O mais antigo computador do mundo era usado para prever o futuro

119

Marsyas / Wikimedia

Máquina de Anticítera

Máquina de Anticítera

Desde a sua descoberta, em 1901, a Máquina de Anticítera tem fascinado investigadores do mundo todo. Só recentemente o seu funcionamento foi desvendado, mas a sua finalidade ainda era um mistério.

Segundo um estudo recente, que levou mais de uma década, o mecanismo de Anticítera, datado de 87 a.C., não era afinal utilizado pelos astrónomos para prever eclipses.

Na semana passada, um grupo de investigadores anunciou o resultado da análise de pequenas inscrições encontradas em várias partes do mecanismo. Com algumas letras a medir meros 1,2 mm, foram necessárias técnicas especiais para revelar o texto escrito nas 82 diferentes partes que sobreviveram do mecanismo.

O que os investigadores revelaram é fascinante: os 3.500 caracteres decifrados mostram que o mecanismo não era apenas um computador para calcular eclipses e a posição dos astros, mas sim uma ferramenta para prever o próprio futuro, considerando o excerto sobre a cor de um futuro eclipse e o seu significado.

“Ainda não estamos bem certos de como interpretar isto, mas pode ser que remeta a sugestões de que a cor de um eclipse era algum tipo de presságio ou sinal”, conta Mike Edmunds, professor de astrofísica na Universidade Cardiff.

“Certas cores podem indicar um futuro melhor do que outras. Se for assim, e se estivermos a interpretar isto corretamente, então este é o primeiro caso de um mecanismo com uma referência real à astrologia em vez de astronomia”, conclui ele.

Os investigadores apontam que, mesmo assim, o objetivo principal do mecanismo era astronómico, e não astrológico – era como um livro de estudo.

“Não era uma ferramenta de pesquisa, algo que um astrónomo usaria para fazer cálculos, ou mesmo um astrólogo para fazer prognósticos, mas algo que usaríamos para ensinar sobre o cosmos e o nosso lugar no mesmo”, acrescenta Alexander Jones, um historiador da Universidade Nova Iorque.

“É como um manual de estudo de astronomia como era entendida na época, que ligava os movimentos do céu e dos planetas às vidas dos antigos gregos e ao seu ambiente”.

Outras coisas que os investigadores descobriram era que, aparentemente, o mecanismo foi construído na ilha de Rodes, e não foi o único.

Pequenas variações nas inscrições sugerem que pelo menos duas pessoas estiveram envolvidas na criação do instrumento, mas é provável que outros tenham sido recrutados para fazer as engrenagens.

Com tantas cabeças envolvidas, seria provavelmente resultado da produção de uma pequena oficina, e não de uma única pessoa.

HypeScience

RESPONDER

Através do estudo de magnetizações remanescentes em antigos meteoritos, uma equipa do MIT determinou que a nebulosa solar - o vasto disco de gás e poeira que veio a formar o Sistema Solar - durou entre 3 e 4 milhões de anos

Cientistas estimam o tempo de vida da nebulosa solar

Há cerca de 4,6 mil milhões de anos atrás, uma enorme nuvem de hidrogénio gasoso e poeira colapsou sob o seu próprio peso, eventualmente achatando-se num disco chamado nebulosa solar. A maioria deste material interestelar contraiu-se …

-

Comer mais gordura é mais prejudicial para os homens do que para as mulheres

As gorduras são essenciais na nossa dieta, e os especialistas recomendam que correspondam a 20% a 30% das calorias que consumimos diariamente. Mesmo assim, é do conhecimento geral que comer muita gordura pode ser prejudicial para …

-

FC Porto vence Boavista e não larga Benfica

Um golo de Soares, aos sete minutos, deu hoje o triunfo ao FC Porto em casa do Boavista por 1-0, em jogo da 23.ª jornada da I Liga de futebol que deixa os 'dragões' novamente …

Manuel Vicente, vice-presidente de Angola

Jornal de Angola critica justiça portuguesa: "Tanta falta de vergonha"

O Jornal de Angola retomou este domingos as críticas a Portugal, afirmando que "custa ver tanta falta de vergonha", a propósito da divulgação pela comunicação social do processo na Justiça portuguesa envolvendo o vice-presidente angolano, …

Neil Fingleton, Mag the Mighty em Guerra dos Tronos

Morreu o homem mais alto do Reino Unido (e da Guerra dos Tronos)

Morreu este sábado, vítima de ataque cardíaco, o actor e basquetebolista britânico Neil Fingleton, o homem mais alto do Reino Unido. O malogrado actor Neil Fingleton, de 36 anos, desempenhava vários papéis na série 'Guerra dos Tronos', …

O 'coração' de Marte

NASA publica foto inédita do coração de Marte

A agência espacial norte-americana NASA publicou uma imagem rara da superfície marciana, na qual se pode observar a rocha-mãe do planeta vermelho. De acordo com a NASA, a maior parte da superfície do quarto planeta do …

O actor Bill Paxton

Actor Bill Paxton morre após cirurgia

O ator norte-americano Bill Paxton, conhecido pela sua participação em filmes como "Aliens" ou "Titanic", morreu no sábado, aos 61 anos, na sequência de complicações após uma cirurgia, divulgou hoje a imprensa norte-americana. Citado pela revista …

-

O “telefone mais destrutivo da história” é falso

O director do Museu de Comunicações de Frankfurt aponta discrepâncias quanto ao suposto telefone vermelho de Adolf Hitler, apresentado como a “arma mais destrutiva” da história, recentemente vendido por 239 mil euros em leilão - …

O ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio

Núncio "confessou responsabilidade" (e o país "deve-lhe muito")

O PCP considerou hoje que a "confissão" do ex-secretário de Estado Paulo Núncio no caso das transferências para 'offshore' responsabiliza não só o CDS, mas também o PSD e o anterior Governo. O antigo secretário de …

Freedom 251, o smartphone indiano de 3 euros

Criador do smartphone de 3 euros foi preso por fraude

Mais uma vez se comprova que quando as coisas parecem boas demais para serem verdade... quase sempre o são: e o smartphone de 3.29 euros que nunca se veio a concretizar não é excepção. Há um …