Washington a um passo de legalizar a compostagem humana

Washington está a um passo de se tornar o primeiro estado norte-americano a colocar em vigor a lei de compostagem humana, que permitirá transformar cadáveres em lixo orgânico em apenas algumas semanas.

O projeto de lei em causa, que permite a “redução orgânica natural” e visa ser uma alternativa “mais amiga do ambiente” relativamente aos enterros comuns, deverá em breve ser aprovada pelo governado democrata Jay Inslee, informa o USA Today.

Inslee, que apostou no ambiente e nas mudanças climáticas como uma das suas bandeiras eleitorais para a corrida à Presidência norte-americana de 2020, está agora a rever o projeto. Um porta-voz do seu gabinete adiantou que o processo de decomposição em causa “parece ser um esforço cuidadoso para reduzir a pegada” ecológica no planeta.

Tal como explicou o senador democrata Jamie Pedersen, que apoia também o projeto, o processo de redução orgânica natura permitirá ocupar menos espaço e poderá mesmo reduzir as emissões de carbono emitidas durante os processos de cremação.

De acordo com o governante, a compostagem humana deverá gerar, em média, 0,76 metros cúbicos de terra, equivalente a dois carrinhos de compostagem.

Se a lei for aprovada, os familiares poderão manter a terra resultante da compostagem num urna, plantar um árvore numa propriedade privada ou espalhá-la em terrenos público. Pedersen esclareceu ainda que as leias aplicáveis às cinzas das cremações seriam também válidas para a terra da compostagem humana.

“É espantoso que tenhamos esta experiência humana completamente universal – todos nós vamos morrer – e aqui está uma área em que a tecnologia nada fez por nós. Temos os dois meios de dispor corpos humanos que tínhamos já há milhares de anos –  enterrar e queimar”, completou Pedersen. O senador revelou ainda que se inspirou no processo utilizado pelos agricultores para se desfazem dos animais mortos.

Compostagem humana pode ser mais em conta

A recompose, empresa norte-americana que oferece serviços de redução orgânica natural, cobraria 5.500 dólares por corpo (cerca de 4.900 euros), menos 7.360 dólares (6.500 euros) do que o valor estimando para um funeral convencional nos Estados Unidos. Os números são da American Funeral Directors Association (NFDA), publicado em 2017.

De acordo com a NFDA, Washington é o estado norte-americao onde mais se fazem cremações. 78% dos mortos em 2017 foram cremados.

A diretora da Recompose, Katrina Spade, explicou, citada pelo USA Today, que pretende oferecer uma alternativa significativa e sustentável às famílias. “O nossos objetivo é fornecer algo que seja o mais alinhado possível com o ciclo natural da vida”. Segundo Spade, este procedimento “não ocupará tanta terra como um enterro”.

Caso Inslee assine a lei, esta entrará em vigor em maio de 2020.

A compostagem é o processo pelo qual materiais orgânicos são decompostos e transformados em fertilizantes para o solo. Nada impede a utilização de cadáveres neste processo, mas, enterrar restos humanos num jardim, por exemplo, é um princípio ilegal, uma vez que só pode ser lugar de sepultura aquilo que é oficialmente designado como tal.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mãe, o gato está a fazer cócó no avô… Acho boa ideia transformar os cemitérios em jardins onde se passem momentos felizes a recordar os falecidos, e o que estes contribuíram para a nossa felicidade. Atualmente um cemitério é um mar de pedra onde se compram e vendem propriedades, sem nenhuma felicidade associada.

RESPONDER

Plano Outono-Inverno prevê hospitais covid free, testes rápidos e task-force para doentes não-covid

O Plano de Outono-Inverno do Ministério da Saúde foi divulgado esta segunda-feira. O documento será revisto a cada dois meses. O Plano da Saúde para o Outono-Inverno, divulgado esta segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), revela …

Cientistas já sabem como é que raro tipo sanguíneo ajuda a prevenir a malária

Um raro tipo sanguíneo, encontrado apenas em algumas partes da África Oriental, parece proporcionar uma resistência natural à malária. Cientistas pensam ter descoberto como é isto possível. Em 2017, depois de terem analisado milhares de genomas no …

"Nem mais um tostão". Rio defende nova auditoria ao Novo Banco (e vai votar a favor do projeto do BE)

O presidente do PSD sugeriu que seja realizada uma auditoria ao Novo Banco por uma instituição pública como o Tribunal de Contas (TdC) e disse estar disponível para aprovar a proposta de comissão de inquérito …

O propósito do sono muda repentinamente quando somos crianças

Uma equipa de investigadores identificou uma mudança repentina no propósito pelo qual precisamos de dormir. A alteração foi verificada, na mesma altura, em animais. A razão pela qual precisamos de dormir pode variar de acordo com …

“Desrespeito e mentira”. Rui Moreira ameaça levar UEFA a tribunal após cancelamento da Supertaça europeia

O presidente da Câmara do Porto ameaçou recorrer à justiça para reclamar os prejuízos causados pela decisão da UEFA de não realizar a final da Supertaça europeia de futebol na cidade, acusando aquela instituição de …

Eis os quatro mundos mais promissores de albergar vida alienígena

Marte, Europa, Encélado e Titã são, de acordo com as descobertas científicas, os mundos mais promissores de albergar vida alienígena. A biosfera da Terra contém todos os ingredientes conhecidos necessários para a vida como a conhecemos. …

O Ciclo Solar 25 vai afetar a vida na Terra (e a NASA explica como)

A cada 11 anos, o Sol inicia um novo ciclo solar, marcado por períodos de violentas erupções e explosões magnéticas. Em dezembro de 2019, teve início um novo ciclo solar. Na semana passada, a NASA e …

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …