instruções para disparar foguetes que não eram usados ​​há quase 40 anos – e respondeu.

Como primeiro visitante da humanidade no espaço interestelar, a Voyager 1 da NASA revelou-se um soldado resiliente, respondendo a comandos que demoram quase 20 horas a chegar-lhe, realizando tarefas de rotina e transmitindo dados para a Terra.

Lançadas em 1977 pelo JPL, o Jet Propulsion Laboratoty da NASA, as famosas sondas espaciais Voyager 1 e Voyager 2 estabeleceram inúmeros recordes nas suas viagens sem paralelo.

Em 2012, a Voyager 1, tornou-se a primeira nave espacial a entrar no espaço interestelar.  A Voyager 2, lançada no dia 20 de agosto de 1977, é a única nave espacial a ter passado por todos os quatros planetas exteriores – Júpiter, Saturno, Úrano e Neptuno. As duas naves gémeas transportam um disco dourado com sons, imagens e mensagens da Terra.

Estando agora mais distantes do que qualquer outro dispositivo alguma vez criado pelo Homem, as Voyager já mostraram que continuam a ser uma plataforma científica viável.

Recentemente, a a equipa de astrónomos responsável pela Voyager 1 decidiu testar um conjunto de quatro pequenos foguetes, que não eram usados há 37 anos, para ver se o dispositivo poderia ser orientado remotamente de forma mais eficiente.

Incrivelmente, a Voyager 1 executou a tarefa na perfeição, enviando os resultados dos testes de volta à NASA.

“Cada vez que uma das nossas sondas ultrapassa mais um teste de propulsão, a equipa da Voyager fica muito entusiasmada”, diz o engenheiro da JPL, Todd Barber. “O ambiente foi de alívio, alegria e incredulidade, depois de vermos como estes propulsores funcionaram como se não tivesse passado tempo algum”.

Ao longo dos últimos 30 anos, os propulsores primários da Voyager 1, usados para orientar o sistema de comunicação da nave espacial nas suas transmissões em direcção à Terra — foram exigindo níveis crescentes de energia para funcionar.

E essa energia está a esgotar-se. Dentro de 5 anos, a pequena nave, que se encontra agora a mais de 141 vezes a distância entre a Terra e o Sol, deixará de poder dar-nos notícias, e continuará a sua viagem em silêncio, embalada pela inercia, à espera que um qualquer viajante espacial a encontre um dia e a desperte de novo.

PARTILHAR

RESPONDER

Noah, de apenas dois anos, está desaparecido desde quarta-feira. Cadela, peça de roupa e pegadas encontradas

Um menino de dois anos está desaparecido em Proença-a-Velha, concelho de Idanha-a-Nova, desde quarta-feira de manhã. A GNR e PJ estão no local a fazer buscas com auxílio de populares que se juntaram às autoridades. Ao …

Passos avisa que há reformas que se fazem em “confronto” e não vale a pena “ficar à espera” do PS

O ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho acusou esta quarta-feira a esquerda de "desqualificar" o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e avisou que há reformas que só se fazem "em confronto", pedindo às forças políticas que "não …

Luzes cintilantes mostram potencial como novo tratamento para o Alzheimer

Uma equipa de investigadores usou som e luzes cintilantes para tratar ratos com a doença de Alzheimer, obtendo alguns resultados positivos. Agora, os cientistas testaram o mesmo tratamento em humanos, conseguindo mais uma vez resultados …

Planeta Terra passa a ter (oficialmente) cinco oceanos

A National Geographic Society fez o primeiro mapeamento dos oceanos em mais de 100 anos e, desta vez, reconhece que a Terra possui cinco oceanos. Definir as fronteiras dos oceanos da Terra não é uma tarefa …

O misterioso escurecimento da Betelgeuse foi oficialmente desvendado

A causa da misteriosa perda de brilho da estrela foi causada por uma nuvem gigante de poeira, expelida pela própria supergigante vermelha. O "Grande Escurecimento da Betelgeuse", como passou a ser conhecido, foi um fenómeno que …

Entre cursos de água e "kahns", a Alemanha ainda alberga uma minoria étnica de língua eslava

As nações europeias nasceram e desvaneceram ao longo do tempo, mas há uma minoria étnica de língua eslava que permanece dentro da Alemanha. Lehde é uma pacata vila, com cerca 150 habitantes, de ilhas pantanosas interligadas …

Itália 3-0 Suíça | Squadra Azzurra volta a ganhar e a encantar

A Itália tornou-se hoje a primeira seleção a garantir o apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Suíça por 3-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A, disputado …

Sony apresenta o seu primeiro drone, o Airpeak S1

Há algum tempo que a Sony planeava lançar um drone, agora, é oficial. A empresa de tecnologia apresentou um drone chamado Airpeak S1 que será, muito provavelmente, o primeiro de muitos. A Sony anunciou oficialmente o …

Candidaturas a astronauta da Agência Espacial Europeia encerram na sexta-feira

Os candidatos têm de ter, pelo menos, um mestrado e experiência profissional, serem fluentes em inglês e ter mais de 1,30 metros.  O prazo para apresentação de candidaturas a vagas para novos astronautas da Agência Espacial …

Dois meses no escuro. Valentina Miozzo passou a quarentena sozinha no Ártico

A pandemia de covid-19 foi um duro golpe de solidão forçada para a maioria das pessoas, mas para a italiana Valentina Miozzo foi a oportunidade perfeita para usufruir de alguns momentos a sós. A meio da …