Detida a viúva de triatleta morto. Mistério resolvido?

António Pedro Santos / Lusa

A Polícia Judiciária deteve, esta quarta-feira, dois suspeitos de envolvimento na morte do triatleta Luís Grilo, um dos quais a mulher da vítima, disse à agência Lusa fonte desta força policial.

De crime passional a roubo que acabou em homicídio, as teorias sucederam-se. Esta quarta-feira, as dúvidas parecem ter sido desfeitas. Rosa Grilo, mulher do triatleta encontrado morto a 24 de agosto, foi detida por suspeita de ter mandado matar o marido.

Segundo adiantou fonte da PJ, o outro detido é um homem com quem a viúva teria uma relação amorosa e seu alegado cúmplice. Estará em causa um crime passional.

A Polícia Judiciária esteve ao longo desta quarta-feira a realizar diligências que conduziram à detenção da viúva do triatleta, que será a alegada mandante do crime, e de um homem suspeito de ser o autor material do homicídio.

Esta quinta-feira, a PJ revelou que o triatleta foi morto com um tiro na cabeça, acrescentando que a arma de fogo já foi recuperada, bem como outros elementos de prova.

Hoje, no comunicado, a Polícia Judiciária esclarece que a mulher e o homem estão indiciados pela prática dos crimes de homicídio qualificado, profanação de cadáver e detenção de arma proibida. Os detidos serão presentes na sexta-feira a tribunal para primeiro interrogatório judicial.

Luís Grilo, de 50 anos, residente na localidade das Cachoeiras, no concelho de Vila Franca de Xira, desapareceu a 16 de julho sem deixar rasto depois de sair para um treino de bicicleta.

O corpo de Luís Grilo foi encontrado com sinais de violência mais de um mês depois do desaparecimento e em adiantado estado de decomposição, no concelho de Avis, distrito de Portalegre, a mais de 130 quilómetros da sua casa.

O cadáver foi encontrado perto de Alcôrrego, num caminho de terra batida, junto à Estrada Municipal 1070, por um popular que fazia uma caminhada na zona e que alertou o posto de Avis da GNR para esta ocorrência.

Antes, o telemóvel da vítima tinha sido encontrado nos Casais da Marmeleira, a seis quilómetros de casa, já no concelho de Alenquer.

Em entrevista à TVI24 durante o mês de agosto, a viúva do triatleta negou qualquer envolvimento na morte do marido “Não, de todo. Não tenho nada a ver com isso”, disse. Rosa Grilo acrescentou na altura que, devido aos ferimentos que o marido apresentava quando foi encontrado, acreditava na hipótese de um acidente de trânsito.

A mulher do triatleta não conseguiu “encontrar explicações” para o facto de o corpo de Luís Grilo ter aparecido perto do local onde vive a sua família.

“Quem o matou pode ter querido vingar-se e quis como que deixar um recado, não a ele, mas a quem o possa entender, de que foi por andar despido que foi morto“, admitiu fonte da PJ ao Observador.

“Também o saco preto na cabeça e o tapete ao lado do corpo podem indicar que o homicida tinha uma relação amorosa ou familiar com Luís Grilo e usou esses elementos para esconder o rosto da vítima, numa tentativa de se proteger da própria culpa”, acrescentou a mesma fonte.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Mais um crime ás “três pancadas”, inspirado nas séries da tv . Coisa fácil de resolver para a nossa judiciária criminal. Uma vida precocemente acabada, familias destruidas e uma merecida mão cheia de anos de prisão para os dois idiotas que puseram em prática esta parvoíce. Enfim…

  2. Sempre é uma evolução para ser uma coisa mais à CSI. A maioria ainda continua a agarrar na caçadeira faz o que tem a fazer e depois vai à esquadra, onde até toma um café com os gajos para desabafar a vida.

  3. asvezes a pena de morte havia de existir em Portugal, para aqueles crimes que são mais que provados, sacana e animal que fez tudo o que mandou fazer.. mas infelizmente como poderia haver a pena de morte se nos altos cargos deste país temos os maiores criminosos?

RESPONDER

Elon Musk alerta: Civilização pode colapsar daqui a 30 anos

De acordo com Elon Musk, uma "bomba populacional" vai surgir nas próximas décadas, quando uma população mundial cada vez mais idosa chocar com a queda das taxas de natalidade em todo o mundo. Esta não é …

O mundo árabe está menos religioso. Mas continua homofóbico

Há cada vez mais árabes que dizem não ter religião. Esta é a principal conclusão de uma grande sondagem feita a mais de 25 mil cidadãos de países árabes pelo centro de pesquisa Arab Network …

Tina morreu durante 27 minutos e foi ressuscitada 8 vezes. Quando acordou, escreveu "é real"

Uma mulher norte-americana entrou em paragem cardíaca em fevereiro de 2018 quando se preparava para fazer uma caminhada com o seu marido Brian. Depois de desmaiar, Brian ressuscitando-a duas vezes antes de os paramédicos chegarem para …

"Homem-árvore" pede que as suas mãos sejam amputadas

Abul Bajandar, um homem de 28 anos do Bangladesh conhecido como "Homem-árvore" devido às incomuns verrugas que nascem nos seus membros, pediu que as suas mãos fossem amputadas para aliviar as dores insuportáveis.  Bajandar sofre de …

EUA. Senadores republicanos do Oregon fogem para não aprovar lei ambiental

Senadores estaduais do Oregon, nos Estados Unidos (EUA), encontram-se a monte desde quinta-feira para não votarem uma lei ambiental. Procurados pela polícia, voltaram este domingo a faltar a uma sessão legislativa, impedindo que haja quórum …

O planeta enfrenta um "apartheid climático"

O planeta está confrontado com um “'apartheid' climático”. De um lado, os ricos que se podem adaptar melhor às alterações climáticas, e do outro, os pobres que vão sofrer mais, disse esta segunda-feira um especialista …

Governo repõe 40 horas semanais para trabalhadores do CNB. Greve mantém-se

A partir de 1 de julho, os trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado (CNB) voltarão às 40 horas semanais, numa uniformização laboral com os trabalhadores do Teatro Nacional de São Carlos. A decisão foi comunicada, esta …

Nova espécie de planta fóssil descoberta em Gondomar

Annularia noronhai foi encontrada no meio da cidade de Gondomar. Tem 300 milhões de anos, é um parente muito afastado da cavalinha e diz muito sobre o clima da época. Uma nova espécie de planta já …

Há um ano, 12 jovens ficaram presos numa caverna da Tailândia. Hoje, é um local turístico

Há um ano, 11 meninos foram explorar a província de Chiang Rai, na Tailândia, com o seu treinador de futebol, e acabaram presos no fundo de uma caverna sob uma montanha. Depois de terminar o …

Alemães compraram toda a cerveja de Ostritz para "secar" neonazis

Os habitantes de Ostritz, na Alemanha, impediram os participantes de um festival neonazi de beber álcool, esvaziando todas as prateleiras dos supermercados. Num protesto inédito contra a comemoração do aniversário de Hitler naquela localidade, os habitantes  …