225 feiticeiros detidos na Tanzânia por agressões a albinos

IFRC / Flickr

Na Tanzânia, os albinos são alvo de ataques, devido a crenças que atribuem poderes mágicos aos seus órgãos

Na Tanzânia, os albinos são alvo de ataques, devido a crenças que atribuem poderes mágicos aos seus órgãos

A polícia da Tanzânia anunciou hoje a detenção de 225 feiticeiros e adivinhos tanzanianos, durante uma megaoperação realizada em várias partes daquele país da África Oriental para travar a onda de ataques e assassinatos de albinos.

Segundo a France-Presse, que cita o porta-voz da polícia tanzaniana, Advera Bulimba, a intervenção policial, que vai ser alargada a todas as 30 regiões do país, resultou na prisão de cidadãos “encontrados na posse de vários itens, nomeadamente pele de lagarto, dentes de javali, ovos de avestruz, caudas de macaco, de mula, garras de aves e pele de leão”.

Na Tanzânia, os albinos são alvo de ataques regulares, vítimas de crenças que atribuem poderes mágicos aos seus órgãos, que, de acordo com os políticos, são utilizados por feiticeiros e curandeiros e vendidos por cerca de 550 euros.

Na terça-feira, as autoridades policiais tanzanianas detiveram sete suspeitos no âmbito do inquérito sobre a agressão a uma criança albina de seis anos, a quem foi cortada uma mão no fim de semana passado.

O rapaz, Baraka Cosmas, foi atacado no sábado à noite quando dormia com a mãe, na localidade de Kipenda, na região de Rukwa, no sudoeste da Tanzânia.

Em comunicado, Advera Bulimba disse que a campanha policial teria como alvo toda a rede de “gangsters”, comerciantes e feiticeiros, acrescentando que 97 dos detidos já foram apresentados no tribunal.

A nota também apelou aos líderes religiosos, anciãos tradicionais, políticos e jornalistas “para continuarem a campanha de consciencialização contra as crenças supersticiosas que estão a atrasar o desenvolvimento do país”.

O anúncio é feito poucos dias depois de o Presidente tanzaniano, Jakaya Kikwete, ter considerado que os ataques em curso contra as pessoas com albinismo, cujas partes do corpo são usados para bruxaria, são atos “repugnantes e um grande embaraço para a nação”.

Segundo um especialista da ONU, mais de 70 albinos foram mortos desde 2000 na Tanzânia.

Nos últimos seis meses, pelo menos 15 albinos foram raptados, feridos, mortos ou vítimas de uma tentativa de rapto na África Oriental, tendo-se registado três incidentes apenas na última semana, lamentou um porta-voz do Alto Comissário, Rupert Colville, num encontro com jornalistas.

O albinismo é uma ausência total de pigmentação na pele, sistema piloso e íris, devido a fatores genéticos.

A doença, hereditária, atinge um ocidental em 20.000, mas afeta um tanzaniano em 1.400, devido sobretudo aos casamentos consanguíneos, de acordo com especialistas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tribunal volta a absolver Duarte Lima de abuso de confiança

O tribunal voltou a absolver Duarte Lima do crime de abuso de confiança, quanto à alegada apropriação indevida de dinheiro da sua ex-cliente Rosalina Ribeiro. O tribunal manteve esta quarta-feira a absolvição de Duarte Lima do …

Extrema-direita recebida no parlamento entre o silêncio e o ataque frontal

A agência Lusa questionou diretamente nove dos partidos com assento parlamentar (PS, PSD, BE, PCP, CDS, PAN, CDS, PEV, Iniciativa Liberal e Livre) sobre se a entrada da extrema-direita na Assembleia da República, com o …

União Europeia anuncia 540 milhões para investir no "Nosso Oceano"

A União Europeia vai anunciar esta quarta-feira compromissos no valor de 540 milhões de euros para manter os oceanos limpos, assim como um mapa para acompanhar o que se faz nesse sentido, na abertura da …

Escócia e Gales querem eleições se houver adiamento do Brexit

Os chefes dos governos da Escócia e de Gales defenderam hoje eleições antecipadas no Reino Unido no caso de uma extensão do prazo de saída do país da União Europeia. “Quero que se realizem eleições gerais. …

Governo grego apresenta legislação mais restritiva do direito de asilo

O Governo grego enviou na terça-feira ao parlamento uma proposta de lei que endurece os procedimentos para concessão de asilo, reforça os poderes de detenção e acelera as deportações, noticiou a imprensa. A proposta, de 250 …

Libertadores. Jesus veta acesso de funcionários do Flamengo ao derradeiro treino

Escreve a imprensa brasileira que Jorge Jesus vetou o acesso de funcionários do Flamengo ao derradeiro treino que antecede o jogo com o Grémio para a Libertadores, que vai decidir um dos finalistas da competição. …

Caso do bebé sem rosto. Médico suspenso não viu que menina tinha duas vaginas, um rim e espinha bífida

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos suspendeu preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu, em Setúbal, com malformações graves. Entretanto, surgem novos dados sobre suspeitas atribuídas ao médico noutros …

Rede de imigração ilegal no SEF. Denúncias de corrupção eram antigas, mas ficaram na gaveta

A inspectora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que foi detida nesta semana, por pertencer alegadamente a uma rede de imigração ilegal, já tinha sido identificada num inquérito interno desta entidade, devido às mesmas …

Bancos querem passar a cobrar por grandes depósitos. Particulares escapam

BCP, Novo Banco e Caixa Geral de Depósitos defendem que é preciso cobrar aos grandes clientes por depósitos de grande dimensão. Particulares e pequenas e médias empresas escapariam desta medida. A ideia foi lançada pelo …

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …