Vida em Marte? O Curiosity descobriu que as provas podem ter sido apagadas

A NASA acredita que, ao longo do tempo, o contacto com a água salgada pode ter eliminado provas de vida de rochas com argila.

Desde 2012 que o rover Curiosity da NASA anda na superfície de Marte à procura de provas de vida no planeta vermelho – e há desenvolvimentos. Um novo estudo publicado na Science concluiu que as provas de vida anterior em Marte podem ter sido apagadas ao longo do tempo.

A descoberta foi feita enquanto o Curiosity investigava rochas ricas em argila perto de da cratera de Gale, onde o rover aterrou inicialmente. A existência de argila é um bom sinal, visto que é geralmente criada quando minerais rochosos apodrecem depois de contacto com água – um factor essencial para a vida.

O rover perfurou as camadas das rochas e usou depois o CheMin, um instrumento de química e mineralogia, para avaliar as amostras.

Já quando o Curiosity retirou duas amostras de lamito, uma rocha sedimentar que contém argila, os investigadores concluíram que um fragmento continha apenas metade da quantidade esperada de minerais de argila e uma quantidade muito maior de óxidos de ferro, que dão a cor vermelha ao planeta.

A NASA acredita que a culpada deste desaparecimento da argila é a salmoura, ou seja, uma solução de água saturada de sal, que vazou até às camadas da argila ricas em minerais e eliminou fragmentos do registo geológico e possivelmente também do biológico.

De acordo com os autores do estudo, esta diagénese, (processo de transformação dos sedimentos após a sua deposição inicial) pode ter criado nova vida ao mesmo tempo que eliminava as provas na superfície, visto que a água salgada pode ter sido a sua fonte.

“Estes são locais excelentes para procurar provas de vida anterior e avaliar a habitabilidade. Apesar da diagénese poder apagar sinais de vida no lago original, cria um gradiente químico necessário para apoiar vida subsuperfície, por isso estamos entusiasmados por descobrir isto”, afirma John Grotzinger, co-autor do estudo e professor de geologia no California Institute of Technology.

Tom Bristow, o líder do estudo e investigador da NASA, acreditava que quando as camadas de minerais de argila se formavam, não se alteravam ao longo do tempo e preservavam-se sem mudanças há milhares de milhões de anos. “No entanto, a salmoura destruiu estes minerais nalgumas partes – essencialmente reiniciando o registo das rochas“, afirma Bristow num comunicado.

Os minerais encontrados em Marte também se formaram nalgumas partes da Terra e esse conhecimento pode ajudar a determinar “quão salgadas ou acídicas” as águas no planeta vermelho eram, explica Liz Ramp, co-autora no Centro Espacial Johnson da NASA.

“Descobrimos algo muito importante: há partes do registo das rochas de Marte que não são boas a preservar as evidências da vida possível ou passada no planeta. A boa notícia é que fizemos ambas as descobertas perto na cratera de Gale e podemos usar a mineralogia para determinar qual é qual”, afirma Ashwin Vasavada, co-autor do estudo e cientista do projecto do Curiosity.

A missão do Curiosity estava prevista durar apenas dois anos, mas foi estendida por tempo indeterminado. O rover já revelou mudanças no clima de Marte e trabalha agora em colaboração com o Perseverance, que aterrou no planeta em Fevereiro deste ano e tem como objectivo trazer amostras para a Terra.

  AP, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O que a NASA diz não interessa para nada!…
    Quem percebe mesmo de Marte é o José Gomes Ferreira – o tudologo da SIC!!

  2. Altamente quando um dia lá formos . lixeira tem decerteza, e a quantidade dele pelo espaço fora.( ͠° ͟ʖ ͡°)

RESPONDER

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …