Viver perto de estradas com trânsito intenso aumenta risco de demência

-

As pessoas que vivem próximo de ruas com trânsito intenso têm maiores possibilidades de desenvolverem demência.

O estudo, publicado na Lancet, sugere que até 11% dos casos de demência em pessoas que moram a 50 metros ou menos de uma grande via, podem ser consequência da proximidade com o trânsito intenso.

Os pesquisadores monitorizaram dois milhões de pessoas no Canadá, ao longo de 11 anos, e concluíram que a poluição e o ruído podem contribuir para a degeneração cerebral.

Quase 50 milhões de pessoas, em todo o mundo, sofrem de demência. No entanto, as causas deste mal, que afecta a memória e a capacidade mental de um indivíduo, ainda não são bem compreendidas.

Especialistas independentes apontaram que os resultados são “plausíveis” e “instigantes”, mas exigem mais testes.

Crescimento populacional

O novo estudo foi feito na Província de Ontário, no Canadá, entre 2001 e 2012. Nesse período, foram diagnosticados 243.611 casos de demência e foi identificado um risco maior entre aqueles que vivem próximos de grandes vias.

Em comparação com quem mora a 300 metros desses locais, o risco era 7% maior para quem vivia a 50 metros ou menos, de 4% para distâncias entre 50 e 100 metros e de 2% para distâncias de 101 e 200 metros.

A análise aponta que de 7% a 11% dos casos de demência de quem vivia a 50 metros poderia estar relacionado com o trânsito.

Os cientistas fizeram ajustes nos dados para levar em conta outros factores, como a pobreza, a obesidade, a instrução e o hábito de fumar, desse modo, seria improvável que tivessem ligação com o desenvolvimento da doença nos casos analisados.

Hong Chen, um dos autores do estudo, diz à BBC que “o crescimento da população e a urbanização levaram muitas pessoas a morarem próximas de um local com trânsito intenso”.

“Em combinação com o aumento dos índices de demência, isto aponta para que, mesmo um efeito modesto da exposição a vias próximas, pode representar um risco para a saúde pública”, afirma o investigador.

“Precisamos de mais pesquisas para estabelecer essa ligação e, particularmente, os impactos de diferentes aspectos do trânsito, como a poluição e ruídos”, acrescenta Chen.

Os investigadores indicam que o barulho, partículas ultra-finas, óxido de nitrogénio e partículas geradas pelo desgaste de pneus podem causar a doença.

No entanto, o estudo analisa apenas os locais onde vivem pessoas diagnosticadas com demência e não pode comprovar de facto que são as vias que causam esse mal.

“Instigante”

“Esta é uma pesquisa importante”, nota à BBC Martin Rossor, diretor para os Estudos sobre Demência do Instituto Nacional de Pesquisa em Saúde, no Reino Unido.

“Os efeitos são pequenos, mas, diante de um mal muito prevalecente na população, podem ter implicações importantes para a saúde pública”, refere Rossor.

Tom Dening, director do Centro para a Demência da Universidade de Nottingham, no Reino Unido, diz que os resultados são “interessantes e instigantes”, cita a BBC.

“Com certeza, é plausível que a poluição no ar, gerada pela fumaça dos motores, possa contribuir para uma patologia cerebral e, com o tempo, elevar o risco do desenvolvimento de demência. Estas provas contribuem para deixar em alerta quem mora perto de um local com tráfego intenso”, sublinha Dening.

Os especialistas apontam que o melhor a fazer para reduzir o risco de demência é cultivar hábitos saudáveis para o corpo, como não fumar, fazer exercícios e ter uma boa alimentação.

A investigação também tentou encontrar uma associação entre a proximidade a estradas de tráfego intenso e a doença de Parkinson e a esclerose múltipla, mas não encontrou indícios de aumento dos riscos, nestes casos.

ZAP // BBC

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Como as grandes cidades estão atulhadas de trânsito e poluição será por isso que terão uma enorme percentagem de dementes logo a começar pela classe politica.

RESPONDER

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …