“Nova Expo”. 300 milhões para requalificar zona ribeirinha entre Pedrouços e Cruz Quebrada

O projeto que vai requalificar a zona ribeirinha entre Pedrouços e Cruz Quebrada conta com um investimento de 300 milhões de euros. À zona ocidental de Lisboa já lhe chamam de “nova Expo”.

A zona ribeirinha entre Pedrouços, Lisboa, e Cruz Quebrada, Oeiras, vai ser requalificada até 2030, num investimento total de 300 milhões de euros, maioritariamente privado, anunciou esta segunda-feira o Governo.

O projeto, que abrange 64 hectares de área de intervenção, pretende posicionar Portugal num “espaço de referência no contexto internacional nos domínios das ciências marítimas e marinhas e à economia azul”, realçou a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, que falava na cerimónia de apresentação do Campus do Mar, que nascerá na frente ribeirinha entre Pedrouços e a Cruz Quebrada.

Do investimento total de 300 milhões de euros, até 2030, 73% será investimento privado (219 milhões), 25% público-privado (76 milhões) e 2% (5 milhões) será investimento público, estimando-se uma receita anual de 6,8 milhões de euros.

O projeto está dividido em três fases de implementação, sendo que na primeira, até 2022, será investido um total de 118 milhões de euros na Marina de Pedrouços, num espaço para instalação de empresas, na criação de um Ocean Lab, na construção de residências temporárias para investigadores, restauração, entre outros.

Na segunda fase (2022-2026) está previsto um investimento total de 152 milhões de euros num hotel, num espaço empresarial e para centros de investigação, na Marina do Jamor, na Blue Business School, assim como em terrapleno, arranjos exteriores ou acessibilidades.

Por fim, na terceira fase (2026-2030), vão ser investidos 30 milhões de euros em terrapleno, arranjos exteriores ou acessibilidades.

De acordo com o Governo, o designado Ocean Campus, ou Campus do Mar, visa criar um campus de Investigação, Desenvolvimento e Inovação (ID&I) internacional de atividades ligadas ao mar, bem como “agregar, sob a temática do mar, vários organismos, serviços e instituições públicas, polos universitários, laboratórios de investigação, unidades âncora para desenvolvimento de novos modelos de relacionamento”.

O projeto pretende “criar uma zona embrião de startups, salas de reuniões, auditório e zona de exposições”, apostando-se também “na reabilitação da Doca de Pedrouços e dos armazéns da Docapesca”.

Falando na sessão de apresentação do projeto, o presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Morais, afirmou que o município está “disposto para antecipar o cenário de concretização” da requalificação da zona, de modo a que a “primeira e segunda fases possam ser executadas em simultâneo”. O autarca anunciou também a requalificação das praias de Algés e da Cruz Quebrada, esperando que venham a ter Bandeira Azul no futuro.

Por sua vez, o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, considerou que este é “um projeto de profunda ligação da terra com o mar, de devolução às pessoas de um espaço que atualmente se encontra fechado”, já que contempla “amplas zonas de fruição pública”.

A ministra Ana Paula Vitorino propôs também aos presidentes das duas autarquias que este seja “um espaço quase livre de carros” e que se promova os modos de transporte sustentáveis no interior do Campus do Mar.

Na cerimónia, foi ainda lançado o concurso público para a concessão de exploração da Marina de Pedrouços e inaugurada a ciclovia do mar, que liga Lisboa a Oeiras.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …