25 anos depois do assassinato da mulher, OJ Simpson está feliz

Jason Bean / Reno Gazette-Journal POOL / Lusa

Vinte e cinco anos depois da morte da sua esposa, o antigo jogador de futebol americano O.J. Simpson disse, em entrevista à agência Associated Press, que está numa nova fase da vida vida “sem coisas negativas”.

OJ Simpson, que tem agora 71, viveu um dos mais mediáticos casos de assassinato nos Estados Unidos. A 12 de junho de 1994 a sua esposa, Nicole Brown Simpson, e do amigo desta, Ronald Goldman, foram esfaqueados até a morte. OJ foi julgado pelo duplo homicídio, acabando depois por ser absolvido em 1995.

Em processo cível, em 1997, acabou condenado por estas mortes, sendo obrigado a pagar 33,5 milhões de dólares aos familiares das vítimas.

O “Julgamento do Século”, tal como ficou celebrizado, durou quase um ano e tornou-se numa obsessão nos Estados Unidos, envolvendo alegações de racismo, incompetência policial, celebridades e violência doméstica.

Volvidos 25 anos, OJ diz estar feliz e saudável em Las Vegas. Em entrevista à AP, disse estar numa nova fase da sua vida, falando pouco sobre a morte da sua mulher.

“Não queremos reviver o pior dia das nossas vidas (…) Eu e a minha família virámos a página e entramos naquilo a que chamamos a ‘zona sem coisas negativas’. Estamos concentrado no que é positivo”, disse, citado pela AP.

Por sua vez, a irmã de Ronald Goldman disse que o assassinato está ainda muito prsente na sua vida. “A dor não me sufoca (…) Mas todos os momentos especiais dos meus filhos, cada momento especial que é meu… não posso partilhá-los com o meu irmão. [E aí] penso em tudo o que se perdeu”, lamentou.

Em 2008, Simpson voltou aos tribunais, tendo sido julgado e, desta vez, condenado a 33 anos por assalto à mão armada e rapto: “Não queria magoar ninguém, nem roubar nada”, disse ao aparecer em tribunal. Acabou por cumprir nove dos 33 anos a que foi sentenciado, saindo em liberdade em outubro de 2017.

 

O “Julgamento do Século” foi  transmitido nos principais canais de televisão dos Estados Unidos, dando depois origem,, em 2016, a uma série de televisão intitulada The People v. O.J. Simpson: American Crime Story que ganhou vários Globos de Ouro e Emmys.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Parar de comer quando se está cheio nem sempre é fácil (e há uma razão para isso)

Com alguns alimentos, parar de comer — mesmo quando se está cheio — nem sempre é fácil. Isto porque algumas destas comidas podem ter sido feitas de forma a que tal aconteça. Nenhum alimento é criado …

Há milhares de misteriosos buracos no fundo do mar da Califórnia

Surgiu um novo mistério perto da costa de Big Sur, na Califórnia, no fundo do Oceano Pacífico: há milhares de pequenos fragmentos redondos retirados dos sedimentos do fundo do mar.   A descoberta foi feita como parte …

NASA apresenta "mapa do tesouro" para encontrar água em Marte

Uma equipa de cientistas da NASA elaborou um mapa da água congelada que existe em Marte e que se acredita estar a apenas 2,5 centímetros abaixo da superfície do Planeta Vermelho - isto é, à …

Já se sabe como é que planetas florescem a partir de pequenos pedaços de poeira

Uma equipa de investigadores validou uma teoria que pode explicar como é que os planetas crescem a partir de pequenos pedaços de poeira interestelar. O crescimento de um pequeno pedaço de poeira até um planeta inteiro …

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …