Zâmbia quer abolir pena de morte

IFPRI -IMAGES / Flickr

A vice-Presidente da Zâmbia, Inonge Wina

A vice-presidente da Zâmbia, Inonge Wina, disse, na terça-feira, em Lusaka, que o Governo está aberto a discutir a possibilidade de abolição da pena de morte, noticiou na quarta-feira a imprensa local.

De acordo com o jornal Lusaka Times, citado pela agência Lusa, a revelação foi feita por Inonge Wina durante as celebrações dos 71 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, na terça-feira em Lusaka.

A Zâmbia é, na prática, considerado um país abolicionista – as últimas execuções foram há 18 anos -, mas a pena de morte permanece na lei e os tribunais continuaram a enviar pessoas para o corredor da morte até 2018.

Inonge Wina sublinhou que o Governo do presidente Edgar Lungu, no poder desde 2015, não executou qualquer sentença de pena morte decidida pelos tribunais, tendo recebido elogios das organizações de direitos humanos por ter comutado em penas de prisão, no início do seu mandato, mais de 300 condenações à morte.

Segundo Inonge Wina, o Governo “respeita o direito à vida” e o Presidente Edgar Lungu já comutou mais penas de morte em prisão perpétua do que qualquer outro chefe de Estado na história do país.

UNHCR / Flickr

O Presidente da Zâmbia, Edgar Lungu

A vice-presidente da Zâmbia exortou, por isso, a Comissão de Direitos Humanos a aproveitar a “boa vontade” política e pública atuais para aumentar a sensibilização da sociedade sobre a possibilidade de abolir a pena de morte.

Sublinhando que o Presidente Edgar Lungu não tolera a tortura e outras formas de tratamento desumano, apelou às forças de segurança para que apliquem a diretiva presidencial sobre o fim imediato dos atos de tortura na Zâmbia.

Antiga colónia britânica, o país sem litoral que faz fronteira com estados como Angola, República Democrática do Congo ou Moçambique, tornou-se independente em 1964. Destaca-se pela estabilidade política e por ter conseguido evitar a onda de conflitos pós-coloniais que afetaram muitos países do continente.

Com mais de 16 milhões de habitantes, registou na última década um rápido crescimento económico impulsionado pela sua posição de segundo maior produtor de cobre de África, depois da República Democrática do Congo.

A Zâmbia tem também uma das populações com crescimento mais rápido do mundo, com as Nações Unidas a projetarem que a sua população triplicará até 2050. O crescimento económico e o forte investimento chinês no país não conseguiram melhorar a vida da maioria dos zambianos, com dois terços ainda a viver na pobreza.

Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Alemanha tem provas materiais de que Maddie está morta

As autoridades alemãs têm provas materiais de que Madeleine McCann está morta, garante o porta-voz da Procuradoria de Braunschweig, Hans Christian Wolters, à RTP. Apenas está por provar o envolvimento de Christian Brueckner no homicídio …

BE quer que direito das grávidas a acompanhante seja respeitado

O Bloco de Esquerda (BE) quer que as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre gravidez e parto no âmbito da covid-19 sejam revistas para que o direito das mulheres grávidas a estarem acompanhadas seja …

Proposta do PCP para passar Novo Banco para esfera pública foi chumbada

A recomendação ao Governo proposta pelo PCP para reverter da venda do Novo Banco, transferindo-o para a esfera pública, foi hoje chumbada no parlamento com os votos contra de PS, PSD, CDS-PP, PAN, Iniciativa Liberal …

Trump ataca voto por correspondência. Resultados podem não ser "determinados de forma precisa"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, reforçou na quinta-feira no Twitter os ataques ao voto por correspondência nas eleições de novembro, ao que a rede social reagiu ligando duas das suas mensagens a informação verificada …

Quatro candidatos disputarão sucessão de Santana no Aliança

O novo líder do Aliança, que sucederá ao fundador do partido, Pedro Santana Lopes, vai ser escolhido entre quatro candidatos no próximo congresso nacional, agendado para 26 e 27 de setembro em Torres Vedras. Segundo noticiou esta …

Recomendação do PS para tarifa social de Internet sem oposição (mas partidos querem mais)

A recomendação do PS ao Governo para que crie uma tarifa social de acesso à Internet não mereceu esta quinta-feira oposição de nenhuma bancada, mas foram vários os partidos que defenderam a necessidade de “ir …

Ex-deputado PS acusado de uso abusivo de viaturas da Câmara de Barcelos

O Ministério Público acusou de peculato e abuso de poderes o ex-deputado socialista Domingos Pereira, pela alegada utilização de viaturas do município de Barcelos para deslocações de e para a Assembleia da República. Segundo nota publicada …

Quim Torra acusa Governo espanhol de tentar "excluir um presidente no meio de uma pandemia"

Um recurso do presidente separatista catalão Quim Torra contra uma condenação por desobediência que pode afastá-lo do exercício de cargos públicos durante ano e meio foi analisado na quinta-feira pelo Supremo Tribunal de Espanha. Antes …

Cinco anos depois, Volkswagen nega reembolso a 125 mil portugueses lesados

A marca alemã Volkswagen respondeu à Deco Proteste, cinco anos após o caso "dieselgate", informando que não irá indemnizar mais consumidores, tendo em vista os processos judiciais em curso. Segundo noticiou esta sexta-feira a Madremedia, em …

Novo recorde em cinco meses. Mais 780 casos por covid-19 em Portugal

Portugal regista mais seis mortos e 780 casos de infeção por covid-19 esta sexta-feira, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Os números revelados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde …