14 anos depois, o mistério dos pés humanos que dão à costa nos EUA e Canadá foi resolvido

Entre 20 de agosto de 2007 e 2019, deram à costa do Mar Salish, nos Estados Unidos e Canadá, 21 pés humanos. Agora, 14 anos depois, o mistério foi finalmente resolvido.

Os dois primeiros pés foram encontrados no espaço de uma semana por uma jovem e um casal que passeavam. Ambos eram pés direitos e tamanho 46. “Ambos os pés estavam a decompor-se, mas ainda tinham carne”, disse Rose Stanton, médica legista regional da Ilha de Vancouver, em declarações à CBC na altura da descoberta.

Nos anos seguintes, foram encontrados mais pés humanos, inclusive alguns pares, quase sempre dentro do calçado.

A bizarra história começou a chamar a atenção dos media internacionais e as especulações eram muitas. Alguns defendiam que havia um assassino à série à solta ou que a máfia estava a livrar-se de corpos, atirando-os ao mar.

Contudo, de acordo com o IFLScience, a explicação para este mistério com 14 anos é menos dramática: foi uma mudança no setor de calçado.

“Achamos que sabemos o que aconteceu em todos os casos”, explicou o médico legista Barb McLintock, em declarações ao National Post. “Não há nenhum que tenha qualquer indício de homicídio […] em todos os casos há uma explicação alternativa muito razoável”.

Os especialistas determinaram que a causa da morte das pessoas a quem pertenciam estes pés foi suicídio ou acidental.

Quando um corpo está no mar e afunda no fundo do oceano, é rapidamente atacado por necrófagos. Estes, tal como os crustáceos, são preguiçosos e preferem atacar as partes mais macias do corpo em vez dos pedaços duros de cartilagem. Em humanos, as partes moles incluem os tornozelos, que são principalmente tecidos moles e ligamentos.

Esse ataque leva a que o pé se desprenda muito rapidamente do resto do corpo antes de a grande decomposição começar.

Mas por que é que só em 2007 é que começaram a surgir vários pés humanos na costa norte-americana e canadiana? É aí que entra o design dos sapatos.

Nas últimas décadas, as sapatilhas foram feitas de espuma mais leve, incluindo bolsas de ar nas solas.

“Realmente, [o fenómeno] não surgiu até que tivéssemos sapatilhas que flutuavam tão bem”, disse McLintock. “Antes, apenas ficavam lá no fundo do oceano.”

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Explicaram porque é que chega à costa, pois o sapato flutua… mas é de onde vêm os corpos? essa é a questão… estão a supor que foi de suicidio ou acidente!?!? O seja a parte principal do porquê não sabem… Houve naufrágios na zona? Enfim

    • “Os especialistas determinaram que a causa da morte das pessoas a quem pertenciam estes pés foi suicídio ou acidental.”
      Não houve naufrágios na zona e as correntes podem trazer corpos (ou pés) literalmente de qualquer parte do mundo.

    • Exacto, parece que a questão de quem são os corpos e a consequência da explicação dos ténis ser de que existem mais corpos mas com ténis mais antigos não é importante e o assunto fica encerrado.

  2. A única explicação são os suicídios, naturalmente retirando homicídios em que são os corpos lançados ao mar. Mas há muitos mais suicídios do que se pensa, especialmente em zo0nas com pontes ou precipícios íngremes…

RESPONDER

Botafogo recusou proposta de 23 milhões de um clube português por jovem de 17 anos

O Botafogo rejeitou uma proposta de 23 milhões de euros de um clube português por Matheus Nascimento, jovem avançado de 17 anos. A imprensa brasileira avança que um clube português, que não foi identificado, apresentou uma …

Galp avança com despedimento coletivo de 150 trabalhadores de Matosinhos

A Galp vai dar início ao despedimento coletivo de cerca de 150 trabalhadores da refinaria de Matosinhos, tendo chegado a acordo com 40% dos cerca de 400 colaboradores. "Atendendo a que concluímos as operações de refinação …

Paulo Fonseca em jeito de despedida. "Foi um enorme prazer ser treinador da Roma"

O ainda treinador da Roma, que vai ser substituído por José Mourinho na próxima época, começou a despedir-se da equipa, tendo feito um balanço dos últimos dois anos. Depois da vitória em casa, esta quinta-feira, frente …

Páginas ocultas do PRR revelam "reedição da troika" na reforma aos hospitais

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) prevê uma concentração das urgências da Grande Lisboa e Grande Porto, cortes nos gastos e uma gestão dos hospitais mais vigiada com imposição de objetivos financeiros. O jornal Expresso …

As primeiras evidências de atividade humana foram encontradas (e têm 1,8 milhões de anos)

Foram encontradas as primeiras evidências de atividade humana, na caverna Wonderwerk, na África do Sul. Têm cerca de 1,8 milhões de anos, concluem os investigadores. Uma equipa de investigadores encontrou evidências de que os nossos antepassados …

Sporting pode ser campeão no sofá já esta segunda-feira

Após o empate no Clássico entre SL Benfica e FC Porto, o Sporting só precisa de uma vitória para o título. Ainda assim, pode sagrar-se campeão esta segunda-feira, caso o FC Porto não vença. A conquista …

Justiça suspende requisição civil e manda retirar imigrantes do Zmar

Esta sexta-feira, o Supremo Tribunal Administrativo deu razão aos proprietários de casas particulares do Zmar e suspendeu a requisição civil decretada pelo Governo. A notícia está a ser avançada esta sexta-feira pela TVI, que dá conta …

5 euros por 10 GB. Governo avança com "mensalidade simbólica" da tarifa social de Internet

Apesar de o valor da tarifa social de Internet ainda não estar fechado, o secretário de Estado para a Transição Digital aponta para uma mensalidade de cinco euros por pessoa para um pacote de 10 …

Corrida à reprivatização da Efacec tem cinco candidatos. Dois são portugueses

O Conselho de Ministros selecionou cinco de 10 propostas para avançarem no processo de reprivatização da Efacec, adiantou o ministro da Economia, esta quinta-feira, em conferência de imprensa. De acordo com Pedro Siza Vieira, estas empresas …

Estudo mostra que a aspirina pode ajudar o cérebro a "proteger-se" da poluição

Um novo estudo descobriu que homens mais velhos que tomam anti-inflamatórios, como a aspirina, podem estar protegidos de alguns dos efeitos a curto prazo da poluição atmosférica. De acordo com o site Science Alert, a investigação …