225 feiticeiros detidos na Tanzânia por agressões a albinos

IFRC / Flickr

Na Tanzânia, os albinos são alvo de ataques, devido a crenças que atribuem poderes mágicos aos seus órgãos

Na Tanzânia, os albinos são alvo de ataques, devido a crenças que atribuem poderes mágicos aos seus órgãos

A polícia da Tanzânia anunciou hoje a detenção de 225 feiticeiros e adivinhos tanzanianos, durante uma megaoperação realizada em várias partes daquele país da África Oriental para travar a onda de ataques e assassinatos de albinos.

Segundo a France-Presse, que cita o porta-voz da polícia tanzaniana, Advera Bulimba, a intervenção policial, que vai ser alargada a todas as 30 regiões do país, resultou na prisão de cidadãos “encontrados na posse de vários itens, nomeadamente pele de lagarto, dentes de javali, ovos de avestruz, caudas de macaco, de mula, garras de aves e pele de leão”.

Na Tanzânia, os albinos são alvo de ataques regulares, vítimas de crenças que atribuem poderes mágicos aos seus órgãos, que, de acordo com os políticos, são utilizados por feiticeiros e curandeiros e vendidos por cerca de 550 euros.

Na terça-feira, as autoridades policiais tanzanianas detiveram sete suspeitos no âmbito do inquérito sobre a agressão a uma criança albina de seis anos, a quem foi cortada uma mão no fim de semana passado.

O rapaz, Baraka Cosmas, foi atacado no sábado à noite quando dormia com a mãe, na localidade de Kipenda, na região de Rukwa, no sudoeste da Tanzânia.

Em comunicado, Advera Bulimba disse que a campanha policial teria como alvo toda a rede de “gangsters”, comerciantes e feiticeiros, acrescentando que 97 dos detidos já foram apresentados no tribunal.

A nota também apelou aos líderes religiosos, anciãos tradicionais, políticos e jornalistas “para continuarem a campanha de consciencialização contra as crenças supersticiosas que estão a atrasar o desenvolvimento do país”.

O anúncio é feito poucos dias depois de o Presidente tanzaniano, Jakaya Kikwete, ter considerado que os ataques em curso contra as pessoas com albinismo, cujas partes do corpo são usados para bruxaria, são atos “repugnantes e um grande embaraço para a nação”.

Segundo um especialista da ONU, mais de 70 albinos foram mortos desde 2000 na Tanzânia.

Nos últimos seis meses, pelo menos 15 albinos foram raptados, feridos, mortos ou vítimas de uma tentativa de rapto na África Oriental, tendo-se registado três incidentes apenas na última semana, lamentou um porta-voz do Alto Comissário, Rupert Colville, num encontro com jornalistas.

O albinismo é uma ausência total de pigmentação na pele, sistema piloso e íris, devido a fatores genéticos.

A doença, hereditária, atinge um ocidental em 20.000, mas afeta um tanzaniano em 1.400, devido sobretudo aos casamentos consanguíneos, de acordo com especialistas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Chovem diamantes no interior de Neptuno e Urano (e já se sabe porquê)

Podem estar a chover diamantes dentro dos corações de Neptuno e Urano. Agora, os cientistas descobriram novas evidências experimentais que mostram como é que isso poderia ser possível. Neptuno e Urano são os planetas mais mal …

Descobertas duas super-Terras na zona habitável de uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar

Uma equipa internacional de cientistas encontrou duas super-Terras a orbitar uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar. Conduzida pela Universidade de Göttingen, na Alemanha, a equipa de especialistas localizou um sistema formado por pelo …

Sporting 2-1 Gil Vicente | Leão de Plata só sabe vencer

O Sporting cumpriu na recepção ao Gil Vicente, no fecho da 29ª jornada da Liga NOS, e venceu por 2-1, num jogo que pareceu sempre controlado, mas que terminou com emoção. Os “leões” dominaram por completo …

Leões marinhos decapitados estão a dar à costa no Canadá (e ninguém sabe porquê)

Os corpos decapitados de pelo menos cinco leões-marinhos encontrados nas costas de Vancouver, no Canadá, nos últimos meses sugerem que pode haver um serial killer de mamíferos marinhos à solta. O LiveScience relata que pelo menos …

Este japonês é a única pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja

Um homem japonês tornou-se a primeira pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja depois de concluir um curso de pós-graduação que envolvia a aprendizagem de artes marciais básicas e escalada de montanhas. De …

Cátio Baldé acusado de comprar vistos para jogadores do Benfica

Cátio Baldé está a ser acusado de corrupção passiva por ter pagado a um funcionário da embaixada portuguesa em Bissau para conseguir vistos para jogadores do Benfica. O empresário admite o crime, mas nega o …

Ex-polícia admite ser "Assassino de Golden State" e declara-se culpado de 13 homicídios

O ex-polícia norte-americano Joseph DeAngelo declarou-se, esta segunda-feira, culpado de 13 homicídios. Mais conhecido como o "Assassino de Golden State", DeAngelo foi preso em 2018, após 40 anos de investigação. A identificação do criminoso apenas foi …

Infarmed garante ter stock de remdesivir, apesar da compra massiva dos EUA

Depois da notícia de que os EUA compraram à empresa Gilead Sciences praticamente toda a reserva para três meses do medicamento remdesivir, o primeiro aprovado no país no tratamento de covid-19, o Infarmed garante que …

Orfão, capturado e apresentado à rainha. A história da mais antiga fotografia de um indígena da Nova Zelândia

Um daguerreótipo - primeiro processo fotográfico do mundo - mantido na Biblioteca Nacional da Austrália é o mais antigo retrato fotográfico conhecido de um indígena maori da Nova Zelândia. Na imagem antiga, um adolescente aparece vestido …

Uma mesa de 490 metros na Charles Bridge. Em Praga, o fim da restrições celebrou-se com um jantar em massa

Os habitantes de Praga, capital da República Checa, construíram uma mesa com quase 490 metros e realizaram um enorme jantar público esta terça-feira para comemorar o fim do bloqueio do coronavírus no país. De acordo com …