Japão publica níveis de radiação em Fukushima face a dúvidas de Seul

cephir / Flickr

A Embaixada do Japão em Seul começou a publicar diariamente os níveis de radiação na região de Fukushima, em resposta às preocupações renovadas na Coreia do Sul sobre os efeitos do desastre nuclear de 2011.

A medição diária, que compara os níveis de radiação em duas cidades da região de Fukushima com Tóquio e Seul, surge também num contexto de crescentes tensões entre os dois países. “O interesse pelos níveis de radiação no Japão aumentou recentemente, especialmente na Coreia do Sul”, indica aquela representação diplomática, no seu site oficial.

As relações entre os dois vizinhos têm se deteriorado devido a uma profunda disputa histórica sobre os trabalhadores coreanos recrutados à força por empresas japonesas durante a ocupação da península coreana pelo Japão (1910-1945).

Os dois países impuseram recentemente restrições comerciais um ao outro, enquanto a Coreia do Sul também reforçou os controlos de radiação sobre as importações de produtos alimentares japoneses.

Alguns deputados sul-coreanos também pediram uma proibição de viajar em partes do Japão e um boicote aos Jogos Olímpicos de Tóquio, no próximo ano, citando alegados riscos de radioatividade.

“O Governo japonês espera que a compreensão dos sul-coreanos sobre os níveis de radiação no Japão melhore, enquanto continuamos a fornecer informações precisas, baseadas em evidências científicas e claramente explicadas”, insistiu a Embaixada.

De acordo com o último boletim publicado pela Embaixada, que reúne dados das autoridades reguladoras de ambos os países, o nível de radiação registado na cidade de Fukushima foi de 0,135 microsievert por hora (unidade usada para dar uma avaliação do impacto da radiação ionizante sobre os seres humanos), quase como em Seul (0,120).

Em Tóquio, a taxa foi ainda mais baixa do que em Seul (0,036 microsieverts), tal como o foi na cidade de Iwaki (0,060), situada a apenas 30 quilómetros da central nuclear de Fukushima Daiichi, devastada pelo tsunami de 11 de março de 2011.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pescador encontra destroços de navio que terá naufragado há mais de 200 anos

Arqueólogos mexicanos localizaram os destroços de um navio na costa do estado de Quintana Roo, no México, e acreditam que o mesmo terá naufragado há mais de 200 anos. De acordo com a BBC, o naufrágio …

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …