Violência policial é uma das principais causas de morte de jovens negros nos EUA

gl33p / Flickr

Protestos em Madison, Wisconsin, depois da morte de mais um jovem negro alvejado pela polícia nos EUA

A violência policial é uma das principais causas de morte entre jovens nos Estados Unidos, com os negros a terem 2,5 vezes mais hipóteses de serem mortos do que os homens brancos.

O estudo, publicado este mês na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, analisou os riscos de fatalidade durante encontros policiais — cerca de 11.456 entre 2013 e 2017 — e descobriu que homens e mulheres afro-americanos, nativos e latinos enfrentam um maior risco de serem mortos pela polícia do que indivíduos caucasianos.

“Esta desigualdade não é surpreendente. Basta ver os noticiários para ver que as pessoas de cor correm um risco muito maior. O que nos falta neste país são estimativas sólidas de mortes relacionadas com a polícia porque não existe uma base de dados oficial onde esta informação seja armazenada”, afirma em comunicado Frank Edwards, professor assistente da Escola de Justiça Criminal da Universidade de Rutgers e autor do estudo.

“Não sabemos ao certo com que frequência estas mortes aconteceram porque os dados não são bons o suficiente. Mas se vamos tentar mudar as práticas policiais que não estão a funcionar, precisamos de rastrear melhor estas informações”, acrescenta.

A investigação descobriu que o risco de morte para cada grupo atinge o pico entre os 20 e os 35 anos e diminui com a idade. A taxa de mortalidade mais alta entre os homens é entre os 25 e os 29 anos , sendo a violência policial a sexta principal causa de morte, atrás de eventos como overdoses, acidentes de viação e outras fatalidades como suicídio, outros homicídios, doenças cardíacas e cancro.

Os homens negros enfrentam uma probabilidade de um em mil de serem mortos pela polícia durante toda a sua vida, em comparação com cerca de um em dois mil para os homens em geral. No caso das mulheres negras, estão 1,4 vezes mais propensas a serem mortas pela polícia do que as caucasianas.

Edwards afirma que este estudo só reforça a necessidade de tratar a violência policial — que aumentou cerca de 50% desde 2008 — como um problema de saúde pública e de criar novas reformas, incluindo programas de bem-estar social e saúde pública, financiamento adequado de serviços comunitários e restrição de polícias armados.

ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Deveras!!?!?!?!?? Ninguém diria tal!!!! A terra da justiça, das oportunidades, da igualdade, da tolerância…. É engano, seguramente!!!!

RESPONDER

Governador das Filipinas diz que cantores de karaoke prejudicam combate à pandemia

Um governador de uma província das Filipinas voltou a sua atenção para um grupo de pessoas que, segundo ele, estão a prejudicar a luta contra a pandemia: cantores de karaoke. Numa publicação no Facebook na madrugada …

Histórico: Filipe Albuquerque vence 24 Horas de Le Mans e sagra-se campeão mundial de LMP2

O português Filipe Albuquerque, da United Autosports, venceu este domingo as 24 Horas de Le Mans em automobilismo, na categoria LMP2, a segunda mais importante, e sagrou-se campeão mundial de resistência a uma corrida do …

Convenção do Chega chumba lista de André Ventura para a direção nacional

A proposta do presidente do Chega, André Ventura, para a direção nacional do partido foi hoje chumbada na convenção que decorre em Évora, ao não conseguir reunir os dois terços dos votos dos cerca de …

Portugal com mais 13 mortos e 552 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 13 mortos relacionados com a covid-19 e 552 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo os dados a DGS, a região …

TikTok anuncia acordo com Oracle e Walmart e adia proibição nos EUA

A aplicação TikTok, detida pela sociedade chinesa ByteDance e ameaçada de ser proibida nos Estados Unidos, anunciou este domingo um acordo de princípio com a Oracle, como parceiro tecnológico, e com a Walmart, em termos …

As gaivotas são inoportunas? Saiba que as suas fezes podem valer mil milhões de dólares

Afinal, as gaivotas podem ser animais bem mais interessantes do que aquilo que a maioria das pessoas pensa. É que as suas fezes são muito valiosas e os seus nutrientes fertilizam campos agrícolas e recifes …

Super-vulcão Yellowstone registou 91 terramotos em apenas 24 horas

Os vulcanólogos têm andado atentos ao super-vulcão localizado no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) relatou recentemente a ocorrência de 91 terremotos em apenas 24 horas. Estes …

Cartoonista alemão Frank Hoppmann é o vencedor do 15.º World Press Cartoon

O 'cartoonista' alemão Frank Hoppmann, com a caricatura do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, é o vencedor da 15.ª edição do World Press Cartoon, foi hoje anunciado nas Caldas da Rainha, na cerimónia de entrega de …

Pequena e funcional. Assim se carateriza a Tiny House (que ainda evita dores de joelhos)

Esta pequena casa móvel pode ser a solução que procura. Devido à sua arquitetura dinâmica é ótima para pessoas com problemas de articulações e que sofrem com dores joelhos, pernas cansadas ​​ou dores nas costas. Hoje …

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …