15 testes de covid-19 por mês: Rui Costa antevê a nova época

Ciclista português quer terminar o ano no topo da tabela UCI. Os Jogos Olímpicos estão na lista de prioridades mas a Volta a França também pode aparecer no calendário.

Rui Costa entra na nova temporada com a ideia de terminar 2021 como líder da tabela UCI. O campeão mundial em 2013 vai participar pela 13.ª vez no WorldTour, em ano de Jogos Olímpicos – e Tóquio está na lista de prioridades do ciclista.

“A corrida olímpica é um dos principais objetivos e prefiro chegar com tempo para me adaptar ao fuso horário, recuperar do jet lag, embora haja corredores que vão diretos do Tour para Tóquio pelo ritmo competitivo”, confessou, em entrevista ao portal Ciclo 21.

O atleta da Póvoa de Varzim ficou em 10.º e em 13.º lugares nas últimas duas edições dos Jogos Olímpicos, respetivamente no Rio de Janeiro e em Londres.

Na capital do Japão, desta vez, as dificuldades serão muitas: temperatura elevada, percurso de 234 quilómetros e uma montanha complicada na fase final: “Há que estruturar bem o ano porque o percurso é duro, sobretudo pelas rampas inclinadas na última parte. Para um atleta das minhas características isso implica perder peso, se calhar estar magro como nunca estive e fazer um esforço extra. Claro que isto foi pensado desde o ano passado, não é algo que surja de repente porque nesta idade não podemos improvisar”, disse o ciclista de 34 anos.

Nesta conversa com Gonçalo Moreira, o ciclista português recordou também a época 2020 e elogiou Tadej Pogačar, colega de equipa da UAE Team Emirates que venceu a Volta a França no ano passado: “É um corredor calmo, calculista, sabe correr e sabe que no próximo Tour vamos ser o alvo. O stress e a pressão mudam os ciclistas, qualquer percalço pode alterar as coisas, mas ele é tranquilo e sabe que vai levar uma equipa com um líder único e onde cada um sabe o seu papel para ajudar a defender a camisola amarela”.

À margem desta publicação, o jornalista Gonçalo Moreira relatou que, graças ao diálogo com Rui Costa, percebeu que um ciclista pode realizar 15 testes covid-19 por mês, porque pode fazer provas PCR seis e três dias antes de cada prova, além dos testes exigidos nas viagens para alguns países. “É muita zaragatoa no nariz”, escreveu Gonçalo Moreira, no Twitter.

Rui Costa já foi vacinado contra a covid-19, tal como toda a equipa UAE Team Emirates. Aliás, nos Emirados Árabes Unidos, quase todas as pessoas já foram vacinadas: “Praticamente todo o país está vacinado, graças ao poder que têm. Tivemos a oportunidade de levar a vacina. Claro que isso traz uma certa segurança, estabilidade, durante esta fase pandémica. Já levámos a primeira dose, correu tudo bem e toda a gente sente a normalidade de antes”, revelou o ciclista, numa conferência de imprensa, acrescentando que todos continuam a “ter os mesmos cuidados”.

Nuno Teixeira Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Micróbios podem já estar a comunicar com espécies alienígenas

Os micróbios podem já estar a comunicar com espécies alienígenas, algo semelhante ao que tentamos fazer através do projeto SETI desde 1959. Estaremos sozinhos no Universo? O famoso programa SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) tem tentado …

Tweet de Elon Musk afunda Bitcoins (e dá força à criptomoeda que nasceu como meme)

A Tesla vai deixar de aceitar Bitcoins como forma de pagamento. A revelação foi feita por Elon Musk numa publicação no Twitter e levou à queda do valor da criptomoeda no mercado. A par disso, …

Investigadores criam nova solução para óculos de realidade virtual e aumentada

Uma equipa de investigadores criou uma nova tecnologia para fornecer óculos de realidade virtual que não parecem "olhos de inseto". Num novo artigo publicado na Science Advances, os especialistas descrevem a impressão de ótica de forma …

Genética da população portuguesa pode explicar deficiência de vitamina D

Investigadores portugueses concluíram que a população portuguesa tem uma prevalência superior à média europeia de algumas alterações genéticas que levam a uma predisposição para o défice de vitamina D. Este estudo, coordenado pelo Centro Cardiovascular da …

Polónia quer comprar casa de campo francesa (para recuperar o legado de Marie Curie)

A Polónia quer comprar e renovar a casa de campo francesa de Marie Curie e transformá-la num museu, naquele que é um esforço para reivindicá-la como génio científico e pioneira polaca. Embora tenha nascido na Polónia, …

Min Nyo é jornalista, cobriu os protestos em Myanmar e foi condenado a 3 anos de prisão

Min Nyo, um jornalista birmanês de 51 anos, foi condenado a três anos de prisão pela sua cobertura dos protestos na sequência do golpe de Estado em Myanmar. Min Nyo, que trabalhava para a DVB (Voz …

McDonald's e Casa Branca unem-se para sensibilizar população a ser vacinada

Numa parceria com a Casa Branca, a cadeia de fast food norte-americana também está a dar o seu contributo para sensibilizar a população para a vacinação contra a covid-19. A ideia é promover informações relevantes sobre …

Voo "para lado nenhum" esgota em tempo recorde. Bastaram 2,5 minutos

A companhia aérea australiana Qantas vendeu os bilhetes para o próximo "voo para lugar nenhum" em tempo recorde: 2,5 minutos. A Qantas está a promover um novo "voo para lugar nenhum" que dará aos famintos por …

Todos queriam "O Senhor dos Anéis". Mas cinemas chineses foram obrigados a exibir filmes de propaganda

Pequim ordenou que os cinemas chineses divulgassem propaganda em homenagem ao Partido Comunista. Os cinéfilos do país, que clamam pelos filmes de Hollywood, revoltaram-se. A 1 de abril, no dia em que entrou em vigor um …

Presidente da República condecorou Jorge Coelho a título póstumo

Marcelo Rebelo de Sousa condecorou, a título póstumo, o antigo ministro e dirigente socialista Jorge Coelho com a grã-cruz da Ordem do Infante D. Henrique. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta quinta-feira, …